Uncategorized

Em horário de trabalho, ministro faz campanha pró-Osmar

Altemir Gregolin, da Pesca, participou de evento oficial em Curitiba, mas durante expediente se encontrou com candidato do PDT e pediu votos para Dilma e Gleisi

Natália Diamante, especial para a Gazeta do Povo

Em Curitiba oficialmente para participar de uma aula inaugural de cursos técnicos em pesca na manhã de ontem, o ministro da Pesca e Aquicultura, Altemir Gregolin, aproveitou para fazer campanha eleitoral. Durante encontro que não constava de sua agenda oficial com lideranças do setor da pesca, mas que constava como compromisso de campanha do candidato ao governo do Paraná Osmar Dias (PDT), Gregolin pediu votos para o pedetista. Também defendeu a candidatura de Gleisi Hoffmann (PT) ao Senado e a de Dilma Rousseff à Presidência.

O ministro citou Dilma por diversas vezes e disse que o voto na petista “é importante para que ela possa dar continuidade ao trabalho que o presidente Lula fez nos últimos oito anos”. Em favor de Osmar Dias, afirmou que “o Paraná precisa de um governador que não vá empatar os planos da presidente Dilma”. Sobre Gleisi, disse que o governo precisa “da maioria no Senado para que a Dilma tenha mais tranquilidade, mais facilidade para aprovar os projetos”.

Irregular

Oficialmente, segundo a assessoria do ministério, Gregolin veio a Curitiba para participar da teleaula inaugural dos cursos técnicos em Pesca e Aquicultura, modalidade Educação a Distância (EAD)/ Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação Jovens e Adultos (Proeja). O evento aconteceu pela manhã, a partir das 9 horas.

O encontro eleitoral aconteceu mais tarde, por volta de 12h40, num hotel da cidade. Para especialista ouvido pela reportagem, a participação do ministro neste evento é irregular.

O Artigo 73 da Lei 9.504/97 define que são proibidas aos agentes públicos condutas que possam afetar a igualdade de oportunidades entre candidatos durante as eleições. Segundo Everson Tobaruela, especialista em direito eleitoral e partidário e ex-presidente da Comissão de Direito Político e Eleitoral da Ordem Advogados do Brasil em São Paulo, “não tem o mínimo fundamento um homem público, durante um dia normal de atividade, usar dinheiro público para fazer política e propaganda de outros candidatos. Deveria estar no ministério”.

No caso específico do ministro, ele não pode utilizar serviços custeados pelos governos, nem usar de seus serviços para comitês de campanha eleitoral de candidato, partido político ou coligação durante o horário de expediente normal.

Folga

Quando questionado pela reportagem se estava no evento como ministro, Gregolin respondeu afirmativamente. Mas, quando perguntado se estava em expediente, desconversou e disse que estava em horário de “intervalo”. “Estou no meu horário de almoço, posso fazer campanha. E depois das 18 horas vou continuar fazendo campanha pelos candidatos que apoio”, alegou.

Para Tobaruela, o horário do almoço não é desculpa para que agentes públicos façam propaganda eleitoral. Segundo o advogado, quando um funcionário público pratica durante o seu expediente um ato de campanha significa que está infringindo a norma de probidade administrativa e praticando conduta vedada ao agente público. “Se fosse assim, quando o candidato vai no banheiro ou toma um cafezinho, ele também estaria fora de expediente e poderia fazer campanha.”

17 Comentários

  1. EM QUE NÃO VOTAR... Responder

    Ministro da Pesca… Só no Brasil do Lula mesmo !!!!!
    Será que está figura impoluta, de estratosférica importancia para o Brasil esteve algum pesque-pague ? Ou foi na represa do Capivari.
    Pedindo votos para Dilma é obvio… se a oposição ganhar o primeiro ministério a ir do beleleu tem que ser este.

