Uncategorized

Dólares sem origem perseguem a família Requião

O ex-governador Roberto Requião é um político que se diz de esquerda e que garante se guiar pela Carta de Puebla, aquela que proclama a opção preferencial pelos pobres. Requião também alega ser inimigo mortal do imperialismo ianque, da ditadura dos mercados e do capital vadio. Toda essa ideologia não tem evitado que o candidato ao Senado pelo PMDB se veja envolvido, com alguma frequência, em episódios constrangedores relacionados com dólares americanos.

O último caso explodiu há cerca de 20 dias. Foi quando se descobriu que o irmão do ex-governador, Eduardo Requião, que foi superintendente da Appa, teve US$ 180 mil em espécie roubados de seu apartamento. O inquérito mostra que no dia 15 de setembro de 2009 Eduardo procurou o Cope para denunciar o roubo. Os dólares teriam sido furtados pela empregada doméstica de Eduardo. No dia 3 de novembro do ano passado ocorreu um acordo entre capital e trabalho. A empregada assinou um termo de transação para reparação de dano, onde se comprometeu a transferir para Eduardo Requião bens adquiridos com o produto do furto. O acordo levantou dúvidas sobre o real valor surrupiado. A empregada se comprometeu a devolver o equivalente a mais de US$ 300 mil. A diferença seria uma reparação aos danos morais sofridos por Eduardo.

Outro episódio relacionando Roberto Requião com dólares chegou ainda mais próximo do ex-governador. Em 1999 Maristela Quarenghi de Mello Silva, mulher de Requião, foi investigada pela Polícia Federal por remessa ilegal de dólares para o exterior. Maristela teria enviado ao exterior, através de doleiros e laranjas US$ 210 mil. Quando o caso estourou na revista Veja alegou-se que o dinheiro, em reais, teria origem em uma herança. A forma suspeita como o dinheiro foi convertido em dólares – através de doleiros e sua remessa para fora do Brasil por meio de laranjas – motivou um inquérito da Polícia Federal. Maristela prestou esclarecimentos por escrito à Polícia Federal, em Curitiba em 13 de setembro de 1999.

Quem ainda precisa explicar como se tornou possuidor de dezenas de milhares de dólares sem origem estocados em casa é Eduardo Requião. A promotora Ângela Domingos Calixto pediu à Justiça para notificar Eduardo Requião para que explicasse a origem dos dólares em espécie. Em 21 de janeiro deste ano, a juíza Luciane Ludovico, da 5º Vara Criminal de Curitiba mandou intimar Eduardo para apresentar “documento referente a compra dos dólares para apurar o exato montante subtraído”, mas desde então o ex-superintendente não é mais encontrado pelos oficiais de Justiça que tentam lhe entregar a intimação. O Banco Central permite que qualquer cidadão vá a uma casa de câmbio e compre até US$ 10 mil sem precisar justificar o que vai fazer com o dinheiro. Acima desse valor, é preciso declarar a finalidade da troca e explicar origem do dinheiro.

42 Comentários

  1. “Carta de Puebla” Puebla que se fo.. o negócio é U$ no armário!!!
    Esses Requiões acham que estão acima da lei, Veja todas as falcatruas dos 3 irmãos e o sobrinho João Arruda que matou 2 inocentes quando estava dirigindo bêbado!!
    ACONTECEU ALGUMA COISA CONTRA ELES?
    NADA?
    Quem pode dar a resposta somos nos eleitores!!
    DIGA NÃO A FAMILIA REQUIÃO!

  2. DIGA NÃO A FAMILIA REQUIÃO!
    DIGA NÃO A FAMILIA REQUIÃO!
    DIGA NÃO A FAMILIA REQUIÃO!
    DIGA NÃO A FAMILIA REQUIÃO!
    DIGA NÃO A FAMILIA REQUIÃO!
    DIGA NÃO A FAMILIA REQUIÃO!
    DIGA NÃO A FAMILIA REQUIÃO!

