Uncategorized

Morre a segunda vítima do acidente da Tiradentes

Do portal Banda B

Pedestre que morreu teve um dos pés decepado. Aproximadamente 30 pessoas foram feridas

O grave acidente envolvendo um ônibus ligeirinho da linha Colombo/CIC às 11h30 desta quinta-feira (10) na Praça Tiradentes, teve aproximadamente 30 feridos, alguns em estado grave, e dois óbitos. O pedestre Edson Pereira da Silva, de 55 anos, estava em um ponto de ônibus da Praça aguardando a condução quando foi atropelado pelo ligeirinho. Ele teve um dos pés decepado e não resistiu aos ferimentos. A outra vítima fatal, Carlos Alberto Fernandes Brantes, 63 anos faleceu no helicóptero a caminho do hospital.

O ônibus acabou invadindo a loja Pernambucanas, onde os pés de Pereira foram encontrados. De acordo com o presidente da URBS, Marcos Isfer, o motorista do veículo, José Aparecido Alves, de 49 anos, teria tido um mal súbito logo ao assumir o comando da condução na própria Praça Tiradentes. Essa é a principal hipótese divulgada até agora para justificar o acidente.

Ouça o áudio:
[audio:http://www.fabiocampana.com.br/wp-content/uploads/2010/06/10.06.10-MARCOS-ISFER-TN.mp3|titles=10.06.10 – MARCOS ISFER – TN]

Ou clique aqui para baixar o arquivo em formato mp3.

Socorro

Mais de dez ambulâncias e dois helicópteros – um da Polícia Rodoviária Federal e outro da Polícia Militar – estiveram presentes no local para atender as vítimas. Segundo informações do Capitão Machado da Polícia Militar aproximadamente 30 pessoas foram socorridas em função do acidente. É difícil precisar o número de feridos pois vários hospitais receberam pacientes.

Alguns dos hospitais que estão atendendo as vítimas do acidente: Hospital do Trabalhador, Hospital Evangélico, Hospital Cajuru, Hospital Nossa Senhora do Rocio em Campo Largo e Hospital de São José dos Pinhais.

13 Comentários

  1. Esse vai pra cadeia com certeza, enquanto o bonitão ex-deputado continua solto. Quem aposta na prisão?? Nem precisa já tá preso!!

  2. O POVO QUER SABER. Reply

    ESSE ACIDENTE VAI DAR O QUE FALAR, QUEREMOS
    (O POVO QUER) UMA INVESTIGAÇÃO MAIS PROFUNDA QUEREMOS EXAMES QUE COMPROVE O QUE REALMENTE ACONTECEU O QUE HOUVE COM O MOTORISTA. QUEREMOS UMA PERICIA EXTERNA PARA SABER O QUE ACONTECEU. EIS AS PERGUTAS QUE O POVO QUER SABER E MARCOS ISFER VAI ESCONDER.
    SERÁ QUE FOI UMA FALHA MECANICA QUE A URBS QUER ESCONDER?
    SERÁ QUE REALMENTE O MOTORISTA SOFREU UM MAL SUBIDO?
    OS FUNCIONARIOS NÃO FAZEM EXAMES DE ROTINA?
    ESSE FUNCIONARIO ESTAVA EM CONDIÇÃO DE ESTAR TRABALHANDO?
    ESTE ONIBÚS PODERIA ESTAR FUNCIONANDO?
    QUAL FOI A ÚLTIMA VEZ QUE O MOTORISTA FEZ EXAME? QUAL FOI A ULTIMA VEZ QUE O ONIBUS FEZ UM CHECAPE GERAL?

  3. O Carlos Alberto Fernandes Brantes era membro do Instituto Hsitórico e Geográfico do Paraná. Foi um grande defensor das causas e coisas do Paraná. Homem digno, profissional sério e competente. Foi uma honra ser seu amigo e colega. O Paraná fica mais desprotegido e a humanidade mais empobrecida. Grande perda!

  4. EU VEJO NOS TERMINAIS,,MUITA PRESSÃO DOS FISCAIS PARA QUE O MOTORISTA CUMPRA HORÁRIO;;;;;;MAS QUE GEITO NESTE TRANSITO CAÓTICO DE CURITIBA?????????

