Uncategorized

Osmar afronta Justiça e invade o programa de deputados

Da Gazeta do Povo

O candidato ao governo do Paraná pelo PDT, Osmar Dias, “invadiu” ontem à noite, de forma irregular, o espaço do horário eleitoral gratuito destinado aos candidatos a deputado federal pela sua coligação. De acordo com as normas eleitorais, o último dia para que Osmar apresentasse sua propaganda era a quarta-feira. A quinta-feira estava destinada exclusivamente para a propaganda dos candidatos à Presidência e à Câmara Federal – mas não ao governo estadual.

Durante a campanha, a Justiça Eleitoral já havia determinado em outras ocasiões a perda de tempo de propaganda para candidatos que adotaram a mesma prática de Osmar no programa de ontem. Mas o pedetista não deve sofrer esse tipo de punição, pois a quinta-feira foi o último dia do horário eleitoral gratuito.

Os candidatos a deputado da coligação de Osmar não chegaram a perder para Osmar todo o tempo de propaganda. Mas apenas poucos concorrentes puderam dar sua mensagem final aos eleitores. Já o pedetista aproveitou o espaço para reexibir um vídeo em que conversa com o presidente Lula, no qual recebe o apoio do petista.

Propaganda presidencial

O último dia da propaganda presidencial na tevê e no rádio teve um clima de despedida apenas para candidata Dilma Rousseff (PT) – que, segundo as pesquisas, pode se eleger já no domingo. José Serra (PSDB) e Marina Silva (PV) preferiram reforçar a ideia de que é possível levar a eleição para o 2.º turno.

Dilma reforçou a ideia de que respeitará “a vida e as religiões” – tentando desfazer os boatos de que seria a favor do aborto. Na quarta-feira, a candidata já havia se reunido com lideranças religiosas para se comprometer a não propor a legalização do aborto. A candidata também apareceu prometendo respeitar “a liberdade e a democracia”, numa referência indireta às acusações que o PT adota práticas autoritárias, sobretudo contra a imprensa.

No programa de tevê, o presidente Lula dialogou com a candidata em gravações feitas em várias partes do país. Numa delas, Lula apareceu em frente do Jardim Botânico de Curitiba. “Votar na Dilma é votar em mim”, disse Lula.

O último programa de Serra buscou reforçar sua imagem “humana”, mostrando o candidato junto com a família. O tucano comentou sobre seus gostos musicais, falou sobre a história do seu casamento e até cantou uma música. Tanto no rádio como na tevê, Serra abordou suas principais promessas, como o salário mínimo de R$ 600, reajuste de 10% para aposentados e a ampliação das linhas de metrô em todo o país.

No rádio, Serra falou sobre sua origem pobre. “Eu vim de baixo, nasci em uma vila operária, estudei em escola pública”, afirmou.

Já Marina Silva, na tevê, preferiu mostrar seu crescimento nas últimas pesquisas – a “onda verde” que poderia levá-la ao segundo turno. O programa também afirmou que a candidata do PV seria a única que pode vencer Dilma no segundo turno. No rádio, Marina reafirmou sua origem pobre.

28 Comentários

  1. Ele aprendeu com o PT tudo pode.
    A impunidade no Brasil, deixa fazer o que quizer.
    vcs acham que essas multas eleitorais, são pagas? Duvido.
    É Brasil, os politicos se divertem com a nossa legislação.

  2. desespero total, quero que esse cidadão já comece a arrumar sua bagagem rumo a tocantins, e leve com ele um blogueiro sem escrúpulos que dizia que quem iria invadir seria o governador BETO RICHA.
    e agora ESMAEL? QUEM ESTÁ DESESPERADO?

  3. Avisa o ESMAEL, que o juiz está de férias e o blog dele está censurado, por só falar mentiras e atacar pessoas de bem…
    Pense bem paranaense, se oque ele falava era verdade, porque o castigo pra ele…
    Aquele blogueiro é tendencioso e mentiroso.

  4. Luiz Oliveira da Silva Responder

    Lamentável a capacidade que o ser humano tem de superar o que o adversário tem de pior(a seu ver), se igualando e até indo além do imaginável.
    No desespero é um vale tudo, sem regras sem respeito, sem memória, sem vergonha….sem pai nem mãe.

