Uncategorized

Generalista nas propostas, Beto “bate”
o técnico Osmar

Carlos Eduardo Vicelli da Gazeta do Povo

Em encontro para apresentar projetos para a educação a dirigentes municipais do setor, o tucano foi mais genérico que o pedetista, mas recebeu mais aplausos

Os dois principais candidatos ao governo do Paraná, Osmar Dias (PDT) e Beto Richa (PSDB), apresentaram ontem, em Curitiba, suas propostas para a área de educação. Elas foram recebidas de forma bem diferenciada por uma plateia de secretários de Educação de 150 cidades paranaenses, em um evento organizado pela União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação no Paraná (Undime-PR).

As ideias de Osmar, apresentadas de forma mais técnica, foram recebidas com certa frieza. Já o tucano, que adotou uma linha generalista nas proposições, deixou a sala de conferências do hotel em que o encontro foi organizado aplaudido de pé. Isso depois de ter sido recepcionado com entusiasmados gritos de “meu governador”.

O candidato a governador Osmar Dias (PDT) intensificou nos últimos dias a estratégia de tentar associar sua imagem à da candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, e de fazer promessas de que ela o atenderá em reivindicações federais.

Adversários trocam alfinetadas

Além de usar os 40 minutos a que tiveram direito para tentar convencer os 150 secretários no evento da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação no Paraná (Undime-PR) de que são os mais preparados para governar o Paraná, Beto Richa (PSDB) e Osmar Dias (PDT) trocaram farpas entre si. Mesmo discursando em momentos distintos, os candidatos não esqueceram da campanha paralela, a que visa a minar o concorrente.

Osmar usou os 40 minutos a que teve direito para detalhar sua proposta de campanha para o setor. Prometeu, entre outras coisas, implantar o ensino em tempo integral em 800 escolas do estado, levar a educação para mais perto da população como forma de diminuir o valor gasto com transporte, universalizar a internet por meio da rede de fibras ópticas da Copel, além de ressaltar a importância de um plano de carreira para todos os professores. “Vocês serão recebidos semanalmente por mim se assim decidirem”, declarou, recebendo aplausos.

O pedetista fez ainda diversas referências durante o evento à petista Dilma Rousseff, candidata à Presidência da República e importante cabo eleitoral na dispu­ta pelo Palácio Iguaçu. Ga­­rantiu que irá aumentar consideravelmente o número de creches no Paraná, baseando-se no projeto da petista, que pretende construir 6 mil unidades no país durante seu mandato – 1,5 mil por ano. “Já falei para a Dilma que, para cada creche que ela fizer no Pa­­raná, eu faço outra”, disse. “Se alguém pode garantir algo em relação a parcerias com o governo federal esse alguém sou eu, que tenho o seu apoio. Serei eu que poderei entrar pela porta da cozinha da casa da presidenta”, emendou.

Na sua vez de falar, Richa preferiu caminhar em outra direção. Voltou no tempo para lembrar os feitos alcançados por seu pai, José Richa, durante o período em que administrou o Paraná (1982-1986). “O compromisso com a educação para mim não é peça de retórica. É a minha grande prioridade, assim como foi no governo do José Richa. Foi ele quem instituiu, por exemplo, o 13.º salário para os professores”, ressaltou. A lembrança lhe rendeu ainda mais a simpatia do público.

Para falar do futuro, o tucano também recorreu ao passado. Disse que irá levar para o estado programas que “comprovadamente já deram certo em Curitiba” durante sua passagem pela prefeitura, entre 2005 e março deste ano. Disse ter contratatado 7 mil professores, dado aumento de 85% nos salários no período, promovido um programa de inclusão digital e instalado quadras cobertas para receber as famílias nos fins de semana – forma de diminuir a violência nos bairros. “Por isso que Curitiba, pela terceira vez consecutiva, tem o melhor desempenho entre as capitais no Ideb [Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, indicador do ministério da Educação]”, comentou, antes de pedir o voto de confiança dos secretários.

17 Comentários

  1. FISCAL DE REALEZA Responder

    O PROBLEMA É QUE O BETO APRESENTA MAIS PROJETOS ISSO NOS NÂO DISCUTIMOS
    SÓ QUE ENTRE FAZER PROJETOS E CUMPRIR A DISTANCIA É LONGE
    É SÓ VER O QUE ACONTECEU NA PREFEITURA DE CURITIBA
    PARA PREFEITO ELE APRESENTOU PROJETOS QUE ENCHEU 42 FOLHAR DO JORNAL IMFORMATIVO DE CAMPANHA
    SE NOS PEGARMOS E ANALIZAMOS HOJE
    ELE Não CUMPRIU NEM 10%DAS PROPOSTAS
    PORTANTO PROPOSTAS NÂO RESOLVE OS PROBLEMAS

    HA SE PROPOSTAS ADIANTASSE AS RUAS DE CURITIBA NÂO ESTARIAM ESSA VERGONHA
    RUAS DE CIDADES DO HAITI ATÉ LA EM CARACAS NA VENEZUELA É MELHOR QUE AQUI
    E FALO COM CERTEZA POIS ESTIVE LÁ A DUAS SEMANAS E ANDEI BEM POR LÁ

