Uncategorized

Requião nega desconto
de 10% para IPVA em parcela única

A emenda da bancada da Oposição que previa um desconto de 10% para o pagamento em parcela única do IPVA 2010 foi rejeitada pela bancada do Governo.

O objetivo do líder da Oposição, deputado Élio Rusch (DEM), era o de criar um atrativo para que os contribuintes pagassem o imposto à vista.

“Com a antecipação do pagamento, a receita seria reforçada nesse início de ano, não só a receita do Governo, mas principalmente a dos municípios”, justificou.

Rusch apontou ainda que o imposto para 2010 não terá desconto como tem sido divulgado pelo Governo.

“Não se pode dizer que há, em média, 15% de desconto. As alíquotas são as mesmas de 2009, não houve nenhuma alteração. Ocorre que o valor cobrado neste ano será menor porque os veículos sofreram uma desvalorização no preço de mercado e essa baixa foi apontada na tabela Fipe que é usada como referência pelo Governo”, afirmou Rusch.

5 Comentários

  1. Copiando Joselito Canto…” Só se ouve uma coisa no sinos das igrejas em Brasilia: DEM DEM DEM DEM”

  2. É BEM ASSIM MESMO, QUANDO O POVO PODE SE BENEFICIAR COM PAGAMENTOS COM DESCONTOS OS FDP’s NÃO APROVAM!!!
    TÓÓÓÓMA!!!
    QUEM MANDOU VOTAR NELE!!!

  3. enquanto isso, em santa catarina, sabe-se que a Assembleia Legislativa do Estado aprovou ontem projeto de lei que eleva o teto do governador, a partir de 1° de janeiro, para R$ 15 mil, do vice para R$ 12mil, e secretários de Estado para R$ 10 mil ….

Comente