Uncategorized

Auditoria confirma irregularidades em diárias de 2007 e 2008

Do Bem Paraná

A auditoria desenvolvida por um grupo de quatro técnicos da Secretaria Especial de Corregedoria e Ouvidoria Geral do Estado confirmou a existência de irregularidades na utilização de diárias em 2007 e 2008 na Sude – Superintendência de Desenvolvimento de Educação (a antiga Fundepar), órgão vinculado à Secretaria Estadual de Educação. À época, o sercretário era Maurício Requião. O valor chega a R$ 562.035,15 – R$ 85.158,00 em 2007 e R$ 476.877,15 em 2008.

O secretário especial de Corregedoria e Ouvidoria Geral do Estado, Antonio Comparsi de Mello, já enviou o relatório final dos auditores, com 39 páginas, à Secretaria Estadual de Educação, onde tramita um processo administrativo sobre o caso, que já resultou na punição de seis funcionários.

Os auditores constataram que houve problemas com diárias de 96 servidores, cujos nomes serão mantidos em sigilo. Eles fizeram análises relacionadas a 2.648 viagens – 977 em 2007 e 1.671 em 2008. Este número corresponde a praticamente 100% das viagens desenvolvidas neste período, com exceção dos deslocamentos de curtíssimo trajeto. O trabalho foi prejudicado devido ao fato de ter havido um roubo de documentos, anteriores a 2009, no depósito que a Seed possui na cidade de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba.

Investigação com rigor

De acordo com o secretário Comparsi de Mello, a Corregedoria do Estado fez a sua parte, seguindo a determinação do governador Orlando Pessuti, de investigar as denúncias com rigor. “Mas os dados que tínhamos em mãos não nos permitiram afirmar categoricamente que estes 96 funcionários foram culpados pelos desvios de recursos. Eles podem ter sido usados para este fim. Agora, caberá à Secretaria da Educação apurar o que realmente aconteceu e tomar as providências cabíveis para punir os envolvidos”, explicou o secretário, ao lado do coordenador geral da Seog, Carlos Batista Soares, e do coordenador de Corregedoria, Ricardo Luiz Lima Muniz Oliva.

Os auditores também investigaram denúncias de irregularidades no uso das diárias na Secretaria Estadual de Agricultura, mas não identificaram nenhum problema que caracterizasse abusos na utilização do benefício. Agora, eles vão se concentrar na realização de auditorias, com este mesmo objetivo, em outras duas pastas que utilizam diárias com frequência – as Secretarias Estaduais do Meio Ambiente e do Trabalho. O relatório final dos auditores encerra um trabalho que começou no início de agosto, quando a auditoria foi instalada.

10 Comentários

  1. papai me ensinou Responder

    Eta Luciano aprendeu bem as liçõe do Pai! E ainda pousa de pastor evangélico, só se for da igreja do “venha nós o vosso reino”.

  2. Opa!!! Que dúvida heim que havia inrregularidades !!!

    Feliz dia dos Professores (que ganham bem) ….seus nomes estão na Gazeta do Povo de hoje !!!!

    Que Lição de Vergonha!!!!

  3. UÉ UÉ…ESSE CARA NÃO É TAMBÉM IRMÃO DO REQUIÃO…VICHE NOSSA HÁ ELE VAI DIZER QUE NÃO SABE DE NADA…

  4. Pergunta que não quer calar: Porque o Ouvidor não fez as sindicâncias na Ceasa como fez na Seed? Vamos investigar?

  5. E agora como é que fica a cara do melhor secretário de Educação que este Brasil já teve? Deve ser com cara de lata. E ainda o dito melhor secretário de Educação do Brasil não goza do fôro privilegiado, como outro membro da famiglia. Ele deve estar bem ciente das péssimas condições carcerárias, em que se encontram os nossos presídios, É de assustar quem já andava abalado com o sonho de nunca mais voltar ao TCE, pelo menos como conselheiro. ACarlos

  6. Só espero que achem um funcionáriozinho “boi de piranha” para a safar a cara do Mauricinho e seus aseclas.
    Cadeia para ele,afastamento do serviço público,tem que ser responsabilizado como qualquer funcionário de carreira ,será que a PGE que tem suas Comissões de Sindicâncias vão chamá-lo e colocá-lo contra a parede como outro funcionário qualquer?????
    È a hora da verdade,vamos cobrar do próximo Procurador Geral uma posição enérgica,ou eles vão amarelar ,só porque é o Mauricinho.
    Olha lá hein sr.BETO,estes srs.tem que ter o mesmo tratamento,e, não esqueça das diárias para o exterior das outras secretarias,não esquça do vovó Naná no esquema dos US$ no armário e sua administração no Porto.
    Que tal uma CPI na APPA ,mas, com deputados sendo assessorados por pessoas sérias e competentes,de FATO NOVO CHEGA A PIZZA DA APPA DO ALGACI em 1995/1996 que não quiz denunciar ninguém ao MP,tudo aconchavo….ou melhor PALHAÇADA,ah! não esqueça de ver o que foram feitos dos empréstimos fraudulentos repassados para a AGÊNCIA DE FOMENTO no início do governo do Duce,então que tal o povo paranaense começar a saber quem o Duce protegeu,e, que não deu em nada ,os grandes não devolveram nada….

  7. porque nao viram isso antes das eleiçoes queria ver se
    o requiao se elegeria agora é cadeia pra esse malaco
    tinha que ser irmao de quem tambem né?
    vai ser assim tambem com aquela erenice se a Dirma
    ganhar as eleiçoes depois eles contam que a erenice
    era bandida e até e capaz de por ela nalgum ministerio
    alguem tem alguma duvida ???

  8. gente nao vamos nos esquecer que tem a DONA YVELISE… essa tem culpa no cartório… e como tem…

Comente