    ANTES QUE FALEM BOBAGEM NÂO FUI VER O CHAVES

  2. TÁ NA CARA… OSMAR EM RELAÇÃO AOS PROFESSORES E A EDUCAÇÃO SEGUE O LEMA DO MANO “”””É PAU, É PEDRA….

  3. Antonio C C Marques Responder

    Quem generaliza, não fala nada…OSMAR GOVERNADOR…PROFESSOR QUE TEM MEMÓRIA NÃO EM ALGUÉM APOIADO POR VALDIR ROSSONI…PSDB NUNCA MIAS…

  4. Duval Simões Araújo-Londrina Responder

    Foi um banho. Falei com um professor que estava presente e Beto empolgou os professores que lhe aplaudiram de pé. Osmar foi um fiasco. Uma frieza total. Também os professores lembram o jeito da Família Dias de tratar os professores. É no casco dos cavalos da PM!

  5. Eu estava lá, e não vi isso, na verdade o playboy só falou dele e não fez nenhuma proposta ao contrário do Osmar que sem saber que teria que responder algumas perguntas mostrou firmeza e propostas.

  6. Estive neste evento e gostaria de saber:
    1 – a secretária Yvelise e seus cargos de confiança (todos pagos com dinheiro público) estavam lá com o uniforme de campanha do Osmar em pleno horário de trabalho. Até infrigiram as regras do evento e distribuíram material de campanha aos secretários participantes. Eles estão de férias ou licenciados?
    2 – o que será que o Osmar Dias gritava e gesticulava com a secretária Yvelise antes de entrar no carro após o evento?

  7. Propostas generalizadas é típico de um governo neoliberal, pois fala de tudo e não se compromete com nada, é isso que o então candidato Beto Richa vem fazendo, a educação não pode ter generalização e sim especificações de como o governo vai atuar, que ele seja mais específico nas suas propostas referente a educação, por isso eu ainda sou favorável aos termos técnicos, pois assim compreende-se o que o candidato quer fazer de fato, o que realmente vais fazer pela educação do Paraná.

  8. prova de que ele Beto Richa 45 é o que esta muitos mais muito mais bem preparado para Govenar o Paraná.

  9. Beto precisa dizer as suas verdadeiras propostas para a Educação e desmentir se a equipe do Lerner está com ele na Prefeitura ou não e se seguirá a “brilhante” ideologia do Jaime e deixar os professores sem aumento durante os dois mandatos e acabar com a educação profissional.
    Sou professor e coordenador de cursos e acredito que ele deve se pronunciar a respeito
    No aguardo, meu e-mail é infeduc@infeduc.com.br

    Ah se algum candidato a deputado estadual ou federal quiser mandar suas propostas é so enviar um e-amil

    Att

    Prof Carlos Ortega
    Porecatu – PR

  10. O Povo do Paraná Responder

    Beto Richa com Propostas concretas em todas as áreas para o Novo Paraná, ao passo que Osmar só patina e não sabe o que fala!
    Os paranaenses estarão muito bem representados com BETO a frente do estado do Paraná. Acredito muito em sua Administração descentralizada e nas novas Propostas para a Educação.
    Dá-lhe Beto Richa, nosso futuro governador!!!!!

  11. o beto e um impostor votem nele depois vao ver ate o lerner em uma secretaria ou ja esqueceram que o garoto do pentiado bonito defendeu e acobertou o mpai politico enquanto era deputado9

  12. Para quem foi diretor de escola o barba branca perdeu ótima oportunidade de brilhar. Foi tentar ensinar o pai nosso aos vigários. O pessoal da Educação não precisa de dados técnicos, isto eles já tem, eles querem idéias, propostas novas. O barba branca está ficando como a aliada dele, que fala como se todos fossemos criancinhas, e só o presidente estivesse certo. ACarlos

  13. Jacinto Vitoria Responder

    Se Beto Richa esta tao na frente nas pesquisas como dizem seus afetos porque tanto desespero que leva a diversas mentiras de seus coreligionarios?

  14. Que candidato é esse , que afirmou categiricamente que não sairia candidato a governador quando estava pleiteando a prefeitura de Curitiba. Como acreditar se não cumpre suas promessas. E como vai ficar a educação estadual, igual a municipal , que esta uma vergonha. Só se for pra acbar com a educação. Povo páranaense pense certo
    vote direito,
    Beto Riccha não é solução é retrocesso

  15. Um dos maiores contrasenso da educação básica estadual do Paraná, no governo anterior, foi criar um nível 3 – PDE e não aceitar a elevação a esse nível, de quem tem mestrado em uma universidade estadual do Paraná(do próprio governo) ou outra registrada no MEC do Brasil; indo na contra-mão dos planos de cargos e salários de qualquer instituição de ensino superior no Brasil, em que o mestrado e o Doutorado é aceito como condição normal de transposição de um nível para outro mais elevado. Espero que o governo estadual que está iniciando reveja essa questão, no menor tempo possível, e reformule o PDE para o bem da educação paranaense.

Comente