Uncategorized

Serra admite que decisão de Osmar enfraqueceu indicação de Alvaro


Do Uol.com

O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, admitiu nesta quarta-feira (30) que a decisão do senador Osmar Dias (PDT) em sair candidato ao governo do Paraná, apoiando a coligação petista, enfraqueceu a indicação do irmão dele, o senador Alvaro Dias (PSDB-PR) como vice na chapa.

“Foi surpreendente, foi. Você tinha um grande nome [Alvaro Dias]. Homem preparado, que fala para o Brasil, um homem que foi governador, foi deputado e é um senador que se sobressai (…) Mas, não se materializou e abriu caminho para outro tipo de negociação”, disse Serra, em entrevista coletiva concedida na convenção nacional do DEM, em Brasília. O evento definiu o nome do deputado federal Indio da Costa (DEM-RJ) como vice e garantiu o apoio dos democratas ao candidato, em uma coligação que conta ainda com PTB e PPS.

Com a saída de Dias, Serra explicou que o nome de Indio da Costa ganhou peso pela importância do Rio de Janeiro como relevante colégio eleitoral. O candidato a vice limitou-se apenas a se comprometer em “estudar o Brasil”, para conhecer melhor os problemas de cada região, como ele diz conhecer os do Rio de Janeiro.

“Renovação e esperança”

Serra afirmou que a decisão de lançar Indio da Costa em sua chapa é sinal “de renovação e esperança” para o país e introduz uma mudança também na forma de governar. “Quero dizer que, hoje, nós apresentamos uma novidade que é um sinal de renovação e esperança para o nosso país. Queremos fazer um governo que abra oportunidades para os brasileiros, que abra caminhos, que renove o nosso país, que faça com que o nosso país siga avançando”, disse.

Serra destacou a experiência administrativa de seu vice, que teve três mandatos como vereador, foi subprefeito de Copabacana e encerra seu primeiro mandato como deputado federal como vice-líder do DEM na Câmara dos Deputados.

“[Indio da Costa] vem para trazer uma contribuição, do que a nossa vida pública, tem de mais jovem e mais renovadora (…) Não é tão novinho, 40 anos já é gente grande”, brincou o tucano sobre Indio da Costa, 39 anos. Já a fama de namorador do seu candidato a vice também foi motivo de brincadeira de Serra, que explicou que não foi Costa quem namorou a modelo Daniela Cicarelli, e sim o “primo dele”.

Jefferson ausente

Dos partidos coligados, a única ausência foi a do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson. Ele foi um dos que mais incendiou a discussão entre tucanos e democratas, ao antecipar em seu Twitter que Alvaro Dias era o escolhido pelo PSDB para o posto de vice, sem costurar a definição com o DEM.

14 Comentários

  1. Duval Simões Araújo-Londrina Responder

    Foi fundamental. Os tucanos puseram em risco a própria coligação presidencial peitando a indicação de Alvaro pra vice-presidente. Em cima da hora Osmar tchutchucou ao telefonema de Lula e acabou com as chances de Alvaro ser candidato e de o Paraná ter, finalmente, alguém importante numa eleição presidencial.
    O Vargas cantou a pedra a três meses: Osmar é macho aqui no Paraná, na frente do Lula vira tchutchuca. Ele tava totalmente certo. Digo mais, é tchutchuca também do Luppi, pois votou até contra a derrubada da CPMF dos cheques, a mando do Luppi, que lhe enquadrou devidamente.
    E os tucanos nativos confiaram na palvra dele!
    Agora é questão de honra derrotá-lo no 1º turno.

  2. VLemainski-Cascavel-PR Responder

    Como diz o Gaúcho: “Com a saída do Álvaro ficamos peleando com o toco da espada.”
    Mas o nosso Ìndio é bem melhor do que o delles, pois é civilizado e não planta coca.

  3. NADA DISSO SÓ É O INDIO PORQUE NEM UM DOS CACIQUES
    QUIS ASSUMIR ESSA BOMBA
    E COMO POLITICO É TUDO IGUAL QUER SE GARANTIR
    ELEITO
    E VICE DO SERRA É GARANTIA DE FICAR SEM SALARIOS NO FINAL DO MES

    E DALHE DILMA PRA CIMA DO INDIO DAS COSTAS

  4. Olha essa que saiu Campana:
    Por não ter direção certa, ir para tudo que é lado, enganando até os goleiros, a folha saiu com essa:
    Osmar Dias, agora candidato, ganhou o apelido de Jabulani da eleição de 2010. (Lo Prete, na Folha).
    Essa é perfeita, temos que espalhar no Paraná todo.
    Osmar Jabulani!

