Uncategorized

Acusados da morte de Bruno Strobel vão a júri popular amanhã

Da Banda B

Os advogados dos réus usarão táticas diferentes durante o julgamento

Os dois vigias acusados de participação no assassinato do estudante Bruno Strobel Coelho Santos, filho do jornalista Vinicius Coelho, vão amanhã (7) a júri popular, passados dois anos e nove meses do acontecimento.

O julgamento será em Almirante Tamandaré, região metropolitana de Curitiba, onde o corpo de Bruno foi encontrado em 2007. Douglas Rodrigo Sampaio Rodrigues, 29 anos, e Marlon Balen Janke, 33 anos, foram denunciados pelo Ministério Público por homicídio qualificado, formação de quadrilha e ocultação de cadáver. Rodrigues está detido na Casa de Custódia de Curitiba, já Janke está preso no Centro de Detenção e Ressocialização de Piraquara.

Processo

Cada advogado deverá tomar uma posição diferente. Enquanto um vai tentar mostrar que a Centronic tem ampla responsabilidade e influência no homicídio o outro vai tentar retirar a acusação de formação de quadrilha, pois seu cliente vai confessar o crime.

O desenrolar do julgamento será da seguinte maneira: primeiro as testemunhas tanto de defesa quanto de acusação serão ouvidas. Em seguida cada um dos réus deve prestar depoimento. Haverá também a leitura de algumas peças do processo. Depois a acusação e defesa vão ter duas horas e meia para se manifestar, com direito a réplica e tréplica. E por fim os acusados terão a sentença. Ou serão inocentados ou culpados pelos sete integrantes do júri.

Outras cinco pessoas foram denunciadas pelo assassinato do estudante, além dos dois que vão a júri amanhã (3). Porém algumas dessas pessoas recorreram da decisão que determinou que eles enfrentassem o julgamento. Um dos casos, como o processo contra Eliandro Luiz Marconcini, não chegou nem à fase de julgamento, pois ele estava foragido.

18 Comentários

  1. OLHA OS SEGURANÇAS DEVEM SER PUNIDOS SIM POIS NÂO TINHAM O DIREITO DE TIRAR A VIDA DO JOVEM

    MAS QUE ELE ERA UM PICHADOR DESGRAÇADO E NOGENTO ISSO ERA E ESTÂO INTITULANDO O FINADO VAGABUNDO DE ESTUDANTE
    ERA UM IMBECIL PICHADOR
    QUE IGUAL ELE TEM MILHARES DE VAGABUNDOS QUE DEIXA NOSSOS MUROS FEIOS E OROROSO
    TUDO PORCAUSA DE VAGABUNDOS PICHADORES
    AQUELES SEGURANÇAS DEVERIAM TER PRENDIDOS E ENTREGADOS A JUSTIÇA E FAZER PAGAR O PREJUISO MAS NÂO MATAR DEVEM SER JULGADOS SIM

    MAS QUE O MULEQUE ERA FILINHO DE PAPAI E PREPOTENTE AH ISSO ERA VAGABUNDOOOOOOOOOOO

  2. Com uma história destas quem mais sofre é a família. Na condição de pai eu sou solidário ao Vinícius Coelho. Perder um filho de forma tágica é uma dor imensurável. Pois todo o pai quer ver o seu filho formado e bem sucedido na vida e não dentro de um cemitério.
    Força Vinícius Coelho, pois a justiça tarda mas não falha. E se falhar que sirva de consolo uma coisa.
    A JUSTIÇA DIVINA NÃO TEM FALHAS.
    E pichação não é coisa de vagabundo, é molecagem de adolescente. Quem nunca aprontou na adolescencia….
    E tem uns tais falsos moralistas, que bem provavelmente pelo linguajar usado, devem ter os seus rebendos fazendo coisa bem pior do que pichar muro.

  3. Ildo seu comentário foi totalmente desnecessário! Espero que esses assassinos mofem na cadeia…Matar, bater e falar bobagens é coisa de maluco!

  4. Silvano Andrade Responder

    Não gosto de pichador….Mas por mim eu mandaria estes guardinhas pro corredor da morte.

