Uncategorized

Senado gasta R$ 87,6 milhões com horas extras em 2009

Foto: Joedson Alves/Folha

O Globo

Além de liberar “passagens extras” a parlamentares em ano eleitoral, o Senado registrou aumento de R$ 3,7 milhões nos gastos com horas extras ao longo de 2009, apesar das medidas anunciadas para controlar a frequencia dos servidores. Segundo nota da Secretaria de Comunicação Social da Casa, o valor passou de R$ 83,9 milhões, em 2008, para R$ 87,6 milhões no último ano, um aumento de 4,4%. A nota explica que o Senado reduziu em 35% o número de servidores autorizados a fazer hora extra, que passou de 4.227 para 2.763. Mas, ao mesmo tempo, aumentou o valor máximo que pode ser pago aos servidores a título de hora extra, que teve alta de 99,42 % em outubro de 2008, subindo de R$ 1.324,80 para R$ 2.641,93.

O aumento das despesas acontece apesar de o Senado ter anunciado, em março, medidas mais duras para controlar da frequência de funcionários, após a revelação de que a Casa pagou R$ 6,2 milhões em horas extras a 3.883 servidores durante o último recesso parlamentar de janeiro. Porém, a adoção do ponto eletrônico, principal medida anunciada pelo presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP) , não foi adotada até agora.

Após o escândalo, as horas extras passaram a ser limitadas a duas horas por dia e só são pagas com a determinação de chefes de gabinete ou diretores da Casa. São os funcionários, porém, que registram o horário de chegada e saída do trabalho.

5 Comentários

  1. Valmor Lemainski - Cascavel Responder

    Quanto custou à nação cada projeto aprovado pelo senado no ano passado? Pelo que percebi, não produziram quase nada, aliás, produziram muitos escândalos…. Mas, com Sarney na presidência, poderíamos esperar o quê?

  2. Thiago Medeiros Responder

    O Brasil precisa mesmo de um legislativo bicameral? Imagine a economia que serie fechar o Senado.

  3. Acho que estes hipócritas pensam que o dinheiro do povo é capim, ou ração para tratar tantos desocupados, apadrinhados, vamos lavar a cara brasil, isto de pagar hora extras é para boi dormir, quem garante que eles trabalharam mesmo. Além de que já ganham muito pelo que fazem, a maioria são parentes de políticos, é uma forma de aumentar o salário dizendo que foi hora extra. Quem assistiu a matéria na TV viu que chegou a 1.700,00 reais a mais por mês para cada funcionário durante o ano, isto é hora extra?…chega a ser o salario de três meses de muitos brasileiros. Isto é democracia Brasi?, foi devido a isto que lutaram contra a ditadura militar, para que pudessem assaltar o país….Este hipócrita do Sarney foi um péssimo presidente da república, e é pior ainda como presidente do senado, bom para dar emprego ao neto. E tem gente que ainda o defende.

Comente