Uncategorized

Lupi admite que ajudou a “implodir” Álvaro Dias

Reportagem publicada hoje no portal da Revista Exame revela novos detalhes da articulação em que se envolveram o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, e o senador Osmar Dias para implodir a candidatura do irmão deste, Álvaro Dias, a vice-presidente na chapa de José Serra. Confira a seguir:

Ponto eletrônico dificulta continuidade de Lupi no ministério do Trabalho

por Angela Pimenta

Apesar do imbróglio causado pela criação — e posterior suspensão pelo presidente Lula — de uma portaria obrigando as empresas a adotar o ponto eletrônico na aferição da jornada de trabalho dos funcionários, o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, do PDT, já se movimenta para permanecer no cargo num eventual governo Dilma Rousseff.

Hoje, o principal trunfo de Lupi junto a Lula e Dilma é a gratidão de ambos por sua atuação decisiva na campanha, tendo trabalhado para convencer seu colega de partido e senador Osmar Dias, a se candidatar ao governo do Paraná.

Através dessa manobra, arquitetada por Lula, Lupi ajudou a implodir a candidatura do senador Álvaro Dias, irmão de Osmar, que seria vice na chapa do tucano José Serra.

Mas por outro lado, em função do ponto eletrônico, Lupi, um sindicalista de carreira, acabou se desidratando tanto com Lula, quanto com Dilma – para não falar do setor privado.

Na bolsa de especulações sobre o futuro do ministro, diz-se tanto que ele poderia continuar à frente do ministério, como ser removido para uma pasta com menos visibilidade — e menor potencial de atrito com o setor empresarial.

Se Dilma ganhar a eleição e se Lupi permanecer no cargo, certamente ele irá insistir pela entrada em vigor do ponto eletrônico, agora prevista para março.

Tal cenário implicaria uma bela trombada entre o Planalto e o setor privado, logo no início do novo governo.

Mas se Lupi não estiver no ministério, a ideia do ponto eletrônico obrigatório poderia simplesmente caducar…

14 Comentários

  1. Ele demonstrou ser um arquiteto da traição, Osmar foi capaz de trair o irmão Alvaro, os antigos aliados e companheiros, mas principalmente traiu a confiança do Povo do Parana, que não lhe perdoaram por sua atitude, pois sua união a Requião e a Petezada o condenou a maior derrota eleitoral de sua vida, ele perdeu a confiança, credibilidade, identidade, e agora esta pagando o preço por sua desastrosa atitude!!! Sua ambição lhe custou muito caro e por mais especulação que se fale sobre “vantagens econômicas” tenha recebido não resgatara sua credibilidade e brilho apagado!!!

  2. Mas todo mundo sabe. O Osmar não existiria sem
    o Álvaro. Se elegeu senador porque o Álvaro o impôs
    em 1994. e foi carregado sempre pelo Álvaro.
    Sem o Álvaro, Osmar não se elege deputado estadual
    Confiram.

  3. Como distorcem a realidade hein? O Sen. Alvaro Dias e seu irmão Osmar Dias foram traídos pelo Beto Richa, o primeiro porque deixou o Beto tomar conta do partido e nem convenção houve, e o segundo porque tinha um pacto com o tucano Beto da eleição passada em que o Beto prometeu apoiar o Osmar prá governador nesta eleição e não cumpriu. Além do mais o Sen Alvaro Dias foi traído pela turma demotucana nacional e perdeu a candidatura a vice-presidencia, e ainda continua apoiando essa turma que o traiu, então merece tambem o ostracismo como seu chefe Zé Chirico Serra a partir de 3 de outubro.

  4. 26/08/2010 | 16:50

    Dilma teria usado ‘ponto’ em comício

    A candidata a presidente pelo PT, Dilma Rousseff, foi fotografada em Campo Grande, segunda-feira, utilizando um adorno no ouvido, além dos brincos. Trata-se – segundo noticiou um blog local, assinado por Valdrido Silva – de um “ponto eletrônico”, que permite a quem o utiliza ouvir instruções de outra pessoa, talvez um assessor ou assessora.

    vejam a excrescência

    http://www.claudiohumberto.com.br

  5. Quem é capaz de trair um irmão, o que não fará com os demais?

    “Traição é Caim matando seu irmão. Traição é um irmão matando o sonho do outro. Traição é Caim matando do sonho de uma nação. Traição é Caim matando o futuro das pessoas”.

    Beto Richa

  6. Como ja tinha dito isso logo depois da troca do vice tucano – que apelidei de ” A TRAICIONEIRA”, com esta revelação do Cacique do PDT, o Caudilho Lupi, é que este fator vai começar a pesar negativamente na campanha do Osmar. Acho que será a gota d`agua que vai entornar o caldo do barbudo e revelar as claras que “irmaão que traia irmão, simplesmente não tem perdão”.

  7. PARANAENSE BRASILEIRO DA SILVA Responder

    Conversa fiada. O Alvaro é que tentava detonar a candidatura do Osmar com aquela conersa de que irmão não disputa contra irmão (mas desde que a prioridade sempre fosse ele, Alvaro.
    O alvaro não caiu por causa do irmão não. Ele não ia respeitar tasl “irmandade”. ele caiu como vice, por causa da exigencia dos aliados. principalmente o DEM e está acabado.

  8. CAVALEIRO NEGRO Responder

    OSAMAR BIM DIAS, ASSIM DEVERIAM CHAMAR…..OU ENTÃO OSAMAR JUDAS DIAS, traidor e cara de pau, vamos torcer para se ferrar mais ainda, Beto no 1º turno

  9. Reinaldo Pereira Responder

    Então, vamos aos fatos: Todo mundo enganou o Osmar ? rsrsrs
    Logo… não pode ser governador certo ? Afinal, ser enrrolado por uma meia-duzia de paspalho é no minimo absurdo.
    Que papel lamentável e final de carreira.
    Deu-no-que-deu a ganancia pelo poder. SE tivesse se canditado ao Senado e com o apoio do Beto Richa, venceria com um pé nas costas.. lhe restou um pé- bu… dos seus amiguinhos do PDT, PT e PMDB e ET CATERVA.
    E segue o baile.

  10. VLemainski-Cascavel Responder

    É por este e mais uma série de motivos que ainda acredito que o Álvaro será o fato novo na candidatura do Serra, ou seja, poderá substituir o Índio.

  11. Esse Lupi implodiu a candidatura de Alvaro, porem implodiu a carreira politica do Osmar, pois esse agora nao ganha nem para presidente da Coamo.

    Moral da historia, os irmaos Dias devem o fim de suas carreiras a esse canalha.

    E a Gleisi ganhou uma vaga para o senado de lambuja!

    Viva a politica paranaense, onde um quer f…com o outro!

Comente