Uncategorized

Justiça do PR concede a guarda do filho de Eliza à mãe

Do G1. Foto: Reprodução-TV Globo

A mãe de Eliza Samudio, Sonia Fátima Moura, conseguiu, nesta quinta-feira (8), a guarda provisória do neto de 4 meses. A informação foi confirmada pelo advogado Sérgio Barros da Silva, que representa o pai da jovem, Luiz Carlos Samudio. Ele tinha conseguido a guarda da criança na segunda-feira (5), na Justiça do Paraná.

Segundo ele, a criança está na casa de Luiz Carlos, em Foz do Iguaçu (PR). A mãe de Eliza deve sair de Minas Gerais até a cidade paranaense para buscar o neto.
O pai de Eliza Samudio, tinha conseguido a guarda do neto na segunda-feira.

A informação da alteração da guarda provisória da criança também foi confirmada pela advogada de Sônia, Tássia Borges. Segundo ela, a decisão foi tomada pelo juiz Guilherme Cubas César, titular da Vara de Família de Foz do Iguaçu.

De acordo com o advogado de Luiz Carlos Samudio, o magistrado é o mesmo que havia concedido a guarda da criança para o avô. Nenhum dos advogados explicou os motivos apresentados pelo juiz para alterar a guarda provisória do bebê.

A mãe de Eliza Samudio já havia dito ao G1, que pretendia pedir a guarda do neto. “Quero resgatar aquilo que me foi tirado tempos atrás, porque não pude ter minha filha ao meu lado. Quero reconstituir isso. É um direito meu como mãe e como avó”, disse Sônia, que mora em Mato Grosso do Sul.

Sônia disse que deixou Foz do Iguaçu em 1994, anos depois de se separar de Luiz Carlos. “Depois disso, Eliza chegou a morar comigo por três anos, mas estava em São Paulo já há seis anos”, disse ela.

14 Comentários

  1. Pitada de Pimenta Responder

    Ouvi do próprio pai de Eliza q a mãe não a via desde os 15 anos de idade e que a mãe “verdadeira” dela é a atual esposa de Luiz Claudio, que criava Eliza desde os dez anos… Agora fica fácil querer a criança para, de repente, repetir o mesmo erro…

  2. Desanimado com o Brasil Responder

    Como essa criança ficou amada pelos avós do dia para a noite… Todos a querem. Será que é por causa do salário do goleiro R$ 260.000,00 por mes? Se for, essa criança corre o rsico de ir parar numa favela, porque o goleiro já era como jogador e quando sair da cadeia ele nem em time de varzea vai conseguir jogar e com certeza o salário dele vai virar uns R$ 600,00 por mes e assim, vai acabar o amor pelo herdeiro. Jogador de futebol enquanto tem idade e talento vive como um rei mas se não souber investir o seu dinheiro, em pouco tempo vira um favelado até porque com raras exceções eles são semi analfabetos. E se esse goleiro tinha um pouco de dinheiro, com certeza os vampiros do direito vão tomar tudo dele.

  3. NUNCA VI UM CHORORO TÃO FALSO QUANTO O DESSA MULHER. MAS ACHO QUE AINDA É A MELHOR OPÇÃO PARA A CRIANÇA. A MAIOR VÍTIMA DE TUDO ISSO.

  4. Por quê, “vampiros do direito”, “desanimado com o Brasil”? Por um crime destes, vc acha que um Advogado vai cobrar quanto, para ter a sua imagem vinculada a um ser destes? R$ 510,00?Geralmente o pessoal tem mania de falar mal de advogados: não fazem as coisas direito, ou fazem m…, e acham que advogado tem que resolver tudo! As leis são feitas por representantes que vocês elegem, lembre-se disto, e os culpados são vocês, o Advogado apenas a utiliza em defesa de seu cliente!

  5. A Eliza não era filha do marido da mãe. O marido é acusado de estrupar uma sobrinha de apenas 10 anos. A mãe não via a filha há 10 anos. O pai mandou matar a mãe do menino. Coitado desse menino.

  6. Este neto esta mto requisitado por aqueles que nem se interessavam por ele.Será o dim dim do Bruno???

  7. se acriança que é inocente,foce pobre,ou filho de pobre iria prá creche, eu tenho pena é da criança.

  8. Acho que o interesse não é no dinheiro de bruno, mas sim nos bens que possui, e se for verdade no que o pai de Eliza disse, que a mãe de Elisa já abandonou outro filho em São Paulo, isto seria o fim para o pobre bebê. Tem que ser investigado e se for verdade, nenhum dos dois podem terem a guarda da criança.

