Uncategorized

Traiano lamenta descaso com a segurança pública no Paraná

traiano-225x230

“Enquanto Beto Richa, em cinco anos, fez crescer 75% do contingente da Guarda Municipal, no Paraná, o governo reduz os investimentos na área de segurança pública”. Se Requião tivesse seguido o exemplo da Prefeitura de Curitiba, o Paraná teria cerca de 11 mil policiais a mais pelas ruas.

“O resultado do descaso do governador Requião é o estado caótico em que se encontra a segurança pública no Paraná”, lamenta Traiano.

Para Traiano, é lamentável a situação em que os policiais militares se encontram, tendo que “implorar” por melhores condições salariais e de trabalho.

Na noite de ontem, o líder da bancada tucana na Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano, acompanhou o prefeito de Curitiba, Beto Richa, na formatura de novos Guardas Municipais.

Traiano elogiou o trabalho desenvolvido pela Guarda Municipal de Curitiba, que é exemplo para diversas capitais brasileiras, e comparou a evolução da categoria com a dos policiais militares no Paraná.

17 Comentários

  1. Uma cabeça, uma opinião.
    Mas fica mais dificil aceitar que a maioria dos deputados ofereça sustentação a este estado de coisas. Vide o orçamento.
    Uma decisão do congresso nacional poderá em breve obrigar os estados a tratar a questão salarial dos policiais com mais respeito.
    Por enquanto, aqui no Estado, resta ver se Pessuti está determinado a resolver isto como futuro governador e candidato.
    Se Pessuti desejar, pode.

  2. Vigilante do Portão Responder

    As Polícias fazendo das tripas coração para dar conta do trabalho. Nossa Polícia Científica sem equipamentos e sem legistas.
    Enquanto isso o “Roberto Carlos” devolve verbas e o Requião corta o orçamento das polícias.

    Não tem explicação.
    INCOMPETÊNCIA é o nome disso.

  3. Vigilante do Portão Responder

    Tava esquecendo, o governo federal, o do “cara” também pisou na bola. A PRF ficar sem telefone, só pode ser INCOMPETÊNCIA.
    E o pilantra do Carlos Moraes não diz NADA.

  4. Essa conversa é balela de final de ano, segurança bem remunerada é o ideal de primeiro mundo. Aqui nosso governador tem feito muito mais do que todos os estados juntos.

  5. É fácil perceber que o Sr. Traiano nada entende de Segurança Pública ou então está usando descaradamente da demagogia.
    Não é de quantidade de policiais que Curitiba precisa, e sim da qualidade deles. Tanto isso é verdade que o aumento do efetivo de 75% na Guarda Municipal, que o Sr Traiano afirma, em nada vem contribuindo para a redução dos altos índice de criminalidade em nossa Capital. Ao contrário,a criminalidade vem aumentando assustadoramente, assim como o inchamento nos custos da folha de pagamento da Prefeitura. O que se vê são numerosos Guardas Municipais fazendo o trabalho de simples porteiros em prédios públicos. São concurseiros que ingressaram no serviço público em busca do emprego sem a necessária vocação para o cargo. O mesmo ocorre na Polícia Militar onde apenas cêrca de um terço do efetivo é que fazem o serviço de policiamento. Os demais atuam na área logística ou são de alta patente. Assim não dá.

  6. É UMA PENA QUE A GURADA MUNICIPAL NÃO TENHA PODER DE POLÍCIA. UNS DO QUE É CONTRA É O DELAZARI ELE FICA DE CABELOS EM PÉ QUANDO SE TOCA NO ASSUNTO. NÃO ADIMITE CONCORRÊNCIA PARA SUA FALIDA E OBESA POLÍCIA.

  7. AUTÊNTICO DESPERDÍCIO – O Deputado Ademar traiano afirma orgulhosamente que a Prefeitura de Curitiba aumentou o efetivo da Guarda Municipal em 75%, (não informa a quantidade), Pelo visto, o nobre Deputado nada entende de Segurança Pública pois o que vale é a qualidade da mão de obra e não a sua quantidade e a guarda municipal não tem qualidade. Tanto é verdade que apesar desse preocupante aumento do seu efetivo, os índices de criminalidade em Curitiba continuam crscendo de forma assustadora, o que demonstra de maneira clara, que é uma corporação totalmente inútil e inoperante. Além do mais, dela não é cobrado, pelo Sr. Prefeito, índices de produtividades do serviço que presta, o que deveria. Talvez o Sr. Traiano nem saiba o que é isso. É fácil perceber que a Guarda Municipal é um serviço caro para o município pois serve mais para prestar simples serviços de portaria em prédios públicos e poucos outros de rua. Longe portanto, de ser órgão de segurança de alto estilo.

