Uncategorized

Incoerência é a chave do tamanho nanico de Osmar nas pesquisas

“Estamos juntos na campanha, fazemos os mesmos discursos, falamos com as mesmas pessoas e só eu não cresço?”, questiona perplexo Osmar Dias aos seus marqueteiros, Sérgio Reis e Wianey Pinheiro, depois das últimas rodadas de pesquisas. Osmar teve 49,9% dos votos na disputa pelo governo do Paraná em 2006. Em 2010 disputa o mesmo cargo, agora com o apoio de Lula que tem 80% de aprovação, da máquina federal do PT, do PMDB e de Roberto Requião – que o derrotou em 2006 – e não sai do lugar. A candidata do PT ao Senado Gleisi Hoffmann cresce, tem 42%. Requião cresce, tem 50%. Só Osmar não cresce, continua com 34%. Por quê?

Osmar reuniu condições para vencer a eleição, só se esqueceu de combinar com o eleitor. O eleitor deveria se comprometer a esquecer sua história de vida. O eleitor deveria esquecer que o senador passou a vida defendendo o produtor rural e agora aprendeu a chamar os petistas, que financiam o MST, de “companheiros”. Deveria esquecer também que Requião – que atacou sua honra em 2006 – é hoje seu melhor amigo, conselheiro e personal trainer político. A idéia que o eleitor é bobo, esquece as coisas e confunde alhos com bugalhos já encerrou muita carreira. O jornalista Celso Nascimento analisou na Gazeta do Povo alguns motivos que levaram Osmar a encolher. A chave do tamanho nanico é a incoerência.

“Nesse momento Osmar está menor do que aquele que emergiu das urnas de 2006. Em 2006, ele representava 50% dos paranaenses; agora, representa um terço. Diminuiu por quê? Diminuiu porque não é em 2010 o mesmo Osmar de 2006. Há quatro anos, era, por exemplo, a antítese de Requião. Hoje, se apresenta como sua interface, ora como continuador de programas assistencialistas do ex-governador, ora como silente e acrítico espectador de todos os erros e vergonhas que marcaram o governo passado. Em suma, o candidato perdeu sua identidade”, diz Celso Nascimento.

“[Osmar] Deixou de ser identificado também entre os que o viram crescer entre campos de soja içando as bandeiras do agronegócio – com tudo o que isto possa significar, incluindo a defesa da propriedade rural contra invasões. Grande parte dessa gente – isto é, os que votaram em Osmar em 2006 porque não queriam mais Requião e os que viam nele um anteparo contra o assanhamento da militância sem-terra – ficou órfã do seu defensor”, prossegue o jornalista.

32 Comentários

  1. Sr. Osmar, não sabe porque não cresce??? É fácil, se V.Sa. tivesse saído para Senador, ou mesmo para o Governo, sozinho, V.Sa. saberia. Tem um ditado que diz: “Melhor só do que mal acompanhado”.
    Por favor, coligado ao PT, no Paraná, esperar o quê?

  2. O SENADOR OSMAR “indeciso” DIAS, COM TODO APOIO DAS DITAS “forças políticas” DA FAMILIA REQUIÃO (dos dólares no armário, das TVs laranjas, do rombo de 800 mil da SEED) DO PT (partido do trambique) E DO MST, ACHOU QUE TERIA UM BOM PALANQUE. MESMO VISITANDO O PARANÁ, DESDE QUE PERDEU PRO SEU HOJE ALIADO REQUIÃO, FALANDO QUE SERIA CANDIDATO AO GOVERNO E CONSEGUE 33%, DEVE ESTAR PERCEBENDO QUE VAI FICAR SEM MANDATO. IRÁ MORAR NO TOCANTINS E CUIDAR DE UMA DE SUAS FAZENDAS PARA A TURMA DO mst NÃO INVADIR.

  3. Maria Gorete Manoel Responder

    A campanha está começando agora, o jogo vai virar e Osmar será nosso novo Governador!
    Requião e Gleice serão os novos Senadores!
    E logicamente Dilma nossa ESTRELA Presidenta!

  4. Alguem, por favor, parabenize este Jornalista Celso Nascimento. Perfeita avaliação. Apesar do Senador ser um Homem capaz e que defende o Paraná. Neste momento ele ESTÁ incoerente. Acho que o melhor exemplo é – ESTA MESTRUADO POLITICAMENTE – naquele período, fora da casinha… estamos torcendo para que no futuro o Ilmo. recobre o bom senso.

  5. Maria Gorete, vai correndo na farmácia, compre um antitérmico, e toma lá mesmo, porque você está com febre.

  6. Osmar conseguiu juntar duas rejeições enormes à sua campanha: requião e o pt. O resultado é este.

    Dilma, Gleise, até podem se elger, mas com certeza, o pdt e o pt sairão muito menores desta eleição, ainda não estarão do seu tamanho real, mas já estarão perto de seu real significado e importância ppolítica no Paraná.

