Uncategorized

Requião desfila em convenção do PMDB

1212Requiao coletiva

Requião vestiu-se hoje de candidato presidencial e saiu por aí a fazer discurso em convenção estadual do PMDB. Em Florianópolis (foto), ele voltou a defender a necessidade de um projeto de reconstrução nacional para o Brasil. O que representa uma paulada no governo Lula e principalmente em sua política econômica

“Estamos propondo um novo projeto para o país, com mais produção e mais trabalho, que se sobreponha ao capital vadio, à especulação financeira”, disse Requião, na convenção do PMDB de Santa Catarina.

O encontro reuniu mais de duas mil pessoas em Florianópolis. segundo a assessoria de Requião.

Para ler mais sobre as as críticas e as propostas de Requião, clique no Leia Mais.

“Este é o primeiro consenso que devemos concretizar. Depois, estabelecer
as linhas básicas de um novo modelo em que a economia produza resultados
efetivos e duradouros”, prosseguiu.

“Devemos também – disse Requião – promover a desvinculação da política
econômica do grande capital, especialmente, o capital financeiro
internacional. Propomos construção de um projeto nacional, que tenha como
foco a nossa gente e suas demandas”, completou.

SEM DIFERENÇA – O governador paranaense também foi enfático ao afirmar
que “não existe diferença significativa entre a política econômica de
FHC e a praticada pelo governo atual. Pois, nossa economia tem seus rumos
ditados pelo Banco Central, que vive submisso aos especuladores. A
diferença é que hoje o presidente Lula desenvolve uma política social
que promove a inclusão na economia de milhões de brasileiros”.

“No entanto – frisou – essas perspectivas estão ameaçadas, já que não
podemos ser apenas um país produtor e exportador de commodities. E o
atrelamento do Brasil ao capital financeiro vai acabar abalando , num
futuro próximo, a nossa economia. E as populações pobres, agora
incluídas, vão fatalmente retornar a sua condição de marginalidade
sócio-econômica”.

ENTUSIASMO – O encontro do PMDB em Florianópolis foi marcado pelo
entusiasmo de cerca de dois mil participantes. O consenso nos
pronunciamentos apontou para a sucessão presidencial com candidato
próprio e um programa de governo que oriente um novo rumo para a economia
brasileira.

O senador Pedro Simon (RS) declarou que “desta vez será impossível para a
direção nacional do PMDB dizer não a proposta de uma candidatura
própria do partido”.

CANDIDATO PRÓPRIO – “Nunca tivemos condições tão propícias como
agora para lançar um candidato. Caso a direção nacional do partido não
aceite nossa proposição vamos batalhar para ter candidato próprio. E
tenho a certeza de que vamos vencer. Temos um projeto diferente, já que PT
e PSDB equivalem-se no mesmo projeto para o país”, disse.

O governador Luiz Henrique disse com muita firmeza que “o PMDB não pode
abrir mão de ter candidato próprio. O governador Roberto Requião é hoje
o mais indicado para assumir esta posição”.

REQUIÃO – Luiz Henrique lembrou também a antiga militância do
governador paranaense e “sua profunda identidade com as bases e sua
reconhecida capacidade administrativa” E finalizou: “com Roberto Requião
na Presidência, o Brasil terá um grande impulso em seu desenvolvimento”.

Já o presidente do PMDB catarinense, Eduardo Pinto Moreira, candidato
favorito do partido à sucessão do governador Luiz Henrique, também
considerou que desta vez o desafio de candidato próprio será vencido.
“Roberto Requião representa mais do que ninguém o espírito do velho PMDB
de Ulisses Guimarães”, destacou.

O prefeito de Florianópolis, Dario Berger, afirmou que “o governador
Roberto Requião pode contar com o apoio do PMDB catarinense, que unido ao
PMDB do Paraná e do Rio Grande do Sul, vai dar um grande respaldo à
candidatura do governador paranaense”.

Foto legenda 1 (1212requiao coletiva)
Requião em coletiva à imprensa de Santa Catarina

Foto legenda 2 (1212conv pmdb SC)
Militantes e simpatizantes do PMDB lotaram Plenário da Assembleia
Legislativa de Santa Catarina

Foto legenda 3 (1212eduardo simon requiao)
O presidente do PMDB-SC Eduardo Pinho Moreira, o senador e presidente do
PMDB-RS Pedro Simon e o governador do Paraná e pré-candidato à
presidência da República pelo PMDB, Roberto Requião

