Uncategorized

Pimentel acusa Requião de tirar foco de denúncias

pimentel1251109

O ex-governador e ex-presidente da Companhia Paranaense de Energia (Copel), Paulo Cruz Pimentel, disse que o governador Requião, do PMDB, relembrou um episódio antigo, já investigado e arquivado ao tentar, ontem, durante a Escola de Governo, culpá-lo pelo prejuízo de R$ 36 milhões da Fundação Copel aplicados no Banco Santos, que teve sua falência decretada em 20 de setembro de 2005.

Para Pimentel, a tentativa de Requião é a de desviar a atenção sobre o caso da negociação das ações do Terminal Ponta do Félix, no Porto de Antonina.

“Ele citou um caso já investigado e arquivado pela Polícia Federal e, por unanimidade, pela Superintendência de Previdência Complementar. É um assunto encerrado. Fez isso para tentar tirar atenção da negociação das ações da Previ no Terminal Ponta do Félix, depois do depoimento do ex-presidente da Fundação Copel (Edilson Bertholdo) que aponta intermediação do Eduardo Requião (irmão do governador e ex-superintendente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina – Appa)”, disse Pimentel.


Na “escolinha” de ontem, Requião disse que enquanto presidente da Copel, Paulo Pimentel teria desobedecido ordem do governador de retirar os recursos da Fundação Copel investidos no Banco Santos e no Banco Panamericano, em 2004.

O delegado da Polícia Federal José Francisco de Castilho Neto, assessor especial da Corregedoria e Ouvidoria Geral do Estado apresentou e-mail enviado pelo então diretor-financeiro da Copel, Ronald Thadeu Ravedutti ao presidente da fundação, Murilo Batista Júnior, com a orientação da retirada das aplicações.

“Essa orientação, se foi enviada, foi para o Ravedutti, eu nunca recebi nenhuma orientação neste sentido. Além disso, o presidente da Copel não tem nenhuma ingerência na Fundação. As aplicações não dependiam de minha vontade”, disse Pimentel. “Tudo isso foi exaustivamente investigado na época, pois ele (Requião) queria alguma prova contra mim, mas tudo foi arquivado. Tenho a ficha limpa”, disse o ex-governador, lembrando que o Banco Pan-Americano “não deve um centavo à Fundação”.

Pimentel revelou acreditar que foi escolhido como alvo de Requião por conta da postura fiscalizatória de seus jornais. “Mas ele poderia escolher qualquer um. Fez para desviar a atenção da intermediação do Eduardo na Ponta do Félix, da compra da draga chinesa de um empresário de São José dos Pinhais que já deu calote no Estado, ao vender e não entregar fardas à Polícia Militar. É o que sempre faz, o que fez no caso ainda não explicado das tevês alaranjadas compradas pelo seu outro irmão, Maurício Requião, quando esse exercia o cargo de secretário da Educação. Ao invés de se defender, procura alguém para atacar”.

O ex-governador, que classificou como mentirosas e irresponsáveis as acusações de Requião disse que estudará medida judicial contra o governador. “Ele não pode caluniar impunemente. Mas é isso que faz. Ele não sabe administrar e trabalhar em harmonia, sabe brigar e xingar apenas. Mas não vai conseguir me manchar ou me irritar com suas mentiras e atuações cênicas”, concluiu.
Solidariedade na AL

A tentativa de Requião de desviar o foco foi criticada na Assembleia Legislativa pelo líder da Oposição, deputado Elio Rusch (DEM), que também criticou o mau uso da TV Educativa, que transmite ao vivo a “escolinha”. “O governador Roberto Requião parece não estar preocupado com as multas recebidas da Justiça pelo mau uso da TV Educativa. Continua usando a “escolinha’ para criticar adversários políticos e desviar o foco dos problemas que rondam sua administração”, disse, solidarizando-se a Paulo Pimentel. Rusch declarou que, ao invés do governador se preocupar em culpar administrações passadas pelos problemas do Paraná, deveria agir para solucionar esses problemas.

