Uncategorized

O dia do sindicalista
baba ovo na escolinha

Requião programou a escolinha de hoje para receber sindicalistas dispostos a fazer elogios a ele, Requião. O motivo é o aumento do salário mínimo regional, que deverá passar de R$ 605,00 para R$ 710,00. A mensagem vai para a Assembléia no dia 1º de fevereiro e tem o apoio antecipado do presidente da Casa, Nelson Justus, do DEM.

A fila foi grande. Estavam lá todos os dirigentes sindicais que em passado recente seguiam a batuta do líder empresarial José Carlos Gomes de Carvalho, o Carvalhinho, e não economizavam os mesmo elogios ao ex-governador Jaime Lerner, que deles merecia emocionadas manifestações pela atração das montadoras.

Ora, pois, seria essa a única função do sindicalista nativo, o de baba ovo diante do governante de plantão?

12 Comentários

  1. Não confunda Sindicalista com Puxa-saco.
    Na verdade não tinha nenhum sindicalista de verdade presente.
    Nem mesmo o Roni da CUT estava lá.
    Por isso a babação de ovos!

  2. A tradição da roça aqui na quinta comarca paulista é imitar a metrópole e superá-la, se possível, pelo menos no discurso… assim, fazendo cortesia com o chapéu alheio os políticos da roça local, comandados pelo coroné do mato Mello e Silva aumentam livremente o salário-mínimo, pois eles próprios não tem empregados pagos do seu bolso, pois, tem direito a aspones, serviçais e lacaios pagos com o dinheiro público… enquanto isso, a barnabézada da comarca – inclusive policiais e professores – continuam recebendo salários de fome… no caso dos salário-mínimo que é pago pelos particulares, nos equiparamos a São Paulo, mas, quando se trata de servidores públicos, então nos equiparamos ao Piauí… é a demagogia eleitoreira e os pelegos de ontem, hoje e sempre…

  3. Cap. Nascimento Responder

    Será que o senge, que é o sindicato dos engenheiros do paraná, brigará com o “seu” amado governador por um salário minimo profissional para os engenheiros do governo do estado conforme manda a lei que regulamenta esta profissão?
    Para quem não sabe, o piso salarial de um engenheiro deve ser, para 8 horas trabalhadas, de 9 vezes o salário mínimo vigente. Ou seja, no caso do Paraná, 9 vezes 710 Reais, o que equivale a 6.390 Reais.
    Será que o nepotão de mello e silva vai deixar isto acontecer?
    Com a palavra o senge.

  4. E prossegue, sem interrupcoes, a campanha politica por conta dos que realmente trabalham e contribuem neste Estado do Parana. E uma pena que a populacao esteja tenha o pensamento embotado pela propaganda oficial

  5. Requião mais uma vez revela sua megalomania ao aumentar 21% o salario minimo regional.

    Atingimos um novo patamar na estupidez da demagogia populista.

  6. Este GOVERNADOR não da sequer aumento ao FUNCIONARIOS PUBLICOS e quando dá fica em torno 3% a 5%, e agora como não sai do bolso dele mesmo, quer aumentar o salario minimo regional em 17.5%, um dia ele vai perder a MUMUNHA DE ESTAR NO GOVERNO OU SENADO e vai ter que desembolsar para pagar seus FUNCIONARIOS aí tenho certeza vai doer e muitono bolso também.
    E esse TAL de Nelson TRABIQUE deveria pensar um pouco antes de colocar esse projeto nos empresarios paranaenses , onde está os funcionarios que tinha e foram presos pela POLICIA FEDERAL LÁ EM GUARATUBA estão recebendo ainda da ASSEMBLEIA.

  7. Fernando Peuppes Responder

    Não aguento mais estes falsos sindicalistas que fazem discurso de esquerda radical e por tras acertam por fora com os empresários….Da nauseas….

  8. OLHA, OS POLÍTICOS E SINDICALISTAS SÃO TODOS IGUAIS, SÓ MUDAM DE PALÁCIO E GABINETES. ANDANDO E FALANDO AS NOSSAS CUSTAS. TERIA QUE MANDAR UNS DAQUI PARA A CHINA, VER COMO SÃO OS DIREITOS TRABALHISTAS LÁ. FÉRIAS DE ALGUNS DIAS, QUASE NADA DE GARANTIAS TRABALHISTAS. ALGUNS SINDICALISTAS TERIAM QUE MONTAR UMA EMPRESA E PAGAR IMPOSTOS, PARA VER SE TERIAM A MESMA OPINIÃO.

  9. O requião avançou muito mais nas políticas sociais.

    Mesmo porque o Alaúde foi o mentor de todas as políticas sociais da SERT, apenas não sai do papel.

    SERGINHO CADÊ OS COMPLEXOS SOLITÁRIOS DA CUT????

  10. Estes sindicalistas são um bando de parasitas, não trabalham, aliás, vivem e muito bem, às custas de quem trabalha. Atrasam o país, deveriam ser extintos da face da terra.

Comente