  5. LELO

    VOCE ME DESCULPE SE EU ME EQUIVOQUE NA SUA OTICA
    MAS NÂO TEMOS QUE NEGAR QUE ESSA CIDADE FICA FEIA COM ESSES BANDIDOS PICHADORES
    E NÂO SEI SE VOCE ESTA DEFENDENDO O MENINO POR SER FILHO DE JORNALISTA
    MAS É INEGAVEL QUE ESSES PICHADORES SÂO SIM VERDADEIROS BANDIDOS
    AGORA SE VOCE MORA EM APARTAMENTO BOM PRA VOCE MAS NOS QUE TEMOS TERRENOS COM MUROS TODOS OS DIAS VEMOS PIXAÇÔES NOVAS
    E ALEM DE TER QUE REFAZER A PINTURA
    FAIS NOSSO ESTRESSE SUBIR POR CONTA DE ALGUNS DESOCUPADOS FILHOS DE PESSOAS QUE TALVEIS ÂO VER O FILHO COMENTAR QUE PIXOU ALGUNS MURROS ACHA BUNITO

    ME DESCULPE SE FUI MUITO RADICAL MAS ESSA É MANEIRA QUE EU ME SINTO CADA VEIS QUE TENHO QUE PINTAR O MEU MURRO

    ESSA É MINHA OPINIÂO E NÂO VOU MUDAR ENQUANTO ESSES BANDIDOS CONTINUAREM A COMETER ESSES CRIMES
    POIS PIXAR É CRIME SIM
    E PORTANTO SÂO BANDIDOS

  6. Conheci o Bruno desde pequeno. Era um jovem saudável, bom e alegre e principalmente excelente filho.Não tinha vícios, no máximo tomava uma cerveja esporádicamente.Se pichar muro é ser bandido, como podemos nos referir aos que matam, torturam pessoas inocentes?
    Pichar muro é errado mas é uma prática de adolescente , momentânea.
    Má índole e maldade, nasce com o assassino que deve pagar pelo que fez.

    Esses criminosos acabaram com a familia e não podem ficar impunes.

  7. EU NÃO VOU ENTRAR NO MÉRITO DA JUSTIÇA…ELA É SOBERANA E SABE BEM COMO JUJGAR E CONDENAR…..( VOU SAIR FORA DESTE CASO DO BRUNO PARA NÃO SER INJUSTO)….MAS QUE DÁ RAIVA DÁ….VOÇE QUE GOSTA DAS COISAS NO SEU DEVIDO LUGAR…LIXO NA LIXEIRA….SOM BAIXO NOS VISINHOS,,RESPEITO COM OS SEUS FAMILIARES,,,O SEU MURO VOÇE PINTA ELE PRA FICAR BONITO,,,ETC…ETC…..( DAI VEM UM DESPROVIDO DE VALORES CULTURAIS E FAMILIARES E DESTROI TUDO ISSO QUE VOÇE IMAGINA QUE PODERIA VIVER E DEFENDER;;;;;;;;;;QUAL É OU SERÁ A SUA REAÇÃO???????????????????????????????????????????

  8. olá, olha eu trabalhava na area de tatico nesta epoca para uma empresa contraria. Mais vou dizer que os colegas que pinxam o muro, não comentem este crime somente,se acompanharmos o caso, eles invadem propriedade alheia para poder fazer isso nos predios autos, e digo mais tive tive muitos amigos que sofreram, agressões por parte da torcida da imperio, “coxa”, e muitos destes “pinxadores, andam armados e em bando, acredito muito fielmente que a morte não é uma maneria de parar com isso, e eles estao preso e vao pagar. da maneira que a justiça acha melhor, mais vamos indicar que este crime não é somente uma morte, mais sim varios fatores que a sociedade, tem como defeito.
    se fosse conhece algum pinxador, vai ver que usam drogas, que andam em bando, que comentem vandalismo, agressões, quando podem, andam com armas, porntando. digo para que isso andar armado. isso ja digo para vcs, ve se tem trombadilha entrando em predios e fazendo merda. e ve o julgamento que damos aos nossos conhecidos. ao qual mesmo errados. Acabamos passando a mão da cabeça. acorda Brasil. O que vcs estão criando e uma sociedade, que se mantem com medo de tudo, e com isso impulsiona a pessoas a cometer crimes reais e de abalo social, morte nunca. Mais que umas boas palmadas sim, talves assim, mude, ja que não tem outro geito.
    Diogo Izolani “Vigilante Tático”. Respeite e viva sem procurar perigo.