  3. VOVÓ NANA É UM FALSO MORALISTA!…
    QUE VERGONHA!!! HEIM!!!
    SE FOSSE VÇ DUDU NÃO ANDAVA MAIS NAS RUAS DE CURITIBA
    COMO VAI PODER ENCARAR ALGUÉM NA BOCA MALDITA
    PESSOAS QUE VÇ DESCONFIOU ALGUM DIA…ALIÁS DESCONFIANÇA É A SUA MARCA REGISTRADA
    PORÉM O ÚNICO A SER CUIDADO É VÇ…
    QUEM TE CONHECE NÃO TE COMPRA
    VÇ NÃO VALE UM FILET DO VISCONDE
    DISSIMULADOR

  4. Será que o Naná trouxe aqueles armários do escritório do Paraná em Brasília para guardar os dólares?

  5. E onde a empregada teria arrumado os outros 120 mil dólares, ou seja a diferença entre 300 mil devolvido e os 180 mil dólares surrupiados. Isso me cheira mancomunação para legalizar dinheiro
    sujo!

  6. Vigilante do Portão Responder

    Houve outro caso envolvendo Dollares protagonizados pela família Requião.

    A compra do apartamento de Paris, foi feita com dollares de uma “suposta herança” recebida por Da. Maristela.

    Lembrando que a compra da moeda estrangeira, deu-se através de “doleiro” numa operação, no mínimo suspeita.

    Para quem defende o “nacionalismo”, aceitar que o Mano DUDU tenha Dollares guardados e que a esposa adquira um apartamento em Paris, não fica nada bem.

    Deve ser uma nova versão da “Carta de Puebla”…. kkkk

  7. 180.000 DÓLARES É UMA NINHARIA PERTO DO QUE O PESSOAL MOVIMENTA POR AÍ. PORQUE NÃO FAZ UMA REPORTAGEM MAIS AMPLA?

  8. politico canalha como o requiao chama essa turma que tem dolar e nao saber dar explicaçao da origem tem que se ralar,o requiao chama essa turma de bandidos do cofre ………… e agora a mulher de 210,00 como ele chama essa mulher, será que da mesma forma que eduardo chamou a empregada que pegou os dolares no armario. o ruin que cadeia é só pra pobre. os ladroes estao é com muito dolares. e ninguem meche senao fede. na musica do dicró em 1980, alguem lembra., si grita pega lad……… nao fica um meu irmao. como dorme essa raça. se foce pobre já estava em cana pra depois tentar explicar, mais o terceira idade ta gastando trangulilho. os dolares .. se é realmente crime cadeia neles.

  9. Piá Curitibano Responder

    Segundo figura de retórica do ex-governador:
    Deve ser responsabilizado “o dono do cachorro” e não o animal cujo instinto é pegar o que lhe interessa.
    E, nesse sentido, o dono do cachorro que guardava o$$os no armário é o Ex- governador.

  10. Esqueceu de mencionar aqueles 400 mil de capital assumidamente vadio que dorme no colchão do próprio Requião.

  11. O Sr Campana dissse a coisa mais certa que se poderia esperar, “O ex-governador Roberto Requião é um político que se diz de esquerda e que garante se guiar pela carta de puebla, aquela que proclama a opção pelos pobles. Reiquião alega ser inimigo mortal do imperialismo ianque, da ditadura dos mercados e do capital vadio.”

    Eduardo, irmão do Rei-quião deveria ter tomado, há muito tempo, a iniciativa de comprovar ao Ministério Público a origem do capital vadio na sua residencia. Por que até o hoje não o fêz?

  12. Beware of the Galheta Channel, my dear Uatson ….

    (tradução livre: acautele-se com o Canal da Galheta, meu caro Uatson …)

  13. Vocês é que estão maldando. O Naná estava estocando esses dólares para distribuir para os pobres da Carta de Puebla.

  14. O Naná e o Requião gostam de dólares por causa da frase: In God We Trust… dólares não são incompatíveis com a Carta de Puebla.

  15. Vocês tem inveja da poupança reunida honestamente pelo eduardo, com o suor de seu rosto. o esforço foi tamanho que o cabelo encaneceu.

