Uncategorized

Movimento discute data para passeata contra violência

Os coordenadores dos movimentos Paraná Sem Violência e Curitiba Sem Violência discutem hoje uma data para a realização de uma grande marcha contra a violência e lançamento de uma cartilha com dicas de segurança para a população.

Segundo um dos coordenadores dos dois movimentos, deputado Mauro Moraes (PSDB), o objetivo da caminhada rumo ao Palácio das Araucárias, atual sede do governo estadual, é entregar ao governador Roberto Requião e ao secretário de Segurança, Luiz Fernando Delazari, um abaixo-assinado com o apoio de milhares de paranaenses preocupados com a falta de segurança no estado.

O documento, que já conta com mais de 80 mil assinaturas, levará até as autoridades responsáveis as inúmeras reivindicações apresentadas por membros da população em audiências, palestras e seminários promovido pelos dois movimentos. “Precisamos agir o quanto antes. No momento, estamos perdendo para a violência. Não podemos tolerar que a incompetência dê espaço ao crime”, disse Moraes.

Até a data da caminhada serão coletadas assinaturas em pontos específicos da capital, como a rua XV e terminais de ônibus. “Esperamos entregar ao governador e ao secretário um documento assinado por no mínimo 100 mil paranaenses que exigem mais segurança”, prevê o parlamentar.

Cartilha

A organização pretende definir até amanhã uma data para o lançamento de uma cartilha com dicas objetivas de segurança. A publicação também será distribuída durante a passeata.

17 Comentários

  1. O POVO NÃO QUE PASSEATA, O POVO QUER ATITUDE, CHUMBO E CACETE NO RABO DOS VAGABUNDOS.
    PRESO TEM QUE TRABALHAR SE QUISER COMER….
    PENA DE MORTE PARA CRIMES BÁRBAROS……
    POR QUE O PRESO MATA UM PAI DE FAMÍLIA E AINDA RECEBE A BOLSA RECLUSÃO DE R$ 752,35 ENQUANTO A FAMÍLIA DA VÍTIMA NÃO GANHA NADA……
    POR QUE OS PRESOS TEM 4 REFEIÇÕES POR DIA E O TRABALHADOR TEM QUE COMER ARROZ COM OVO(ISSO QUANDO TEM O OVO)……
    POR QUE NOSSOS GOVERNANTES TEM MEDO DO PCC?
    O EXERCITO TEM QUE SAIR AS RUAS E RESOLVER O PROBLEMA DA SEGURANÇA PÚBLICA, POIS ESTAMOS EM GUERRA…………

  2. Fábio

    Vc quer dizer Ex-Deputado Mauro Moraes, certo?
    Se a regra valeu para Mario Roque, o que estão esperando para cassar esse Mauro Moraes?
    Pq essa diferança?

  3. Curitiba tá tão igual ao Rio de Janeiro no quesito criminalidade que até estas besteiras de passeata pela Paz tão começando.

    Não sei que tipo de imbecil acredita que alguém sair por aí fazendo a pombinha da paz com as duas mãos vai resolver alguma coisa…

  4. salete cesconeto de arruda Responder

    Se o movimento passar pelas comunidades pobres – vale a pena participar!

  5. ESSE MORAIS É DE FRITÁ BOLINHO NA GELADERA.
    ISSO É SÓ PARA ELE ARRECADAR VOTO DOS TROXA.

  6. Nossa, por comentários como esses que deixa a criminalidade aumentar…será que na prisão tem internet tb? pois comentários que vão contra a qualquer tipo de movimento procurando SEGURANÇA, ou seja, exigir um direito nosso, não eh bobagem, pelo contrario, DEVEMOS apoiar e repassar, assim, com a mobilização de todos, os governantes olham mais atentamente para o problema da insegurança que vivemos!

  7. Em 2002 ou 2003, não me lembro o ano certo, mas eu participei consegui levar várias pessoas e não deu em nada,
    Eu acho que isso é politicagem. Porque isso só agora no ano de eleição?
    Tinham que ter agido antes, ter dado porrada na mesa e exigido que o governador tivesse tomado providências antes.
    Agora é capaz de até o Requião participar dessa passeata pois vai estar na mídia e é claro quer se eleger como os outros.
    Chega de hipocrisia, a obrigação dessa caterva era ter trabalhado antes, digamos + ou – 4 anos atrás.

  8. Marcos Cordeiro Responder

    Esse é mais um que vem com papinho, o povo paranaense tem que tomar vergonha na cara, o eleitor paranaense tem que ter vergonha na cara, e fazer uma passeata para não votar mais nesses que estão aí.. querendo aparecer só em época de campanha para fazerem média para a população, vamos dar o troco, nessa cambada, vamos RENOVAR e dizer que não aceitamos, não queremos mais promessas e que se os novos, vejam bem oque estou falando os novos não fizerem nada…. RENOVAREMOS novamente, até eles aprenderem a nos respeitar, pois quem paga o gordo salário que esses políticos recebem, somos nós… e fim de papo.