18 Comentários

  1. PARABENS AO PMDB , PRINCIPALMENTE O DO SUL DO BRASIL. QUE NÃO É BARGANHADOR DE CARGOS, NÃO É
    SANGUESSUGA DO PODER COM O PMDB QUE AJUDEI A FORMAR, SEMPRE REFÉNS DE GOVERNO SEJA DE FHC E LULA. CHEGA DE ANDAR DE CARONA. QUE TEMER, SARNEY,CALHEIROSW E COMPANHIA VÃO FAZER GRUPOS. SEMPRE USARAM O PARTIDO PARA LEVAR VANTAGENS.
    OLHA ,RESIDO EM SANTA CATARINA, MAS VOTO NO REQUIÃO MIL VEZES E NÃO NA “BONECA BARBIE DO LULA E TEMER”, PARABENS REQUIÃO, VÁ EM FRENTE

  2. Pelo jeito o bicho vai pegar mesmo, Requião vai de encontro com a vontade de muita gente que não estão de acordo com a politica do Banco Central que faz do pais um balcão de negocios para os especuladores do sistema financeiro que manda e desmanda no governo federal dando as cartas de como se deve ser conduzido o pais.
    A Senhora Dilma já pode comecar acolocar a viola no saco, não decola mais, nem que o Lula use o Aerelula voe dia e noite com ela , é dona dilma a vaca foi pro bréjo com corda e tudo.

  3. Para ministro da justiça Roubanelli, e assim segue a alucinação.
    A turma do Temer já var reconduzir o pmdb local ao seu devido lugar, co-adjuvante de co-adjuvante. Com a tal lista Lula quiz dar o seu recado para essas iniciativas requionicas, maluquices. Porque o enfraquecimento da guerrilheira sem ajuda pmdbista será questão de semanas. Fora requiões!!!!!!!!!!!

  4. Gaspar da Ilhota Responder

    A politicagem pmdbista de Santa Catarina só pode apoiar Requião, que foi ultimamente o melhor governador …. para Santa Catarina, em especial, para a atiividade portuária.

  5. Depois de percorrer uma carreira longa em cargos destacados na idade que está, a opção de Requião é correta.
    Requião não convive com a monotonia.
    O será empolgante se o ensaio pegar. Que fazer ?

  6. Em que pese não concordar com a linha do Irmão da Vovó Naná, não podemos subestimar o cara!!

  7. CLOVIS PENA, Tenha a santa paciência, só pode ser brincadeira, Req. só fala mentiras, lembra na última campanha, “ou o pedágio baixa ou acaba”, depois que ganhou então foi o caos, ficou transtornado por causa de só 10.000 votos, “vou construir o cais oeste (Porto de Pguá) com recursos própriodo do estado” perdeu a verba do governo federal e não construiu porr…caria nenhuma, ” a usina de Mauá vai explodir”, acabou tendo que enviar ela lá no lugar que ele mandou o pessoal enfiar aquela faixa,lembra??, dava prá ficar escrevendo o dia todo as cagadas do homem, fala sério meu…

  8. O Requião, em Santa Catarina, tem moral pra falar em “mais produção e mais trabalho”. Principalmente depois da passagem do irmão dele, o Dudu Doidão, pelo porto. A produção e o trabalho que antes existiam em Paranaguá e Antonina, mudaram-se de mala e cuia pra Itajaí e São Francisco.
    Bob, por favor, só não repita esse caô por estas plagas. Aqui vc vai ser vaiado.

  9. OLÁ,REQUIÃO CONTA COM O MEI APOIO,REQUIÃO VC E O PRESIDENTE QUE O POVO BRASILEIRO ES-
    PERA.COM VC NO COMANDO JÁ CONSIGO VER
    O PROGRESSO DO BRASIL.PRAFRENTE BRASIL COM
    REQUIÃO.

  10. Requião devia ser governador de SC, dae ele acabava com os portos de lá, e vinha carga pros de cá. AEEE

  11. ENIO, FALA SINCERAMENTE…
    VC NÃO TEM VERGONHA DESTE PARTIDO QUE VC DISSE TER AJUDADO A FORMAR??
    UM PARTIDO DO VALE QUANTO PESA, DA BARGANHA DESAVERGONHADA DE CARGOS E VALORES?
    É O DEM TRAVESTIDO…

  12. VÃO DEIXANDO ELE TÁ INDO DE REPENTE CHEGA LÁ …..POLITICA SABE FAZER,,, O PARTIDO É GRANDE…….VAI DEIXANDO VAI;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;

  13. Perfeitamente justificável a grande presença ao evento em Santa Catarina… Aliás, não foi REIQUIÃO quem conseguiu ressucitar os Portos de Itajaí e São Francisco?
    Bem que ele merecia concorrer ao governo daquele Estado.
    Felizmente para os Catarinenses isto não tem como acontecer…
    Não sou psiquiatra, mas tenho certeza…. O INSANO PIROU DE VEZ!
    Dobre a dose do gardenal do homem o Joãozinho Feio!

Comente