Uncategorized

Gilberto Carvalho e PT viram réus em ação sobre propina


Do Josias de Souza

O chefe de gabinete de Lula, Gilberto Carvalho, e o PT foram convertidos em réus numa ação de improbidade que corre em Santo André (SP).

Deve-se a informação a uma dupla de repórteres: Ana Paula Scinocca e Leandro Colon.

Em notícia veiculada neste sábado (23), informam o seguinte:

1. A juíza Ana Lúcia Xavier Goldman converteu em ação penal uma denúncia que havia sido formulada pelo Ministério Público de São Paulo.

2. O caso envolve a prefeitura de Santo André (SP) –gestão do petista Celso Daniel, assassinado em 2002, quando coordenava campanha presidencial de Lula.

3. De acordo com a denúncia acatada pela juíza, formou-se sob Celso Daniel uma quadrilha que cobrava propinas de empresas transportadoras.

4. O Ministério Público contabilizou em R$ 5,3 milhões os prejuízos que o esquema causou às arcas municipais de Santo André.

5. O dinheiro, diz a denúncia, era destinado ao caixa dois do PT. Custeava campanhas eleitorais do partido.

6. O PT figura no processo como beneficiário dos malfeitos. Gilberto Carvalho, então secretário de Governo da prefeitura, é citado como como transportador da propina.

7. O Ministério Público sustenta que as verbas de má origem eram entregues por Carvalho a José Dirceu, à época presidente do PT.

8. No seu despacho, a juíza Ana Lúcia anotou: “Há indícios bastantes que autorizam a apuração da verdade dos fatos por meio da ação de improbidade administrativa”.

9. Além de Carvalho e do PT, a magistrada mandou ao banco dos réus o ex-segurança Sérgio Gomes da Silva, conhecido como Sombra.

10. O Ministério Público acusa Sombra, em outro processo, de ser o mandante do assassinato de Celso Daniel.

11. Além de Carvalho, do PT e de Sombra, respondem à ação Klinger Luiz de Oliveira Souza, ex-secretário de Transportes de Santo Anderé; e o empresário Ronan Maria Pinto.

12. O Ministério Público pede que os réus sejam condenados à devolução do dinheiro supostamente desviado e à perda dos direitos políticos por dez anos.

13. Nos próximos dias, Gilberto Carvalho será informado, por meio de citação judicial, acerca de sua conversão de acusado em réu.

14. Na ordem de citação está escrito que o documento deve ser entregue a Carvalho em sua residência ou no “gabinete pessoal da Presidência da República”.

15. Ouvido, o chefe de Gabinete de Lula disse que já falou sobre o caso inúmeras vezes. Declarou que traz “a consciência absolutamente tranquila”.

7 Comentários

  1. Joaquim Botelho Pinto Responder

    Novamente a ptzada vai dizer que não é com eles, que foi algum engano e que a polícia federal (através de algum delegado militante e escolhido a dedo) irá “investigar”. Enquanto isto, o povão acomodado, ignorante e hipnotizado com os programas ditos sociais (mas que só servem para comprar votos se utilizando do dinheiro público dos meus impostos), vai votando na dilminha que agora na campanha mostra a cara de boazinha (lulinha paz e amor). Pobre Brasil. Pobre futuro para os meus netos.

  2. Às vezes, a única coisa verdadeira num jornal é a data” (L.F.Veríssimo) #vejamente #globomente

  3. É isso aí, petezada. Não se trata de armação tucana, nem da mídia. O governo Lula-PT é uma verdadeira quadrilha (no pior sentido) e isso não de agora.
    Brasileiro que vota em Dilma é adepto da corrupção, do roubo ao erário, das fraudes, das trapaças, das intrigas, das mumunhas, da colagem nas tetas públicas, etc.etc. Com Dilma vai continuar e até ficar pior. Cuidado, gente de bem….

  4. Provavelmente os reporteres iram perder seus empregos, a juíza vai cuidar da faxina do tribunal, e a turma de bandidos vai continuar rindo da nossa cara.

Comente