  9. Esta solicitação deveria ser encaminhada ao futuro governador Orlando Pessuti e servir de base para uma audiência pública coordenada pela OAB e outras entidades.

  10. Alguns comentários só podem ser de comissinados do Governo,pois o Mauro MOraes foi até destituido da Presidência da Comissão de Segurança exatamente por estar cobrando do Governo providências para melhorar nossa SEGURANÇA. Eu estou acompanhando o trablho do Deputado e posso afirmar com convicção que Êle foi o único que teve peito de enfrentar essa cambada do PMDB.

  11. Fico bem triste quando vejo pessoas colocando alguns comentarios totalmente desapropriados, pois a INSEGURANÇA, é notoria, todos temos que conviver com este sentimento que nos deixa angustiados, so posso acreditar que alguns comentarios sao de dentro da propria secretaria de segurança, pois eu como cidadao que pago meus impostos nao posso acreditar que em sã consciencia alguem possa pensar em nao apoiar esta iniciativa. Nao conheço este Deputado mas, posso garantir uma coisa, ele vem sendo perseguido por este governo.

  12. Muito bom.

    Melhor ainda se tirarem a viseira um pouquinho para o lado.

    Violência é uso excessivo de força; agressão à integridade alheia, etc, etc.

    Crimes do colarinho branco, do panetone preto e das cuecas-cofrinho, não guardam relação com a violência, mas são piores que o pára-brisa quebrado para roubar o cedê-pleier ou que o pivete com canivete roubando a tal cartilha para a população.

    O nome do problema é CRIMINALIDADE (ou delinqüência, se quiserem os saudosistas do falecido trema).

    Falta de segurança é termo vago (a criança órfã também tem falta de segurança; como o estudante antes da prova de matemática).

    Violência deixa de fora o câncer das negociatas, corrupção, tráfico de influência, e mais uns mil tumores.

    A impunidade é o combustível do crime.

    A Justiça, acuada pela realidade, inventou, como se fosse uma construção de sábios juristas, as tais penas alternativas, regime aberto que chama de semi-aberto, e outras graças mais.

    Na verdade, inventou, porque o Sr. Juiz da vara de execuções conversa com o Delegado, ás vezes; e conta para os juízes das outras varas que não tem mais onde amontoar preso.

    Presídio Brasil ; “no vacancy”; favor não insistir.

    Claro, não deve haver PAC dos presídios. Dilma não gosta de presídios (ou gosta?).

    Mas seria bem útil parafrasear Washington Luís, adaptando seu lacônico programa de governo ao tempo dos espertos e otários : GOVERNAR É CONSTRUIR PRESÍDIOS.

    Ah, sim…ia esquecendo: “cartilha para a população” é ótima…é como ir a um restaurante, pagar a conta e ter que cozinhar e lavar os pratos.

  13. Nós aqui de Barra do Jacaré estamos programando uma passeata dia 3 de outubro. Cada morador vai sair de casa – título e identidade na mão rumo à sua seção eleitoral. Em lá chegando, vai votar de acordo com a sua consciência. Existe um movimento muito forte para repudiar candidato que desrespeita o povo, as autoridades, a Imprensa, os pesquisadores, os lavradores, os poderes judiciário e legislativo e menospreza a inteligência de cada cidadão.

  14. Marcos Cordeiro Responder

    É isso ai, Pé Vermelho, vamos dar o troco neles fazendo a nossa passeata do REVOLTADO, com todos que foram eleitos e não fizeram nada, vejam bem eu digo todos que confiamos o nosso VOTO que é a arma da esperança, mas que infelismente erramos o alvo. mas agora recomeçamos um novo fronte, o da vergonha de termos votado errado; ” TODOS QUE ESTÃO AÍ NÃO MERECEM VOLTAR “. vamos votar nos que se apresentam pela primeira vez, para ficar bem claro que queremos a RENOVAÇÃO!

  15. Vamos apoiar esta passeata companheiros. o Mauro Moraes foi o único deputado que deu a cara pra bater em favor dos policiais do paraná.foi até expulso da Comissão de Segurança por defender melhores salãrios aos policiais.Os cara que criticam o Deputado é pura dor de cotovelo.Vamos demonstrar nas urnas o nosso reconhecimento àquele que faz jun a nossa admiração,Conte com os policiais do Paraná Sr. Mauro Moraes.

  16. Engraçado o deputado Mauro Moraes está a quase oito (8) anos batendo na mesma tecla da segurança e pelo menos no ultimo ano se dizendo não ouvido pelo governo que ai se encontra em final de mandato, pois bem das duas uma ou ele não tem competência para representar o seu eleitorado ou esta fazendo jogo de cena , e pelo que sei ele era até pouco tempo da base do governo e é do PMDB , então tem coisas errada ai ! Qual deputado que não utiliza os mecanismos que a lei lhe oferece para fiscalizar e corrigir as ações do governo, e porque não utiliza?

Comente