  5. este é o Osmar verdadeiro não respeita ninguem, este e o tratamento que dara ao funcionario e ao prefeitos, ele em primeiro lugar, ontem mostrou mais uma vez como é OSMAR, sera se por acaso ganhar o governo.
    agora trabalhadores te digo uma coisa ele votou contra os 40 porcento ao funcionario demetidos sem justa causa, segundo ele foi por causa do Fernado Henrique, então se a Dilma pedir ele vota de novo contra
    ABRA OS OLHOS ELEITORES

  6. Carlos Nascimento Responder

    Hoje na Tribuna da Massa, pela manhã, o desembargador do TRE deu explicações técnicas importantes sobre o porque das impugnações das pesquisas. Veja Fabio! Deu show de lucidez, explicando tudo tecnicamente, dizendo não concordar que seja censura a decisão dos magistrados. Agora uma pergunta: a Ruth Bolongnese e os inúmeros jornalistas e partidários que vociferaram a respeito do assunto? Ruth, com a maior cara de pau, ficou quietinha na bancada depois que o juiz falava e olhava para ela. É bom lembrar – e a campanha do Beto deve ter gravações, esta senhora falava absurdos e improprérios contra Beto demonstrando sua grande parcialidade. Deve ser lembrada por nós eleitores – que tem sim preferências( a minha é pelo Beto), como uma grandessíssima sem vergonha pois utilizou-se de um espaço de poder para difundir inverdades aos invés de informar!

  7. Que pena que o Osmar não aproveitou este crieme apresentado projetos de Governo é só falou que “ele com Lula”, vejam só a declaração do Lula fora do horário eleitoral:
    Lula diz à ‘Economist’ que não interferirá no próximo governo

    Lula disse que pretende trabalhar por reforma política ao deixar o governo O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse em entrevista ao site da revista britânica The Economist, publicada na quinta-feira, que não pretende interferir no governo do seu sucessor.

    “Um ex-presidente deve se recolher para algum lugar confortável e tranquilo, e não ficar dando palpite sobre política nacional, deixando seja lá quem for eleito governar o país, cometer erros e acertar, mas deixando eles governarem o país”, disse Lula.

    O presidente prometeu que continuará ativo na política, mas disse que ainda não pensou no que pretende fazer após o dia 1º de janeiro. Ele afirmou que não quer tomar nenhuma decisão precipitada sobre seu futuro.

    Lula disse que como ex-presidente trabalhará para tentar aprovar a reforma política.

    “Agora eu estou me comprometendo, quando eu não for mais presidente, a começar a convencer o meu próprio partido, porque eu acho que esta é a principal reforma que temos que fazer no Brasil, para que possamos [depois] fazer as demais reformas”, disse Lula ao site da revista britânica.

    Lula diz que depois de convencer o PT sobre a importância das reformas, ele poderá trabalhar junto com os demais partidos na aprovação da reforma.

    O presidente considera que só uma reforma política poderá gerar “partidos fortes e um Congresso forte, para que quem sente nesta cadeira [de presidente] possa firmar acordos importantes com os partidos políticos e os líderes dos partidos”.

    Sem a reforma, Lula diz que o fator decisivo na política brasileira é “a força individual de cada cidadão, de cada região”.

    Frustração O presidente disse à revista que se sente “frustrado” por não ter visto a reforma política aprovada no seu governo, e atribui isso ao fato de “as pessoas não gostarem de mudança”.

    “Eu aprendi muito e acho que isso vai permitir que, uma vez que eu não seja mais presidente e tenha mais liberdade, eu discuta temas que, como presidente, eu não queria discutir, porque eles não estavam sob a minha competência”, diz Lula à revista.

    Lula também sugere que como ex-presidente poderá ser mais influente na discussão sobre a reforma das leis trabalhistas, ajudando empregadores e trabalhadores a chegar a um consenso.

    Lula revela que “a sua maior surpresa” ao chegar ao governo foi se deparar com “as dificuldades que o próprio Brasil cria para si, com legislações excessivas” que atrasam as decisões do Executivo.

    Petrobras e Oriente Médio Na longa entrevista ao site do The Economist, o presidente brasileiro aborda diversos temas, como o maior controle do Estado sobre a Petrobras, as negociações de paz no Oriente Médio e sugestões para o seu sucessor.

