Uncategorized

Programa de Osmar critica herança do aliado Requião

A aliança formalizada entre o PDT de Osmar Dias e o PMDB de Roberto Requião tem problemas que vão além das trocas de processos por acusação de enriquecimento ilícito (feitas por Requião) respondidas com queixa-crime por crime de calúnia, difamação e injúria (por Osmar) em 2006. O programa de governo de Osmar Dias aponta falhas nas administrações de Requião, que esteve no comando do governo do Paraná nos últimos sete anos e quatro meses.

Osmar identifica graves problemas na segurança pública, tema de uma das reclamações mais freqüentes dos paranaenses, que vem se alarmando com a degradação do setor. Para combater a herança de Requião Osmar propõe a modernização policial e a implantação de novos sistemas de gestão. Investimento em equipamentos, reestruturação e criação de novas delegacias especializadas e instalação de unidades para operações policiais especiais. A segurança pública foi um dos setores mais polêmicos da administração Requião.

O próprio ex-governador Requião chegou a ocupar o comando da pasta da Segurança Pública no início do governo em 2003, sob a alegação que seria o único com capacidade e poder de fogo para enfrentar a “banda podre” da polícia. A experiência não teve os resultados esperados e o cargo passou a ser ocupado por Luiz Fernando Delazari. O novo secretário passou a defender a tese que o malogro da política de segurança pública do Paraná se tratava de um sucesso mal explicado pela comunicação do governo e pior compreendido pela imprensa paranaense.

O secretário Luiz Fernando Delazari, foi um dos primeiros a ser demitidos pelo sucessor de Requião, Orlando Pessuti. Essa decisão resultou no rompimento imediato entre o ex-governador e seu antigo vice. A questão que se coloca nos meios políticos é se o bom relacionamento mostrado por Osmar Dias e Requião, mostrado durante o anúncio da aliança entre PDT, PMDB e PT, vai sobreviver à identificação de problemas do Paraná que Osmar venha a fazer durante a campanha e que venham a ser interpretados como críticas a gestão de Requião.

15 Comentários

  1. JÁ ACHO QUE O PROBLEMA DO SENADOR OSMAR “indeciso” DIAS, DEVE SER O AJUNTAMENTO DELE COM OS QUADRILHEIROS DO pt (partido do trambique). ESSE SERÁ O SEU MAIOR PROBLEMA. ESPEREM E CONFIRAM!

  2. agora nao tem de que reclamar abraçou o inimigo agora se ferre juntos adeus requiao e osmar, o requiao nao que ir sazinho,queria o osmar,pra afundar juntos.

  3. Renato Siqueira Responder

    o senador Osmar Dias se desmoralizou e perdeu meu voto ao se aliar ao Requião que atacou sua honra em 2006. Osmar mostrou que é um político oportunista que esquece e perdoa coisas que um homem honrado não pode esquecer nem perdoar. Ele e Requião se merecem.

  4. Ses acham que o povão vê, jornal nacional, blog do campana,
    gazeta do povo, tão enganados o povão só vê novela. A pobreza gosta é do Lula, em quem ele manda vota, o povão vota. Classe média e alta é minoria

  5. Inácio Tapajós Responder

    O senador Osmar Dias e quem mais vier terá de fazer uma completa reforma na segurança pública do Paraná que stá uma vergonha. Nossos índices de criminalidade superam os dos Rio de Janeiro e São Paulo. A incompetência do Requião foi mortal para o estado.

  6. Parreiras Rodrigues Responder

    Para fazer uma administração diferenciada da do ex., basta fazer tudo ao contrário…A começar pela criação de uma Secretaria de Respeito ao Próximo.

  7. Mas não liguem meu Povão Paranaense, porque a partir de agora eles são amiguinhos desde infância, (só até a eleição).
    Até paracem irmãos de dupla sertaneja REQUI-DIAS.

  8. O mais grave problema de segurança pública é o próprio Bob Req, foi só iniciar a campanha e já arranjou encrenca, ainda vai acabar numa camisa-de-força.

  9. Requião sentiu na pele (do rosto) a insegurança em que vivem os paranaenses ao levar uma bifa em Campo Mourão. Pela falta de vergonha de Osmar ao se aliar aquele que o chamou de ladrão, merecia levar outra bifa.

  10. Duval Simões Araújo-Londrina Responder

    É apenas para dissimular, no que Osmar é especialista. Quer se desvincular perante a opinião pública do governo Requião, para não representar o continuísmo. Mas quer a estrutura e os prefeitos do PMDB e se desse uma zebraça de ganhar a eleição, sua base de apoio na Assembléia seria 70% PMDB, que faz 15 dos 20 deputados do chapão. Esse cara é traíra e o PMDB que abra os dois olhos com ele.

  11. Só agora o Osmar viu que as idéias dele são diferentes das do aliado aposentado? E será que o aliado de hoje já não está esbravejando no twitter contra o programa do Osmar ? A esta hora já deve ter mandado o Osmar tomar no vocês sabem aonde umas vinte vezes. Nada como um aliado destes, que nunca transfere voto algum. Mas isto o Osmar já sabia, ou não sabia? ACarlos

  12. Então urtigão,agora sentiu no couro a bananosa que te enfiaram do teu contrapeso . Reafirmo urtigão manda pastar o Duce e o Panssutão e sua gentalha,estes somente querem se aproveitar do momento que já não mais lhes pertence,lembre-se eles não foram aliados a você nunca,como fica seu caráter??????Sua honra e de sua família que foi maculada????Você simplesmente não pode dar as costas a tudo isso, você não pode sair em defesa destes nepotes,e, esta cambada que estão aí no desgovernado governo de merd…..Quero ver se tu urtigão vai ter cara de enfrentar a tua militância,vai ficar contra o gosto dos seus a favor destes e seus asseclas,ou vai se tornar um deles.
    Urtigão ,toma vergonha na cara,lembre que vai rachar a militância e você vai ficar com os trairas do Duce e do Panssutão….QUE NÃO VÃO CONSEGUIR TE ELEGER,NEM O PT O POVO DO NOSSO PARANÁ NÃO OS ACEITA….
    FFFFFFFFOOOOOOOORRRRRRRRAAAAAAAA COM ELES,AGORA É A NOSSA VEZ……..FICARAM MAIS DE SETE ANOS CONSCUTIVOS E SOMENTE FIZERAM MERD…

Comente