  9. Ao Sr. Ildo Baldo:

    Além de arrogante e ignorante, por considerar pichação como sinônimo de bandidagem, acredito que o senhor deveria aprender a nossa língua, antes de tecer algum comentário. Mas não se preocupe. Normalmente quem não sabe pensar também não sabe escrever…Quanto aos verdadeiros criminosos, cadeia neles!!!
    Infelizmente, essa é uma dor que não tem cura.

  10. Todos os envolvidos, inclusive o Bruno, têm culpa no cartório.
    Contudo, desmedida a ‘punição’ de Bruno.
    Vocês devem sopesar os bens envolvidos: patrimônio (muro pichado) e a vida (do garoto Bruno). Se colocar na ‘balança da consciencia’, vocês verão a tamanha desproporção da morte pelo ato praticado. Pichação não justifica a morte.
    Pichadores são vândalos e merecem a devida repreensão, mas não morte.
    Com razão também o leitor que comentou sobre a ausência de valores culturais e familiares do Bruno.
    Por ser de família nobre – leia-se, nobre de valores e cultura – certamente não deveria estar vagando à noite pela cidade, pichando muros. Falta de zelo e atenção dos pais, que tiveram uma pena muito severa por tal descuido.

  11. Odorico Paraguassu Responder

    Os seguranças foram radicais e extremistas, estão errados e isto é indiscutível.

    Porém, atos de vandalismo, e isto inclui pixações, é um desrespeito ao próximo e está ligado a valores culturais, morais e familiares, coisa que faltou ao finado delinquente.

    Coisa de adolescente? Não! Já fui adolescente e nunca danifiquei propriedade alheia, pois aprendi com meus pais que meu direito termina onde começa o dos outros. Quem não sabe educar corretamente, deve poupar a sociedade dos maus atos de seus filhos.

  12. Só minhas modestas opiniões.
    Já fui adolescente e nunca pixei, então não venham com esse papo furado que pixar é momentâneo, normal, coisa da idade. Pois me ensinaram que é errado desde pequeno, assim como é errado quebrar janelas das casas, rabiscar tubos de ligeirinho. Para que estragar a propriedade alheia, muitas vezes, até pública? É crime sim, além de ser pura falta de consciência social. Claro que não é para executar e isso as pessoas que o fizeram devem pagar. Mas não vamos inverter valores.
    Agora se as pessoas passam a mão na cabeça dos filhos que voltam bêbados para casa, pixando por aí, quebrando as coisas, gritando nas ruas de madrugada, então a sociedade está cada vez caminhando para o caos total.
    Cometer erros, todo mundo comete. Dizem por aí. Essa frase tenho lido muito ultimamente, e só está servindo para justificar o injustificável. Como em casos como Carli Filho, Abib Filho, entre outros. Para mim o conceito de erro está totalmente deturpado.

  13. A história terminou muito errada, mas como todos sabem o inicio ja foi torto.Assim como um segurança comum de um mercado não deixa vandalos badernar dentro de tal estabelecimento, pois é seu trabalho, os taticos tem a obrigação de zelar pelo local onde vigia.Isso com toda certeza não é motivo para que tire a vida de um rapaz novo como o Bruno, que tinha uma vida inteira para brilhar.Mas tenho a certeza que não só o Vínicios está sofrendo muito, mas também a familia dos acusados.O meu real pensamento é que esses caras se ferraram só pelo fato desse rapaz ter o nome conhecido, pois eu aposto que ele não é o primeiro pinxador que leva a pior.Eu finalizo DEUS É JUSTO!!!