    Sobre a Petrobras, o presidente defende que o “petróleo pertence ao governo” e afirma que a receita das descobertas do pré-sal precisa beneficiar a população brasileira. O novo marco regulatório do setor, para Lula, é melhor do que a estrutura anterior, que “funciona bem apenas para as empresas petrolíferas”.

    Lula criticou o processo de negociação de um acordo de paz no Oriente Médio. Segundo o presidente brasileiro, as discussões não incluem todas as vozes necessárias para se chegar à paz.

    “Cada vez que eles sentam para conversar, eles ganham um Prêmio Nobel. Eles deram dez Prêmios Nobel pela paz em Israel e Oriente Médio, e a paz não aconteceu. Essas pessoas deveriam devolver seus Prêmios Nobel, já que não há paz.” Sobre o próximo presidente brasileiro, Lula diz que o seu sucessor deve “fazer política com o coração, cuidar dos mais pobres e praticar a democracia até o fim absoluto”.

    O presidente diz acreditar na vitória de sua candidata, Dilma Rousseff, que “surpreenderá o mundo” quando chegar ao poder.

    “A Dilma é tão democrática quanto eu, tão socialista quanto eu e tão responsável quanto eu. Talvez por ser mulher ela possa fazer mais, porque precisamos dar mais poder às mulheres na política”, diz Lula.

    Lula diz que seu sonho é ver o próximo presidente ajudar mais pessoas pobres a chegarem à classe média pobre.

    Ele disse que não pensa, no momento, em se candidatar à Presidência em 2014.

    “Terei 68 anos. Aos 68, os anos pesam. Se eu eleger a Dilma e ela for boa, ela terá que ser candidata à reeleição.”

  8. Osmar é mentiroso Responder

    Na entrevista , ontem na Band News, por volta das 18:30 horas,o candidato engasgou quando foi perguntado pela jornalista Joice sobre as ofensas que ele diz que Beto Richa havia lhe dirigido. Ele disse que ele( Osmar) só mencionou fatos e não ofensas ao Beto Richa, que jamais ofendeu Beto Richa, disse apenas que cobrou fatos e não mentiras. Sobre a promessa de ficar 4 anos na prefeitura e nao ficou, sobre a promessa de pavimentar as ruas de Curitiba e nao pavimentou…essas coisas… A pergunta que não quer calar é:::::

    QUAL A OFENSA PESSOAL QUE BETO RICHA FEZ A FAMILIA DIAS, QUE CAUSOU ATÉ MESMO A DECLARAÇÃO DE VOTO AO IRMÃO, PELO SENADOR ALVARO DIAS???

    Afinal de contas a AGRESSÃO SOFRIDA PELOS PROFESSORES NO GOVERNO ALVARO DIAS, também não´foi um fato?? Ou foi uma mentira???? A história não esquece…

    Apenas pra refletir…Isso ficou faltando na entrevista de ontem!!!!

  9. SEMPRE FALEI QUE O OSMAR É O MAIS PREPARADO E COMPETENTE PARA GOVERNAR O PARANÁ. ESTA AÇÃO DELE EM ENTRAR NO PROGRAMA DOS DEPUTADOS MOSTRA SUA ESPERTEZA E INTELIGENCIA. VAMOS PARANÁ, VAMOS!

  10. Dá pra confiar num malandro desses, ainda está naquela velha teoria do malandro que quer levar vantagem em todas, velhinho o mundo mudou, evoluiu, o povo não é mais otário, teu tempo passou, vai cuidar dos bois e descansar com teus amiguinhos lulla e requião, nas tuas fazendas, prá governar um estado da magnitude do Paraná precisa lucidez,honestidade e competencia.

  11. Esse Osmar é um político ao estilo Odorico Paraguaçu, é o malandro , é o que defende a lei de gerson , o “esssperrrto”. Só que o Requião e a Gleisi foram muito mais espertos, tiraram o trouxa da disputa pro senado e cada um esta garantindo sua vaguinha em Brasília. Resta ao “malandrão ” ir cuidar da sua fazenda no tocantins ou ir sentar no colinho da dilma ou ir pro buteco com o Lula.