  5. EXTERMINADOR DE PETISTAS Responder

    Fica tranquilo Presidente.

    Cuida do rio com o Indio que aquii no Paraná, faremos um ensopado de LULU com ingredientes de Osmar, Gleisi e a desqualificada Estela.

    Pau no Osmar e pelegos do PT

  6. E o nosso Estado é tratado com desplante… resultado de anos de um (des)governo entre o folclórico e inoperante, além de ter sido sem compostura com as instituições. Desfiguraram o Paraná em sua dignidade e grandeza. Quanta indignação!

  7. SYLVIO SEBASTIANI Responder

    O Senador Alvaro Dias o Paraná conhece, teve oito mandatos eletivos, de vereador à Governador, agora quero saber quem é esse Deputado Indio, quam a familia, que é sua esposa, o que ele fez, somente fez parte da Ficha Limpa, ou Ficha Suja, mas isso quem pediu, quem coletou as assinaturas, quem exigiu a sua implantação foi o POVO, ELE APENAS FEZ A SUA OBRIGAÇÃO DETERMINADA PELO POVO BRASILEIRO!

  8. VAI SER MUITO DIFÍCIL EXPLICAR O MAIOR IMBRÓGLIO POLÍTICO DOS ÚLTIMOS TEMPOS!
    MAS VEJAM OS NOMES ENVOLVIDOS NO CASO: ROBERTO JEFFERSON, ÁLVARO DIAS E SERRA!
    NÃO PODIA DAR NOUTRA COISA!

  9. Do blog Juca Kfouri

    Lei do Passe para políticos

    Por PAULO M P MURRAY*

    A disputa pelo apoio de Osmar Dias faz pensar que poderíamos criar, no Brasil, a Lei do Passe para políticos.

    Essa história parece disputa por algum craque entre dois times.

    De manhã Osmar apóia Serra, à tarde, está com Dilma, visto que assopraram pra ele que seu irmão, Álvaro Dias, não mais será o vice do tucano.

    Já que convicção política não conta mesmo, porque não institucionalizar o passe para essa gente.

    Com multa rescisória, é claro.

    *Paulo M P Murray é agrônomo.

  10. Olha, por tudo isso q vcs escreveram ai em cima, e mais o que vão acrescentar abaixo, voto MARINA……….

  11. Engraçado, o Senador Osmar Dias tinha prazos para decidir se era candidato ao senado ou ao governo do Parana, em uma de suas entrevista no jornal Gazeta do Povo, Osmar ressaltou que “em primeiro lugar a familia” aguardando a decisão do Serra, que milindrosamente deixou até o ultimo segundo sua decisão. “Pois bem Sr. José Serra se fosse, eu quis dizer se fosse, para Alvaro Dias ser seu vice ora, já teria o escilhido e Vossa Senhoria teria evitado a decisão de seu irmão ser candidato a governo”.Pois quem aguardou até o ultimo minuto a decisão do Serra foram os irmãos Dias. Desculpa de alejado é muleta o senhor baixou a cabeça para um partido, que diga-se de passagem não esta muito bem visto pela sociedade Brasileira em virtude dos escandalos no Distrito federal. O que desejo para o Sr. Serra é boa sorte, pois em função deste grande erro de não escolher Alvaro para seu vice só lamento,pois nesta eleição Vossa Senhoria não ganha este pleito aqui nem na China.

  12. Osmar Dias traiu o irmão Alvaro e foi se abraçar com Requião seu novo amor de “negócios”. Osmar é uma vergonha para o Estado do Paraná que poderia ter um candidato a vice descente e honrado diferente dele “Osmar sem traíra”.

  13. nao iam colocar o alvaro nem se o osmar fosse candidato a senador, o dem tava reclamando da chapa pura.Isso de dizer q o motivo foi esse é besteira.
    O Osmar ficou se enrolando muito, dai no ultimo dia decidiu.
    Pq entao nao decidiram pelo alvaro no dia 29 por ex.

    Refutaram o Alvaro como vice, entao deram de presente aqui no parana um palanque pra Dilma.Nao respeitam parana mesmo, pq é …. zona eleitoral do Brasil e pq nao falamos”leiti quenti”

Comente