  2. Parreiras Rodrigues Responder

    Inventam palestras, inaugurações de portais para proselitismo político.
    Vergonha neste governo existe tanto como língua de mosquito e sovaco de cobra.

    Num governo sério, esse ministério seria um departamento do Ministério da Agricultura

    E, a propósito, tem gente que se gaba de haver dedicado todos os seus mandatos na defesa da agricultura. A agricultura não precisa de defesa. Quem precisa dela, são os agricultores, a grande maioria empenhada nos bancos. E nem existe uma política agrícola no Brasil que vive a mercê do humor do Ministro e na dependência de portaria que modifica a de ontem que anula a de anteontem e que amanhã nada valerá.

  3. Parreiras Rodrigues Responder

    Sem falar que existem 23 ministérios, quando se sabe que 15 seriam suficientes. Mas, e os apoiadores políticos, o atendimento às sinecuras?

  4. Mais “Um ato criminoso” na casa Civil, e tal qual o mensalão de Zé Dirceu, aconteceu na sala ao lado de Lula

    Aquela nota impressionante divulgada por Erenice Guerra, ministra da Casa Civil (indicada por Dilma) está no site da Presidência da República (aqui), caso o governo não a tenha tirado. Não creio que o tenha feito. Houve um tempo em que esses caras faziam o errado mesmo sabendo o que era o certo. Agora, tenho dúvidas se conseguem distinguir uma coisa de outra. Caminharam da imoralidade para a amoralidade. É claro que a situação pediria uma entrevista ou, vá lá, uma nota da Casa Civil, mas não essa, vazada numa linguagem da mais absoluta e rasteira delinqüência política. A propósito: Erenice Guerra sabe falar ou só bate papo em padaria?

    Por Reinaldo Azevedo –

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/

  5. Rui Jorge da Rosa Responder

    O que chama ateção além de ser horário de trabalho, para o ministro pedir voto, e o fato ter despesas aos cofres publicos (nos que pagamos), avião estadia e outras depesas, nos pagamos para ele fazer campanha.

  6. RPC faz Enquete para saber se deputados devem receber por esses dias 20 dias recesso até a eleição.
    ( nesse caso estão dentro da lei)

    POR QUE a RPC não faz ENQUETE para saber se Lula e Ministros delle podem passar o ANO INTEIRO SEM TRABALHAR E FAZENDO CAMPANHA com nosso dinheiro???
    (nesse caso É CRIME)

    É essa a turma que apoia osmarionetes

  7. E ESSE POVO PUXA-SACO LULA TEME AS LEIS POR ACASO? ELES ESTAO MANDANDO E DESMANADANDO PASSANDO POR CIMA DE TUDO ATÉ DA DEMOCRACIA.
    POIS UM PRESIDENTE QUE FAL EM EXTIRPAR OUTRO PARTIDO
    QUER O QUE? SER SOMENTE UM DITADOR. É A PRÉ DITADURA. E AMORDAÇANDO TAMBÉM OS LIDERES RELIGIOSOS SOBRE O PNDH.
    QUANDO O IMPIO GOVERNA O POVO GEME ISTO ESTÁ LÁ EM PROVERBIOS NA BILBLIA. SERÁ MESMO O FIM DOS TEMPOS? ACHO QUE SIM AS PROFECIAS ESTÃO SE CUMPRINDO. POIS O SATANISTA VICE DE DILMA DOSSIEF É UM QUE VAI GOVERNAR POR UNS TEMPOS E AS IGREJAS SERÃO PERSEGUIDAS POR ELE. ELA COM CERTEZA VAI ARDER NO INFERNO. E LULA VOLTA DEPOIS FICNDO O DITADOR MAIS TIRANO DA TERRA.

  8. Neste governo federal, tudo que é roubar, burlar, sacanear o povo é válido e o povo não faz nada e ainda apoia. Ainda bem que vou morar no exterior.