  8. E mais o senhor DEPUTADO não pensou duas vezes para votar a o aumento de salario para o TRIBUNAL DE CONTAS para a POLICIA NADA, la todo ano tem um aumento bem gordo, e que vcs dependem muito deles para aprovar as suas contas. NÃO É.

  9. Quero segurança Responder

    O fato de fazer referência somente à Polícia MIlitar, ignorando a existência da Polícia Civil, demonstra o desconhecimento e oportunismo do “nobre” deputado.

  10. Comunista de BMW Responder

    Eu não entendo. A questão da violência está ligada diretamente as questões sociais, certo?SIM. Mas o governo que diz que aplicou tanto no social, luz e água de graça, movimentos sociais, casas, inclusão e o diabo a 4…. como que está a violência no patamar que está? Alguem está mentindo nessa história…

  11. Jeferson Nazaro Responder

    Sugiro um destacamento da Guarda Municipal especial para colher e apreender os panfleteiros e folhetos de garotas de programa em orelhões pela cidade. Outro destacamento para relações jacaréXcapivaras.

  12. Ponta Grossa por dentro 100% Responder

    O maior descaso é comprar votos pelo Parana a fóra este Deputado deveria cuidar de seus negocios, agóar junto Beto Lerner quer vir dando uma de mocinho boa praça, falar dos outros é facil , mas porque não explicam sobre as maracutais do Prefeito Béto Richa qual vem montando um verdadeiro esquema de maracutais só no setor do lixo ele entregou ao propietario do Shop Muller um esquema de mais de 20 milhões por mes.

    Deus me livre ver um Rapaizinho deste trazendo de volta a turma do jaime Lerener o povo do Parana precisa muito mais que pracinhas e Pedagios , alias esta ficando cada dia mais claro que teremos mais Praças de Pdagios pelo estado a fóra,

  13. O descaso com a Segurança Pública e investimentos,refletem no que aconteceu no Couto Pereira,se fosse um aumento para os Srs Deputados,seria aprovado nus instante, agora como não é vantajoso por troca de interesses políticos instalados nas catacumbas da política……

  14. Vigilante do Portão Responder

    Esse Anônimo é lerdo.
    A função da Guarda Municipal é PROTEGER OS BENS PÙBLICOS, é evidente que devem estar dando segurança nos prédios da prefeitura, nos Postos de saúde, nos Parques, etc.
    PRODUTIVIDADE? Vai ser conferida como? Qual o critério mais justo para tal requisito? O Anônimo poderia dar uma idéia.
    Estava esquecendo, segurança pública, aquela de prender bandido, traficante, etc. é competência das POlícias Civil, Militar e Federal.
    Não adianta o Requião tirar da agulha, a Secretaria de Segurança DEVOLVEU VERBAS DO ORÇAMENTO DE 2009 e o REQUIÃO CORTOU VERBAS DO ORÇAMENTO DAS POLÌCIAS em 2010.

    Fica a pergunta? Vão contratar mais policiais (é a notícia dada pela TV Educativa e por todos os jornais), e a verba para salários vai diminuir?
    Ou o Orçamento está mentindo ou não vão contratar mais policiais PO**A NENHUMA.

    A segunda hipótese é a verdadeira, não vai dar tempo para contratar nenhum policial em 2010. Vão marcar o concurso, aplicar as provas (em duas etapas – conhecimento e aptidão física), corrigir as provas, apresentar os aprovados. Fazer os exames médicos, promover o Curso de Formação (a capacidade é de 200 p/ vez), depois colocar na rua, ainda com um veterano, para aprender a trabalhar. depois soltar a turma nos batalhões definitivos.

    Resultado, a fama de ter “contratado” os policiais vai ser do Requião, no entanto a população só vai ver essa nova turma nas ruas, em meados de 2010 e aos poucos.

  15. Se os nossos peêmes fossem dignamente remunerados, não precisariam fazer bico em porta de gafieira, buscar muamba em Ciudad del Leste e Salto del Guairá. Converso com os peêmes de hoje e com os de antigamente, já aposentados, claro. Os de antigamente tinham orgulho da farda e eram respeitados. Dizem até ter dó dos seus colegas na ativa.

Comente