  9. E SE O FILHO NÃO FOR DO BRUNO????COM CERTEZA ESSA MULHER VAI COLOCAR A CRIANÇA EM UM ABRIGO…..

  10. CIDADÃO IGUAÇUENSE Responder

    Quanta asneira! O Pai da desaparecida Eliza está recorrendo, mais uma vez, para que não se cumpra a sentença de 8 anos por suposto estupro de outra filha. Não é arquiteto coisa nenhuma e nem tem nenhuma empresa ou mesmo emprego aqui em Foz, diferentemente do que se diz.

    A mãe de Eliza deixou ele quando a desaparecida tinha 3 anos, porque não aguentava mais tomar porrada e por medo das ameaças do pai de Eliza que já foi preso por outros motivos. Ela nem queria vir a Foz por medo dele, mas o Juiz exigiu isso para entregar a criança a ela, depois que deram uma mdida cautelar para o tal avô sem que se examinasse a olha corrida do elemento. Como pode?

    Na ausência da mãe (no caso Eliza), quem mais próximo pode se aproximar do que se espera de uma màe é uma avó materna, portanto nada mais acertado do que a guarda para a mãe de Eliza Samudio.

    Para quem não sabe, e fica fazendo conjecturas infundadas sem o mínimo respeito pela sagrada instuição chamadä família, a declaração de renda da avó que recebeu a guarda do bebê consta dos autos da demanda judicial e nela está clara que ela possui condições de sustentar o neto e mais, a avó, diferentemente do tal avô que se diz “arquiteto, a mãe da Eliza Samudio possui vida ilibada.

    A mãe de Eliza Samudio vai exigir exame de DNA para comprovação ou não da paternidade do “goleirão” (sobre quem ninguém aqui comentou nesta nota do Campana…) ela nao quer e não precisa da pensão para criar o neto.

    A Sra. Sonia Moura, que merece mais respeito, disse que torce para que o menino não seja filho dele, pois não quer que a criança tenha que enfrentar no futuro o fato de ser filho do flamenguista, até porque já será bastante trágico para a criança quando souber o que aconteceu com a mãe…

    Detalhe: vocês sabem o que acontecia com a Eliza Samudio desde os nove anos quando vivia com o pai condenado por estuprar a outra filha? Tentem imaginar, nào deve ser muito dificil saber nem para os cerebros menos previlegiados que escreveram as asneiras postas nesta nota do Blog…

    Talvez entendam porque a garota saiu de casa aos 13 e teve a vida e o fim que teve. Será que Eliza Samudio merece o que aconteceu com ela? E o bebê, estaria melhor numa instituição qualquer do que com a avó que tem uma nova família constituída, trabalha e não é bandida e nem responde a processos?

    Saibam que a mãe da Eliza não irá pedir pensão para o Neto, mesmo que ele seja filho do goleiro do Flamengo, ela é enfática quando diz que não precisa e não quer dinheiro vindo do flamenguista. O garoto, caso seja filho do provavel algóz da mãe, tem direito ao dinheiro de uma pensão? Se tem, o Juiz que ponha numa conta vinculada para uso somente dele quando for maior, é o que seria mais correto.

    Por fim, mais útil seria que os desiformados dedicassem mais tempo a comentar sobre o Requião ter virado Osmar desde criancinha ou outro assunto do genêro…

  11. Faço minhas as palavras do Marcão e do Cidadão Iguaçuense..

    O povo é muito ingrato com os advogados.. Só sabem falar m…. dos advogados, mas quando o bicho pega, quem ajuda é quem, o juzão, o político? Nao, sempre um advogado… E você cobra barato pelo seu serviço?? Quer que advogado trabalhe de graça né espertão…

    E outra: isso é assunto delicado… Vão cuidar das suas vidas, ao invés de julgar a família da desaparecida. Vocês gostariam de ver comentários maldosos caso ocorresse um assassinato na sua familia? Creio que não né…

    Então freiem suas línguas ferinas, mentecaptos!

  12. por que os jornalista não divulgam tambem que essa tal eliza
    era uma prostituta chantagista e golpista o bruno não presta
    mas ela tambem não valia nada ele pelomenos trabalhava e ela
    que vivia atraz de dar o golpe da barriga coitadinha engravidou de
    inocente,voces acreditam nisso,pois eu não.

  13. eu torço pelo o bruno mesmo ele errado isso e uma lição
    para ele nunca mas se envolver c/essas prostitutas.

  14. Acredito que nada é motivo para que a vida de alguem seja tirada, O Bruno não tem direito mesmo se tradando de uma prostituta como esta sendo dito, a vida é dom de Deus e somente ele decide quando ela deve acabar.
    Prostitutas, assasinos, estrupadores, golpistas, mães que abandonam seus filhos, cabe a justiça brasileira julgar e condenar, quem aqui quiser condenar e julgar que faça faculdade de direito e preste cocurso púlblico.

Comente