  9. CAVALEIRO NEGRO Responder

    MINISTRO DA PESCA…… veio no Paraná pedir votos para o……………… BAGRE………….ensaboado do Osmar Dias…Ministro da Pesca , juro que eu nem sabia que existia esse cabide de emprego….deve entender tanto de pesca que pensa que se pesca tubarão com anzol….MOSQUETINHO………… (AQUELE PARA PESCAR LAMBARI)

  10. As 11:50, numa elegante panificadora que fica na esquina da Rua Mariano Torres, uma quadra frente do Hotel formula 1, uma camionete cabine dupla, de uso exclusivo do governo federal indicava a presença de funcionarios graduados lá dentro.
    Quando entrei no estabelecimento reconheci o Exmo. Ministro, acompanhado de tres assessores, um deles falando em alta voz que o Senador Osmar Dias já estava esperando o Ministro.
    Ora, se as 11:50 eles ja estavam tranquilamente tomando café, quer dizer que o evento oficial que seria realizado às 9:00, foi uma reuniãozinha sem fundamento ou importancia nenhuma.
    Como os Ministros podem usar avioes da FAB, certamente esta viagem custou uma boa grana aos cofres publicos, pois uma locação de jatinho Brasilia-Curitiba fica em torno de 15 mil reais. Imaginando-se que usaram avião de carreira, foram 4 passagens de ida e volta, para o MInistro e seus Ilustres Assessores, isso sem contar as diárias e a estrutura que o aguardava em Curitiba.
    Ah sim, ele é Ministro do que mesmo????? Deve ser de algum ministerio importantissimo para o Paraná (existe pesca comercial em grande escala no PR?)
    Vergonhoso.
    Sem maiores comentarios.

  11. Ele não é o único… quantas campanhas o LULA e o Ministro Paulo Bernardo já fizeram, hein!!!! É uma pouca vergonha

  12. Lula faz campanha política no horário de expediente por todo o Brasil e usa aviões da Força Aérea pra se deslocar. Portanto às custas de trouxas que pagam impostos. E segundo o pessoal do DEM de SC, antes tomando umas e outras para falar muitas besteiras.

  13. Estou deixando um recado para quem pensa em votar em Osmar Dias como eu estava pensando, mas infelizmente presenciei no Bairro Alto em uma reunião deste candidato a pouca vergonha que se pode chegar.Fomos convidado para uma palestra e acabamos recebendo um envelope com R$ 40,00 que foi dado a cada participante.Que você eleitor achou deste cara de pau e quadrilheiro deste cidadão e de toda sua coligação? E ainda a candidata ao senado Gleisi vem dizer que esta coligação irá melhorar a vida da população,por favor pessoal, está muito escancarada a campanha do seu Osmar Dias, chega disto.Osmar vc nunca gostou do PT,só faltou ser estuprado pelo Requião na eleição passada,olha realmente você aprendeu a ser bandido também.

  14. ISSO É MUITO NORMAL… NUM GOVERNO QUE COBRA PROPINA DE EMPRESÁRIOS DENTRO DO PALÁCIO, QUE TEM COMO CANDIDATA UMA QUADRILHEIRA ASSALTANTE DE BANCOS E ASSASSINA, VOCE ACHA QUE É ILEGAL O TAL DO ministro pescador VIR AQUI E PEDIR VOTO PARA O SENADOR OSMAR “indeciso” DIAS? LONGE DISSO. E O POVINHO MORTO DE FOME (e preguiçoso) DESSE PAÍS, VAI VOTAR NELES…….

  15. COMO ESSE GOVERNO LULA É SUJO!!!!
    É DENTRO DA CASA CIVIL, ( OU CASA DA MÃE JUANA), É O MINISTRO DA PESCA FAZENDO CAMPANHA , O LULA NÃO SABE DE NADA, AGORA O ZÉ DIRCEU COMEÇOU A BOTAR A CABEÇA PRÁ FORA DA TOCA.REZEMOS AMIGOS ISSO VAI ACABAR MAL!!!!!!

Comente