15 Comentários

  1. SOCORRO!!!!!!!!!!!!!!! Responder

    ESSA SÍNDROME DE SILVIO SANTOS DO CORONEL DO CANGUIRI ESTÁ CHEGANDO A NIVEIS ALARMANTES!!!!
    ELE PIORA A OLHOS VISTOS!
    A INTERDIÇÃO E INTERNAÇÃO SE FAZ URGENTE, SRS. MAGISTRADOS!!
    A FAMILIA NÃO TEM CORAGEM, OS POLÍTICOS MENOS AINDA, SERÁ QUE ALGUM JUIZ MENOS COMPROMETIDO PODERIA TOMAR A INICIATIVA E DECRETAR O AFASTAMENTO DESSE SENHOR, DO CONVÍVIO POLÍTICO E SOCIAL?????
    POR FAVOR, É UM PEDIDO DE SOCORRO EM NOME DO PARANÁ!!!

  2. Vigilante do Portão Responder

    É bem a cara do Requião.
    O caso da Fundação Copel/Banco Santos, deu-se em 2004, o zeloso governador esperou 5 anos para acusar o Paulo Pimentel, deveria estar esperando prescrever.
    Enquanto o Paulo Pimentel foi útil, principalmente para fazer doações para a campanha do Requião, estava tudo em ordem.

    Essa história da venda da participação do Previ no Terminal de Antonina, está muito estranha. Não canso de perguntar: Sendo verdade que o governo estadual, através da Copel e do Fundo de pensão, tinham interesse em adquirir a parte doPREVI, qual seria o motivo do Eduardo Requião ter oferecido (declaração dele mesmo) para 3 possíveis compradores?
    Não estou entendendo, a ordem para aquisição foi emitida apenas depois de esgotado o prazo para a proposta. Parece nuito estranho, dá a nítida impressão de que o governo fez de conta que queria comprar, apenas para esconder os seus reais interesses.

  3. GENTE, A ENTREVISTA DO CORONEL NO TERRA É EXTREMAMENTE PREOCUPANTE!!
    O CARA MENTE DESCARADAMENTE!!
    É IMPRESSIONANTE A LEVIANDADE DESSE SENHOR, COM CERTEZA, SINTOMA CLARO DE SEU DISTURBIO PSÍQUICO.
    ELE ACREDITA QUE A MENTIRA DESLAVADA E A ANÁLISE CONJUNTURAL ESQUIZÓIDE, É A MAIS PURA VERDADE!!!!!

    MEUS DEUSES!!! QUEM PODE NOS SALVAR DESSE HOMEM???

  4. TEM QUE MANDAR PRENDER ESSA QUADRILHA QUE ESTÁ NO PORTO DE PARANAGUÁ, POIS O ATUAL “SUPERINTENDENTE” DAQUELE PORTO CONHECE BEM DESSE ASSUNTO, POIS JÁ ESTEVE PRESO NA DELEGACIA DE POLÍCIA DE PARANAGUÁ EM 20/09/2006, TANTO QUE É CONHECIDO NA IMPRENSA DO PARANÁ COMO “DANIEL FIÉL DE SOUZA”, CUJA “ALCUNHA” DÁ BEM À DIMENSÃO DA SUA PERICULOSIDADE. AS “AMIZADES” EXISTENTES NO PORTO DE PARANAGUÁ SÃO BASTANTE ESTRANHAS, DANDO A IMPRESSÃO DE QUE É UM BANDO DE BAMBIS, HAJA VISTA, A DELEGAÇÃO DE PODERES PARA PESSOA QUE JÁ ESTEVE ATÉ PRESO.

  5. Não quero fofocar…. Mas já fofocando porque não vão até Santo Antonio da Platina e investiguem a edificação de uma moradia de custo em torno de R$ 2 milhões de reais… Todos naquela cidade falam sobre isto… De quem será?

  6. DIREITO DE DEFESA – O Sr. Paulo Pimentel deveria simplesmente pedir que lhe seja concedido espaço na “escolinha” para sua defesa ante as acusações de Reiquião.
    É natural a preocupação de um governante com o dinheiro público, embora diga respeito a uma Fundação. Em casos assim tais atitudes devem ser prestigiado por todos. Mas isso, evidentemente, quando há boa fé. Infelizmente não é o que esta´acontencendo.
    Observa-se que a TV Educativa, mantida com verbas públicas de alcance nacional e criado com finalidades educacionais vem fugindo a tais objetivos. Jamais poderia ser usada com fins políticos de promoção pessoal para chamar a atençao sôbre si, fazendo ataques a outrem, sem direito a defesa.
    Infelizmente, a Promotoria nenhuma providencia toma. Por que, por que?