  16. Bando de invejosos! Reclamam porque vcs só tem esqueletos no armário… tem ciúmes do Naná que tem uma coleção de verdinhas de matar de injeva…

  17. Esta famiglia sofre da síndrome dos imbroglios não resolvidos , ou mal resolvidos. Sempre tem um novo insistindo em aparecer. E é mais um que fica sem explicação. Esta famiglia só vai se resolver no dia que um deles se transformar em cidadão comum, ou seja, perca o fôro privilegiado, aí sim as coisa começam a se resolver. Do contrário, fica tudo como está e sempre esteve, sem respostas e sem explicações. Talvez seja por isto que um dos seus membros seja psicanalista, fica mais fácil para tentar entender os demais. Mas outubro está quase aí, e, dependendo do resultado das urnas, a famiglia encontre um fim para os seus dramas existências, E fiscais também. ACarlos

  18. Requião é hipócrita, um falso moralista. Mas, infelizmente, ainda tem voto, tem a preferência dos incautos, ingênuos, ignorantes. E do pessoal humilde dos grotões, gente honesta, trabalhadora, que se deixa enganar por este fanfarrão.

  19. Roberval: O mesmo que o Neto do Brasil, comprando fazendas, boiadas e participação em empresa de telefonia. Tu é inocente ou queres se fazer de….?

  20. Pois é!… Uma mulher pobre, se não me engano em São Paulo, tomou meses de “galera” por ter roubado um tablete de Margarina…
    Acontece que na “LEI”, é proibido roubar galinha, margarina, enquanto “dólares” É PERMITIDO?
    AFINAL…. Os irmãos metralhas AINDA ESTÃO SOLTOS?
    Com a palavra o MINISTÉRIO PÚBLICO DO PARANÁ, A POLÍCIA FEDERAL… (SERÁ QUE AS INFORMAÇÕES DOS JORNAIS AINDA NÃO CHEGARAM ATÉ ELES?)
    FICA A DÚVIDA!
    IMPRENSA CANALHA NÃO DIVULGA NOTÍCIAS DE FORMA DIRIGIDA…

  21. O Naná levou tempo para se tocar que havia sido roubado porque pensou que empregada tinha levado o dinheiro para lavar.

  22. Aló Ricardo Barros e Gustavo Frueti. BATE mais BATE neste Requião.
    Por favor nos livre desta aftose.
    Afinal o Paraná esta livre?

  23. Fabio, vc que è um cara com amigos na PF e MPF diga a eles que parem de perder tempo e vamos direto a fonte dos dolares do Dudu.
    O nome do cara è ANDRE CANSIAN diretor tecnico do porto de paranagua que o DUDU colocou em 2006 com a obra de reforma do predio administrativo da APPA e continua ate la hoje trabalhando pro PESSUTI!
    Afinal o cara è filho do secretario da comunicacao do gov!!
    Vamos parar de perder tempo!
    Pergunta indiscreta, pq o Pessuti deicou o cara do Dudu no porto ate hoje? pq alem de ser filho do secretario, deve estar enchendo OUTROS armarios….

  24. Como uma mulher que ganhava R$ 800,00 por mês conseguiu economizar US$ 120 mil para ressarcir o dano moral do Naná?

  25. A candidatura do Mamonão realmente deve estar afundando, pois até o Roubanelli diz ser Richa desde criancinha, Se é Richa é Fruet, é Barros……….é Lerner.

  26. E ainda tem gente perguntando o que é que o requião tem a ver com os dollares do cotonete maluco. Tenho quase certeza que os dolares no armário do naná foram aqueles que não couberam no armário do maria louca.

  27. 1. Que investiguem também os dólares que a doméstica não investiu – a assumir o tempo que requiãozinho levou para perceber a pseudo roubalheira, a pilha do que ficou deve ser enoooooorme.

    2. Quanto será que ela cobra para ser minha assessora de investimento? eu tenho 5 mil na poupança, a doméstica fácil fácil conseguirá triplicar esse valor – como fez com os dólares do requiãozinho.

Comente