Uncategorized

Justiça multa programa de MacDonald por propaganda irregular

O juiz auxiliar Luciano Carrasco, do Tribunal Regional Eleitoral, condenou a Rádio Comunicadora de Foz do Iguaçu a pagar uma multa de R$ 21 mil por propaganda irregular para Osmar Dias e Dilma Roussef. A infração eleitoral foi cometida durante o programa do prefeito de Foz, Paulo MacDonald Ghisi, no dia 10 de julho.

Na decisão, o juiz destacou que o programa do prefeito MacDonald Ghisi desrespeitou a legislação eleitoral ao “difundir opinião favorável a candidato, partido, coligação a seus órgãos ou representantes, sob pena de multa”.

13 Comentários

  1. Apareceu um juiz eleitoral sério para coibir a vergonha que está a propaganda irregular nos meios de comunicações paranaenses. Espero que seja o início da moralização e do equilíbrio na eleição.
    Beto Richa tem sido atacado nas rádios e jornais na região e ninguém faz nada. Parabéns juiz eleitoral de Fóz do Iguaçu.

  2. Isso é um tranqueira!
    Vive rindo da cara dos outros e adora a truculência do Osmar!

  3. Estas coisas sempre aconteceram. A verdade é que quem não faz comumente perde a eleição, porque o outro faz. Uma questão de critério na interpretação da lei por um lado mas de cultura por outro, queiramos ou não. Paulo, que não é candidato, deu sua opinião. O outro lado pode responder, se desejar.

  4. JOCELITO SEM NOÇÃO Responder

    E OLHA A CARINHA DE SANTO DO RONALD MC DONALD! MAS AINDA PREFIRO BURGER KING.

  5. Duval Simões Araújo-Londrina Responder

    Parece que um juiz eleitoral saiu da letargia e resolveu agir de forma exemplar contra político e meio de comunicação que burlaram a lei eleitoral. Espero que agora comece a ocorrer por todo o Paraná, pois é vergonhosa a forma que TVs, rádios e jornais fazem propaganda, promovendo candidatura e por outro lado critica outra, evidentemente por muito dinheiro que têm recebido.
    Queremos uma eleição limpa e com igualdade de condições para os candidatos, como deve ser na democracia e como se observa no mundo livre e civilizado. Quem já detém apoio dos governos federal e estadual, ambos usando ilegalmente usando recursos públicos em campanha, não pode usar recursos que lhe sobram por isso, para comprar toda a imprensa.

  6. CAÇADOR E PETISTAS Responder

    CADE A IMPUGNAÇÃO A CANDIDATURA DESTA FORA DA LEI CHAMADA DILMULETA?

    HOOOOOOO TSE, QUANDO VOCÊS IRÃO FAZER VALER AS LEIS ELEITORAIS.

    FORA QUADRILHA DO PT / MST
    JOSÉ SERRA – PRESIDENTE
    BETO RICHA – GOVERNADOR

  7. Pela forma que RPC/Gazeta agiu essa semana nos noticiários, de forma quase imparcial, se preparem que a pesquisa fraudada no ibope está sendo preparada para ser divulgada.
    Explico: Porque tanto interesse da Rede em fazer pesquisas eleitorais tão seguidas no Paraná, pois fez uma a dez dias? Certamente quer viabilizar alguma candidatura que está em desvantagem, com propaganda através de pesquisa oficial…
    A coligação de oposição aos governos que alimentam esses meios de comunicação devem conseguir informações nas agências que pagam publicidade oficial, nem que seja pela via judicial, para saber quanto receberam nos últimos dois anos dos seus financiadores governamentais.
    Do governo do Estado só o que foi recebido pós-entrada de Pessutti já e suficiente.
    Acho que o povo vai querer saber no horário eleitoral.
    E o MP também.

  8. Ufa! pensei que teriam que subir o preço do hamburger, para compensar o prejuízo da multa.

  9. Com certeza não foi o juiz que ouviu o programa e sim os adversários políticos que devem ter feito denuncia e infelizmente não o fizeram para o bem do povo e simplesmente com a intenção de prejudicar os candidatos. Isso que eu chamo de desrespeito, as pessoas sentem prazer em prejudicar ou sentem felizes com os erros dos outros. Como poderemos ter um país melhor com governantes decentes se contunuarem com esta mentalidade?

Comente