Uncategorized

Marina ataca apetite da direção do PV por cargos

Da Folha.com

Em reunião fechada com aliados, a candidata derrotada do PV à Presidência, Marina Silva, atacou ontem a gula de dirigentes do partido por cargos e afirmou que não vai “se apequenar” nas negociações do segundo turno.

Ela se mostrou irritada com a intenção do núcleo da campanha de José Serra (PSDB) de oferecer quatro ministérios em troca do apoio do PV, como noticiou ontem o “Painel”.

Em tom de ironia, Marina criticou o fisiologismo de parte da cúpula verde, sugerindo que a oferta seria alta demais para alguns dirigentes de seu partido.

“Quatro ministérios pro PV… Caramba! Do jeito que tem gente aí, basta pensar num conselho de estatal, já estaria muito bom. Certo? Tem esse tipo de mentalidade”, disse ela.

A senadora reclamou do assédio a aliados e prometeu não curvar à “velha política”, referindo-se à oferta de espaço no futuro governo.

“Quem estiver oferecendo cargo não entendeu nada do que as urnas disseram. As pessoas que votaram na gente […] têm uma coisa de postura, de valores que foi identificada. Isso deve ser mantido como referencial”, disse.

Ela afirmou que os 19,5 milhões de votos no primeiro turno aumentaram sua responsabilidade e insistiu que ela e seus apoiadores não podem “se apequenar” nas conversas com PT e PSDB.

“Nós sabemos que esse movimento é maior do que nós. Não podemos nos apequenar como vão querer que nos apequenemos”, disse.

Marina também manifestou incômodo com a sugestão de que ela apoiaria Dilma Rousseff (PT) no segundo turno por gratidão ou amizade ao presidente Lula, indicando que não cederá a um apelo emocional do ex-chefe.

“Não pode se apequenar essa discussão […] ou achar que é uma discussão de amizades históricas, por mais viscerais, umbilicais, cardíacas que elas podem ser.”

‘MUITO TRISTE’

Ela também disse ter ficado “muito triste” com reportagem da Folha publicada no último sábado, um dia antes da eleição, mostrando que a cúpula do PV já se inclinava a declarar apoio a Serra no segundo turno. Ela ressaltou que ainda estava “desesperadamente lutando” para ir ao segundo turno.

A senadora falou durante cerca de 20 minutos a uma plateia de ambientalistas, militantes do Movimento Marina Silva e colaboradores de seu programa de governo.

A reunião só foi aberta rapidamente para o registro de imagens, mas a reportagem apurou o que foi discutido no encontro.

DEZ DIAS

Mais tarde, em entrevista, Marina voltou a indicar que pretende se declarar neutra no segundo turno. “Vou me expor ao processo para uma tomada de decisão. É diferente de quando falam em apoio a este ou aquele candidato”, pontuou.

Ela afirmou que anunciará sua decisão dia 17, daqui a dez dias, em convenção nacional do PV em São Paulo. E disse que pode não acatar a decisão aprovada pela maioria no encontro. “Não sei se vai haver convergência entre a minha posição e a do PV.”

Em público, a senadora evitou críticas à cúpula do partido. Ela disse que se encontrará com Dilma e Serra na próxima semana, e elevará a eles um documento com os principais pontos de sua plataforma de governo.

Mais cedo, o presidente do PV, José Luiz Penna, negou a jornalistas que o partido seja fisiológico. “Vocês ficam sempre reduzindo tudo a cargos. O nosso negócio são programas. Nós sempre tivemos uma política de alianças programáticas.”

Hoje, a sigla ocupa cargos no governo federal, do PT, e no paulista, do PSDB.

10 Comentários

  1. Essa sim deveria ser Presidente do Brasil, não se vende e não aceita barganha p/ estar no poder!
    Pena que o povo Brasileiro não tenha entendido a proposta e a intenção dessa mulher que realmente ama esse País.
    Só por favor Marina não nos decepcione apoianda a turma do PT (Partido dos Trambiques – Partido dos Traias)

  2. O mello viana politico profissional deve ser uma desses sangue sugas, que faz parte desta negociaçao.
    ele perdeu a teta aqui no Paraná e deve estar dando trabalho na nacional do PV. Loco por cargo, loco por mamata.
    Marina, nao se curve a estes canalhas. nao se curve a estes sangue sugas, que se passam por verdes.

  3. Esses caras do pv só pensa na grana e em cargos. São um bando de safados, lembram que no ano passado eles colocaram fantasmas prá roubar a Câmarad e Curitiba?
    Fora corruptos!
    Fora fantasmas!
    Fora negociatas!

  4. Marina tá se achando…..agora critica os 2 candidatos como se fosse a dona da verdade.

    E pior, alega que ambos oferecem cargos MAS na verdade Marina está loteando o PV nos Estados

  5. Vamo faturar, os votos não foram para o PV e sim de protestos para os dois patetas que sobraram.

  6. mais uma teta pintando para o malandro do mello viana.
    ele mamou no requiao , perdeu a teta, para o beto, e agora deve estar movendo montanhas para mamar nas tetas do serra.
    eita partidinho de aluguel.

  7. Fui presidente de uma provisoria do PT há algum tempo atrás… Na ocasião era Rosa Riscala… LOCA POR CARGO E OLOFOTETES até que foi retirada à forceps da Presidencia do PV do Paraná. De nada adiantou, pois assumiu o Melo Viana, outro LOCO POR CARGOS E OLOFOTES…
    No PV do Paraná existe nomes excelentes, como no caso de RUBENS HERINGER, UM GENTLEMAN, inteligente, companheiro, dentre outros, é claro.
    Parabéns MARINA, não troque, não doe e não entregue o que conquistastes!
    Afaste-se dos gulosos e glutões os quais, infelizmente, ainda existem no PV!

  8. Luciano Paranista!!! Responder

    O PV tem que lembrar que o povo votou na Marina e não no partido, são aqueles que acham que os votos de Marina foi o PV que conquistou isso é mentira e das grandes!!!

    Marina lembre que vc sempre lutou contra os caras que estão do lado do Serra e agora vc vai se juntar a esses caras???

    Acho que o mais certo seria a neutralidade de Marina para não se queimar a toa e outra tem muita gente que votou nela que não vai escolher candidato porque ela apoia!

Comente