  12. Ah é assim que o Osmar quer governar o Paraná , desrespeitando as leis? Ele antes não dizia da importância de eleger os deputados federais ? Ele foi o primeiro a dar uma rasteira neles e não deixa-los a aparecer no último dia de programa eleitotal a que alguns tinham direito. Como acreditar numa sujeira dessas? Mas ele entrou no time dos “COMPANHEIROS”que fizeram e fazem eleições desse tipo. Mas o paranaense não vai cair nessa choradeira de LULA e OS MALA . Ninguem merece!!!! Vamos de BETO RICHA para um PARANA moderno, jovem, competente, alegre, não com cara de enterro . Sai urucubacca daqui, O OSMAR não da um sorriso . Não é isso que nós queremo. Nós precisamos de esperança pra enfrentarmos uma vida tão dura , com tanta violência e desigualdade que temos a certeza que o BETO vai saber , com seu dialogo e competencia enfrentar!
    Agora não infringindo a lei como fez o Osmar ontem no seu desespero , espero que o TRE tome medidas para puni-lo senão não podemos mais acreditar em justiça.
    BETO 45 RUMO A VITORIA, POIS QUEM CAMINHA COM A VERDADE VAI COLHER A VITORIA DIA 3 DE OUTUBRO!!!!!!!!!!!!!

  13. Maestro, chamar de inteligência quem burla a LEI é no mínimo fechar os olhos e não querer enxergar o Caráter. Como pode um cidadão que desrespeita determinação legal querer governar um Estado? Como confiar? Como cidadã não votaria jamais nesse cara que é “esperto” porquer infrigiu a LEI. Acorda maestro, ainda é tempo de escolher e votar em quem tem caráter, competência, respeita leis e acima de tudo é honesto.

  14. é né, se o alvaro dias se importasse com ofensas, teria proibido seu irmão osmar, de ofender o beto richa,ele estava em cima do muro e que pena, pulou pro lado errado, ja estava na hora ne álvaro de sair, mesmo. acabou, vc e teu irmão que são traidores.

  15. o beto foi convocado pelo partido a ceitar a candidatura a governo, o povo ficou até orgulhoso. agora pro osmar foi o ciúme mesmo, que doeu, e o álvaro, abraçado com lula e ”PTcéteras”, TRAIU os eleitores, se abraçaram com a ofensa e abandonaram os ofendidos, só vcs senhores dias, é que verão dias, virar noites de trevas. fazem tudo pelo poder, né. como o requião que diz subir no palanque até com o capeta…………………….. então vão nesta idéia, quer dizer, agora ja foram.

  16. e ontem tava chorando na tv de novo hein?//
    pra ver se o povo de RMC e curitiba ficam com
    peninha dele e quem sabe né seu osmar noites
    mais nao adianta chorar agora e beto e nao se
    fala mais nisso

  17. Esse Osmar é o candidato que não queremos para Governador do Paraná, se invade os espaços como candidato imagine com o Poder nas mãos. E tudo que ele prega que não pode fazer ou já fez ou está fazendo. Isso para mim é muito desespero pelo poder, ele não está sendo capaz de perceber o quanto está sendo ridículo. Até o destempero de Requião ele conseguir copiar. Ah é muito duas caras, pra ter o meu voto. Sou cada momento + BEto.

  18. Essa ação do futuro ex Senador Osmar Dias, mostra a sua falta de coragem, e o caráter traiçoeiro da sua campanha. Pois deixou para o último dia para fazê-lo, acreditando que não tem mais nada a perder, a não ser sofrer uma multa por parte do TRE.

    Medroso é aquele que age quando nada tem mais nada a perder, ou pensa que não tem.

  19. Quer saber…é um absurdo..oLula encher o bolso do Osmar de dinheiro vivo para ele ter palanque para a madame dila discursra no paraná..
    fala sério! O Osmar naum tá nem aí ..ele quer mesmo é juntar uma boa grana ..e como o Lula já o fez…tá tudo certo…
    E nós…pagando a conta…que beleza!!!!!!!!!!
    Em Guarapuava…o prefeito tá gastando dinheiro a rodo pra campanha do filhotinho…e puxando o saco do osmar….tá encima do muro..surfando……
    Mas pode crer Beto…aqui naum…nós vamos te eleger com muita alegria, mesmo assim!!!!!!!!!!!!!!!!

  20. A coluna desse Celso Nascimento é o que há de ruim na Gazeta, muito parcial e sempre defende o indefensável com suas opiniões que nada tem de jornalística! Eu sempre tenho a impressão que a coluna dele é paga!

Comente