Uncategorized

Dilma e Serra visitam o Paraná nesta quinta-feira

Dilma vem a Curitiba e Pinhais. Serra visita Maringá e Ponta Grossa

A candidata à Presidência Dilma Rousseff (PT) e o candidato do PSDB, José Serra, escolheram o mesmo dia para visitarem o Paraná. Nesta quinta-feira (21) a petista virá para Curitiba e Pinhais, na primeira visita ao estado no 2° turno.

Já o candidato tucano irá para Maringá, no noroeste, e, em seguida, visitará Ponta Grossa. Será a segunda visita de Serra ao estado no segundo turno. Na sexta-feira passada, ele esteve em Londrina.

De acordo com a agenda divulgada pelo PT do Paraná, Dilma deve desembarcar às 9h30 no Aeroporto Afonso Pena. Ems eguida, participa de uma passeata no centro de Curitiba, a partir das 10 horas no calçadão da Rua XV de Novembro.

A concentração será na Praça Santos Andrade, em frente do prédio histórico da UFPR. Na sequência, ela segue para Pinhais, na região metropolitana, onde participará de uma carreada pela cidade, às 11 horas.

No primeiro turno, Dilma veio três vezes a Curitiba, onde fez 26,82% dos votos, atrás de José Serra (PSDB), que obteve 44,68%. No Estado, Serra contabilizou uma diferença de 5% sobre a candidata petista.

Serra

Nesta quinta, Serra e o governador eleito Beto Richa, vão participar de uma carreata pela manhã em Maringá. Às 11 horas, os dois deverão ir ao Parque de Exposições Francisco Feio Ribeiro, onde vão se reunir com prefeitos e lideranças da região. Depois, viajam a Ponta Grossa, onde participam de uma carreata pelo centro da cidade, a partir das 15 horas.

10 Comentários

  1. Mudou não sera mais no Parque de Exposição e sim na
    Associação Cocamar no mesmo Horario.

  2. O encontro sera as 12 hs. na Associação Cocamar, e as 13hs. a carreata saindo do Posto Ivai no Fim da Picada.

  3. valdir izidoro silveira Responder

    AS VIÚVAS DA DITADURA
    Valdir Izidoro Silveira(*)

    Artigo publicado no jornal Hora H “Serra não é “banana” destila ódio, próprio dos fascistas, contra Dilma. O texto é um libelo a favor da ditadura! Vou ser “curto e grosso” como dizem os gaúchos missioneiros, nacionalistas e defensores do seu território, também fui, quando estudante em Porto Alegre, militante da VARPALMARES, do apoio logístico e tenho orgulho de ter lutado contra a ditadura e ter sido uns dos artífices da retomada da democracia nesse país. Conheci Dilma, em 1968, num “ aparelho”, no Rio de Janeiro juntamente com o meu grande amigo e companheiro Carlos Francklin Paixão Araújo; são duas personalidades éticas, decentes e amantes da liberdade e do povo brasileiro. Não sei se os que os criticam possuem as mesmas credenciais.

    É claro que Serra não é banana; mesmo porque abanana é uma ótima fruta, paz bem a saúde, contém potássio que fortalece os músculos e não pode ser menosprezada em se comparando com a pusilanimidade de Serra que rasgou o seu passado e se converteu num títere, num sabujo, num pelego das forças reacionárias, dos filhotes e viúvas da ditadura.

    No artigo citado, o articulista ao atacar a companheira Dilma, a qual faço esse desagravo, disse que “ não adianta a justificação enganosa de que tudo o que fez ocorreu numa época em que o Brasil estava sob a ditadura militar e que esses atos eram necessários para que se restaurasse a democracia”.

    Não sabe o autor do artigo ( será que não?) que era época de uma ditadura sanguinária que perseguia, prendia, torturava, sumia e matava as pessoas. Eu vivi e testemunhei!

    O articulista ou desconhece aquele período, ou está desinformado, ou é ingênuo, ou é ignorante ou estava a favor da tortura e desmandos da ditadura. O autor, por ser de curso superior, não pode ser considerado desinformado, ignorante ou ingênuo, portanto é , naturalmente, uma explicita viúva da ditadura militar.

    Outra afirmação leviana, para não usar outros adjetivos mais pesados, é a de que “ há um perigo muito grande nisso tudo. E o perigo reside na volta ao Poder daquela parcela de pessoas que provocaram a “ revolução” e contra as quais justifica-se a postulante ao mais alto cargo do País” . Outro equívoco do articulista ao inferir a “volta ao poder”, ora será que o doutor acha que o PT e Lula estão no Poder?
    Se Lula e o PT tivessem no Poder teriam feito, já no primeiro mandato, a Revolução Agrária, a Reforma Bancária com a estatização do sistema financeiro, teria dividido as concessões de TVs , Rádios e jornais hoje monopolizados por meia dúzia de famílias ( Sirotski, Frias, Mesquita, etc.) e concedido concessões à TVs e Rádios comunitárias. Aí teríamos uma verdadeira e autêntica liberdade de imprensa.

    É bom lembrar também que se Lula e o PT tivessem o Poder teria reestatizado a Petrobrás, a Vale e outras ex-estatais que a tucanalhada entreguista privatizou.

    Se alguém é banana na acepção das potencialidades dessa fruta maravilhosa; esse alguém é Dilma que tem a força, a energia do potássio nas suas veias. O resto, o resto é gentalha que quer vender a soberania nacional!
    (*) Jornalista, escritor e engenheiro agrônomo, ex-Militante da VarPalmares
    vis@netpar.com.br

  4. CAÇADOR DE PETISTAS Responder

    VALDIR.

    Fale um pouco da amizade da quadrilheira Dilma com Chaves, Fdel Castro e outros Comunistas idiotas. Fale um pouco mas, sem mentir sobre os assaltos cometidos por Dilma. Aproveita e fala um pouco (se tiver conhecimento claro já que vocês foram assim tão amigos), porque Dilma mente tanto.

    Fala Valdir, fala.

Comente