Uncategorized

Candidatos à Presidência participam de debate na TV Globo nesta quinta

Foram convidados Dilma (PT), Serra (PSDB), Marina (PV) e Plínio (PSOL). Debate terá cinco blocos e será mediado pelo jornalista William Bonner

Do G1

Os candidatos à Presidência da República Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB), Marina Silva (PV) e Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) participam de debate na TV Globo nesta quinta-feira (30). O evento será no Rio de Janeiro e foram convidados os candidatos de partidos com representação na Câmara dos Deputados.

A transmissão do debate será feita pela RPC TV e começa às 22h30, após a novela Passione.

Mediado pelo jornalista William Bonner, o debate será o último antes da votação que será realizada no próximo domingo (3). O debate terá cinco blocos. O primeiro e o terceiro blocos serão com temas determinados. O segundo e o quarto, com temas livres. O último bloco contará com as considerações finais.

O posicionamento dos candidatos no estúdio foi definido por sorteio. Da esquerda para a direita, estarão: José Serra, Marina Silva, Dilma Rousseff e Plínio de Arruda Sampaio.

Cada candidato terá 30 segundos para perguntas, dois minutos para respostas, um minuto para réplica e um minuto para tréplica. Eventuais pedidos de direito de resposta serão analisados por William Bonner com auxílio da equipe de produção. Se concedido, o tempo será de um minuto.

As perguntas serão feitas sempre de candidato para candidato. Para que todos os candidatos perguntem e respondam ao menos uma vez, a cada bloco o mediador sorteará o candidato que faz a primeira pergunta a outro candidato de livre escolha. Quem respondeu faz a próxima pergunta a outro candidato que ainda não perguntou e nem respondeu. O último fará, necessariamente, pergunta a quem iniciou o bloco.

Pelas regras definidas com as coordenações das campanhas, se algum candidato faltar, em cada bloco, um dos candidatos presentes poderá relatar ao público a pergunta que faria ao ausente. O tempo para isso será de 40 segundos.

Após falar, deve escolher outro candidato para fazer outra pergunta e continuar a ordem. O lugar do faltante ficará vazio com uma placa com o nome. Cada participante pode ser acompanhado por até 10 assessores, sendo que apenas dois terão acesso ao candidato no estúdio. Na plateia, cada candidato pode ter 25 convidados.

Ao final do debate, os quatro participantes darão entrevista coletiva de cinco minutos na sala da imprensa. Pelo sorteio realizado, Dilma será a primeira a falar com jornalistas. Em seguida, será Plínio. Depois, será a vez de José Serra. A última será Marina Silva.

8 Comentários

  1. Na pesquisa do dia 22/07/2010 Dilma tinha 41% e José Serra tinha 33%.
    Dilma subiu para 51% e o Serra caiu para 24% na pesquisa do dia 23/09/2010.
    Hoje Dilma tem 49% e Serra 26%.
    E vai ficar mais ou menos asim no dia 3/10.

  2. A promissória já foi sacada e aceita… O próprio FHC já admitiu a vitória de Dilma (ou melhor de Lula)… o projeto do PSDB naufragou na insistência obsessiva de Serra em ser presidente… o triunfo da sua vontade foi o fracasso do partido, que tinha outras alternativas como Aécio… veio a tal história de que era mais conhecido, etc, etc, etc… conversa pra boi dormir… é só ver Dilma, que ninguém tinha visto mais gorda ou mais magra e que disparou até onde está… a oposição (sic) vai ter que rever seus métodos e lideranças se quiser sobreviver e aproveitar um eventual fatídico governo do PT que possa abrir oportunidade para a oposição em 2014, se Lula não voltar nos braços do polvo… de resto, apenas um frêmito de moribundo, que anima Marina, a qual sonha surfar uma curva ascendente que a levasse ao segundo turno…

  3. Garanto que vai ser a mesmice dos demais, tudo engessado e sem nada de novo!!!!
    Essas eleições no Brasil são uma vergonha para a nossa Democracia.

  4. Parreiras Rodrigues Responder

    Que ninguém se surpreenda com a votação de Marina Morena Brasileira Silva.

    Pesquisas dão 1 para Salamuni. Vão quebrar a cara como aconteceu nas engrossadas com Rubens Bueno, Flávio Arns. Lembram-se: a disputa era entre Paulo Pimentel e Toni Garcia. Ninguém via nada, nem propaganda do Flávio e deu no que deu.
    Existe uma massa silenciosa e não é a dos indecisos, é a dos que se fazem de mortos, mas na realidade, explicavelmente sensato.

  5. Deu sono cara, tava ruim de tudo. A Dilminha fugiu do Serra o tempo todo e a Marina protegeu.

  6. Não é um comentário e sim uma pergunta!

    Sou servidor público e gostaria de saber qua o projeto que será
    feito referente ao reajuste para o servidor público federal?
    Espero uma resposta imediata; obrigado.

Comente