  7. Vigilante do Portão Responder

    Complementando o raciocínio do comentário anterior.

    Do mesmo modo, é de se estranhar que a Assembleia Legislativa, sempre tão obediente aos mandos e desmandos do governador, não tenha instalado a CPI do Portp, como esbravejou sua excelência.
    Então o governador “descobre” que o Fundo da Copel não comprou a participação no terminal portuário, nem mesmo havia feito a proposta, isso depois de um ano o anúncio da venda da participação pelo donatário, ou seja, em um ano sua excelência o governandor, nem seu irmão Dudu, nem outra autoridade qualquer, perguntaram ao gestor do fundo da Copel: de quanto teria sido a proposta do fundo para a aquisição do terminal. Caso o Estado tivesse mesmo interesse em adquirir o dito porto, não seria mais do que elementar que o governo soubesse ao menos quanto custaria?
    Correm rumores de que o mano Dudu, tem fortes laços de amizade com a empresa adquirente da participação do Previ no Porto de Antonina, ligação essa que não foi desmentida.

  8. Filho do Litoral Responder

    Parem de falar besteira…..
    A Equiplan nada tem haver com o Eduardo requião, alias, o dono da Equiplan sempre foi prejudicado pelo então superintendente da APPA…..a falta do que escrever acaba gerando um bando de mentiras, escrevem o que desconhecem.
    O proprietário jamais teve qualquer ligação com o Eduardo.
    Melhor eles do que os canadenses, mas tem um grupo politico que esta louco para voltar a reinar que tinha todo interesse do mundo…..

  9. Isso é ridiculo! O requiao quer desqualificar o Pimentel que tem uma história decente no Estado do Paraná.
    Não tem como comparar os dois, o Requião perderia de lavada…

  10. Vigilante do Portão Responder

    Essa tática é velha, bastante usada nos tribunais por Advogados espertos, explico:
    O testemunho de uma pessoa amiga do réu não seria levado em consideração em sua defesa; Então, um ardil é aplicado, Réu e testemunha brigam, por vezes chegam até a se agredirem fisicamente – tudo combinado -. A partir da nova realidade, visto que são “inimigos”, o testemunho passa a ter mais credibilidade.

    O fato do mano Dudu ter “prejudicado” a Equiplan, pode ser um desses casos. Alguns milhões envolvidos na transação justificariam até uns sopapos entre a Vovó Naná e os “donos” da empresa, dariam um ar de realidade ao falsete. KKK

  11. salete cesconeto de arruda Responder

    O Requião é um cara engraçado: sempre que pego pela imprensa – ele manda ver encima dos que foram aliados.
    Lembram do João Alberto Trevisan da COHAB?
    Aquele que levava o dinheiro das casinhas dos pobrezinhos para um tal de BIC? E de lá o dinheiro corria direto para umas continhas particulares.
    Pois e.
    Aí a imprensa descobriu tudo e mandou ver.
    E então rapidamente o que disse o Requião do seu amigo íntimo a quem ele deu todos os PODERES DO DINHEIRO DA HABITAÇÃO? É amigo mas se errou vai pagar? Quem ERROU tirando do presidente da COHAB que na época era o Sergio Ritzmam os poderes de gerir o dinheiro da Companhia? Quem deu todos os poderes ao tal JOÃO? Requião! Pois é.
    Entrega o OURO PARA A RAPOSA e depois posa de – eu não sabia!

  12. Esta é para o Filho do Litoral…
    Filho do litoral? Fostes concebido em alguma operação verão?
    Sabes que é o pai?
    Consta do Registro de nascimento…
    De qual dos insanos és filho?

  13. o requeijão não me engana mais , o luiz enriquinho , sc e outro como o velho Mdb de guerra vai plantar bata da nojo do seu palavriado , ja votei nele e nunca mais , e compare seu governo com do de Paulo Pimentel ????????????????

  14. Requião so anda falando bobagen !!!!!!!!!
    eu ja fui seu eleitor , mas agora chega de demagogia só faz bobagem ,rediculo não serve mais para ser senador , é rediculo ver a escolilha , ver os pessoal do governo la com uma ma vontade com sono e obrigado à escutar as balelas que ele fala Já para o chuveiro …………..

Comente