  5. A controvérsias na justificativa. É uma das hipóteses, mas teve passageiros que alegaram, que o motorista já saiu do tubo batendo em um táxi e não conseguiu fazer a curva. Dai acabou se perdendo e fazendo está M…da.
    Quem anda de ligueirinho nesta cidade, sabe como eles conduzem estes ônibus. Se acham os donos da rua. Fazem só M..da nas ruas. Mas só saberemos qual a verdadeira versão dos fatos, depois de bem apurado as informações. Por enquanto são essas as duas, uma que fala do mal súbito do motorista e outra de um passageiro que disse na tv que o motorista estava em direção perigosa.

  6. CAVALEIRO NEGRO Reply

    CBW.. E ..INDIGNANTE, …….AINDA NÃO SAIU OS LAUDOS SA CAUSA, SE REALMENTE O MOTORISTA TEVE UM MAL SUBITO, E ACONTECEU ISSO QUE NINGUEM QUERIA, E NÃO QUER, A NÃO SER ESSES DOIS AI EM CIMA, QUE ESPERAM UMA TRAGÉDIA ACONTECER PARA DAR SEUS PITACOS.

  7. Uma passageira em entrevista na RPC relatou que estava sentada atrás do motorista e escutou um forten barulho na frente do onibus. Após isto o onibus desgovernou e o motorista começou a gritar que não consegui controlar o onibus. Ela se jogou no chão porque viu que a colisão era inevitável. Esse testemunho nos leva a crer em falha mecanica. Vamos aguardar as demais perícias.

    A prefeitura exige cumprimento de horários e do outro lado as empresas de onibus disponibilizando menos onibus e aumentando sua velocidade para tentar cumprir os horários. Dá-lhe ganancia!

  8. Pepe Deodato Reply

    Precisamos urgentemente rever o tempo de viagem das linhas de onibus.
    Segundo os motoristas, o prazo para fazer um trajeto é o mesmo de 10 anos atraz, quando o transito da cidade permitia chamar os chumbinhos de ligeirinhos.
    Vamos colocar num mesmo onibus, vereadores, secretario de transportes, diretores da urbs e do sindicato dos motoristas para fazerem varios trechos de rotas da cidade e numa boa sem briga ou politicagem, determinar um novo tempo de viagem e assim evitar futuros acidentes por stresses e cansaço aliados a pressa dos motoristas para cumprir horarios e não serem multados pelos fiscais da urbs.
    O SINDICATO DOS MOTORISTAS TEM A OBRIGAÇÃO DE DAR O PRIMEIRO PASSO.

  9. Também ses querem oquê, faz dez aulas nas auto escolas e já tão aprovados pra dirigir.

  10. Pode até ser mal súbito, mas, se estivesse dirigindo devagar e não como um louco, não teria feito o estrago que fez.
    Outro lugar que logo logo vai ter uma tragédia, é na esquina da Lourenço Pinto com a Pedro Ivo…os motoristas fazem a esquina como uns loucos, o dia que algum perder a direção vai entrar na gazeta do povo…aí teremos uma campanha para esses caras dirigirem melhor.

  11. Olhos Abertos Reply

    Muito estranho esse acidente… quem ver o site do programa 190 segunda edição aos 2:00 minutos.. vai ver o ônibus passar por trás do Jotapê em alta velocidade em uma curva.. algumas pessoas olhando quando bate no taxi.. e logo em seguido um estrondo.. de quando bate no carro próximo ao ponto e na pernanbucanas… Segundo testemunhas de dentro do ônibus teve um estrondo na frente do ônibus e desespero por parte do motorista que havia dito que estava sem controle. Pelas imagens o Motorista já fez a primeira curva próxima a igreja da praça com velocidade superior ao praticado naquele trecho.

  12. gente as informaçoes nao estao corretas eu sou funcionario da loja e agora estou confuso tbm.
    a pessoa q morreu na hora estava na calçada e o sr que teve o pé decepado foi lançado pra dentro da loja. o que teve o pe arrancado estava vivo quando saiu de la !

Comente