  7. marcio jose teixeira Responder

    OSMAR DIAS, COM PT, REQUIAO, MST, SINDICATOS,,

    OSMAR , SE VC. TIVESSE SOZINHO,, VC. VENCERIA AS ELEIÇOES,

    COM ESSA TURMA

  8. Ja é uma vitoria para Osmar pqq o Beto tinha a unanimidade, tinha ganho ja no 1º semstre de 2010.
    E pode ir pro 2º turno, entao!!!

  9. Osmar o Povo do Paraná não gosta de traição, e você traiu seu irmão Álvaro, você traiu seus antigos companheiros, e principalmente traiu a população do nosso Paraná!
    Em troca a população vai lhe dar a maior derrota eleitoral de sua vida, pois pessoa sem escrúpulos e sem identidade não merece nosso respeito e muito menos nosso voto!
    Nossa posição é por um Novo Paraná, próspero, com muito trabalho, dedicação e entusiasmo no gerenciamento da administração estadual, e para isso já escolhemos o BETO RICHA que será nosso futuro governador.

  10. O professor Galdino tinha razão: Ele tinha me dito que iria convencer o PSDB e o Beto a não aceitar muitos partidos prá coligação e inclusive para que o Beto não se importar com os adversários, e também se o Beto fizesse coligação com vários partidos e pessoas, estaria devendo favor a esses. Agora o Beto e o PSDB usaram da inteligência e se composeram práticamente só, isso significa que o beto terá mais espaços prá governar com idéias próprias.
    Parabéns ao professro Galdino,
    Parabéns ao Beto,
    Parabéns ao PSDB.

  11. Osmar Dias 12. Sim aguardem… e acho bom ver que realemnte traiu que nesta história viu Sr.Pina se realmente é seu nome esse. Isso prova o desespero de voces, não fale da moral dos outro pois não se sabe nem que voce é.

  12. A diminuição política do Osmarionete do requião é diretamente proporcional a sua falta de vergonha e inversamente proporcional ao que ele recebeu pra trair o Paraná.

  13. Aqui no Parana ,não tem vez pra indecisos , em cima do muro na sexta assinou com o PSDB e na semana seguinte virou o cocho.
    Este povo tem memoria e tradição.
    Beto Richa Governador

  14. Concordo com a análise do colunista da Gazeta, mas acho-a oportunista, porque a vitória do Beto se consolida a cada dia que passa. A Gazeta se posiciona como sempre, parece ser ela tucana, sempre em cima do muro. Pelas declarações do colunista ela já começa a se por ao lado dos vencedores. Como sempre fez. ACarlos

  15. Marcelo,
    Por favor, a Coligação do Beto reúne apenas 14 Prtidos!!! Catorze!!!
    É pouco, né?!? rsrs

  16. MariaGorete,O Senador Osmar Dias tirou a oportunidade do Paraná ter um candidato à vice presidente. Acabará sem mandato.

  17. Corretíssima a análise realizada pelos nobres jornalistas, mas o que não se fala é quanto está custando ao povo paranaense essas alianças mandrakes entre Osmar Dias, Pessutti, Requião e Paulo Bernardo (PT). É óbvio que o tradicional senador Osmar Dias, defensor do agronegócio não mudaria de posição facilmente, traindo a sua história, apoiando ações armadas do MST patrocinadas pelo PT, para a invasão de terras produtivas no estado, sem que lhe houvessem sido feitas contrapartidas, como promessa de cargos, entre outras. Deu no que deu…
    O bom disso tudo é que poderemos nos livrar de mais um coronel da política do Paraná e abrir espaço para a renovação.

    Fora petralhas, fora Osmar!!

  18. Como todo político pilantra Osmar acreditou que o eleitor não tem memória e engole qualquer coisa. Vai ter quatro anos para refletir sobre seu equívoco. Quem sabe volta como deputado estadual em 2014?

  19. Geraldo Medeiros Responder

    O Osmar arrebentou a alça da mala quando fez acordo com o requião. Carregue seu destino, Osmar!

  20. Osmar quer saber porque não cresce? Simples, Gleisi cresce porque está com a sua turma, Requião cresce porque está onde sempre esteve, só o Osmar que mudou de lado e traiu seus eleitores.

  21. O senador anda muito preocupado vai perder a eleição e ficará sem mandato, graças a esperteza de Requião. O Primeiro Dias, esta sendo eliminado da politica paranaense.

  22. Votei no Álvaro, votei no Osmar, mas não voto nele por uma simples razão, é por causa das escolhas que fez. Não entendo que uma pessoa que foi desonrada na eleição passada, hoje possa viver de braço dado com quem o desonrou. E por quê? Só pelo poder. Gente assim comigo não . ACarlos

  23. O Osmar Dias deveria ter seguido o conselho do irmão mais velho Álvaro Dias e ter ficado longe, muito longe, do Requião e gang.

Comente