  14. A história terminou muito errada, mas como todos sabem o inicio ja foi torto.Assim como um segurança comum de um mercado não deixa vandalos badernar dentro de tal estabelecimento, pois é seu trabalho, os taticos tem a obrigação de zelar pelo local onde vigia.Isso com toda certeza não é motivo para que tire a vida de um rapaz novo como o Bruno, que tinha uma vida inteira para brilhar.Mas tenho a certeza que não só o Vínicios está sofrendo muito, mas também a familia dos acusados.O meu real pensamento é que esses caras se ferraram só pelo fato desse rapaz ter o nome conhecido, pois eu aposto que ele não é o primeiro pinxador que leva a pior.Eu finalizo DEUS É JUSTO!

  15. É muito desproporcional uma vida, por um interesse próprio, creio que por falta de uma punição para os vândalos, a determinação geral é bater e liberar, este fato ocorre não somente com Vigilante tático ou Vigia que é uma classe que se dispõem com sua própria vida, para tentar amenizar ocorrências aos patrimônios. Em primeiro lugar o que se aprende no curso de Vigilância Patrimonial é o respeito e cuidar da vida, quando em caso que ocorra a abordagem de algum cidadão ou elemento suspeito, é repassado sempre que deve ser preservado as duas partes, sempre que possível. Creio que o fato de não ter como submeter alguém a crime por vandalismo, é forçado ao agente um julgamento próprio e imediato.
    Os valores seria este
    Tenho que tentar bloquear o pensamento de vandalismo, talvez se eu bater nesta pessoa, ela por medo pare de ser deste modo.
    ou.
    Vou bater neste mane por que ele esta errado.
    Creio que seria este dois princípios, pois por experiencia, o que existe é a lei do mais forte, o cidadão normal cheio de bom coração se abre a crimes básicos, mais como básicos os nossos filhos se tornam verdadeiros criminosos. É bem conhecida a lei que o pai e a mãe não pode tocar submeter ou fazer reclamações para seus filhos.
    ECA= Estatuto da Criança e o Adolescente.
    Que conhece um pouco da vida sabe que aprendemos mais errando do que acertando, por isso pensem o Bruno foi uma dose do que esta ai, e se não for mudado algo isso se tornara mais próximo podendo com toda certeza estar ao nosso lado e ate mesmo com nos mesmo, devemos respeitar nossa lei, mais ate quando a nossa lei vai deixar de nos desrespeitar.
    Cuidado com a segurança, cuidado com nossas leis, cuidados com nossos filhos, cuidado com nós mesmo. Diogo Izolani 25 anos. E morro de medo do que esta por vir se continuar assim, mais vou fazer algo para mudar, faça você também não deixe de apoiar as crianças a juventude, as crianças de rua. Sou contra a demostração de poder bélico de traficantes, sou contra bailes e festas de apologia ao crime, contra as leis contra a boa fé, sou a favor de penas mais severas, sou a favor de uma pena de morte para quem matou sem direito de matar, e acho que o único direito de matar é o de legitima defesa, pois ninguém é Deus e ainda somos seus filhos, e somos racionais e acredito que tudo isso pode mudar com leis abertas a população, direito de votação popular para leis que diz respeito a tirar uma vida, Pena de morte Para o traficante que mata para sustentar seu negocio, Pena de morte para Pessoas que são ruins, que matam por diversão e não a pena perpetua que gasto o dinheiro da família que luta para um sustento, vamos façamos nos mesmo nossa vida uma vida de conquistas, ajuda e humildade.

  16. O povo é hipócrita e ignorante, comam seus muros levem eles pra suas sepulturas
    Ou enterrem-nos com seus filhos ou qualquer ente querido quando forem eles os assassinados,
    “Nos olhos dos outros é refresco.” Certo?!
    Seja o que for que o Bruno estivesse fazendo NADA justifica a morte dele,
    Assim não justificaria se fosse um de vocês mortos injustamente!

  17. querem pixar tudo bem soh que deixem, na caixinha do correio o dinheiro da tinta porque é justo , porque eu nao tenho dinheiro sobrando pra comprar mais nada a nao ser o util para mim e meus filhos agora vc6 sao mais bem financeiramente ta ae uma solução

Comente