Uncategorized

Temer terá mais força que outros vices

Por Eliane Cantanhêde da Folha.com

Diferentemente de Marco Maciel e José Alencar, que foram extremamente leais respectivamente a Fernando Henrique Cardoso e a Lula, a expectativa é de que Michel Temer seja um vice em que a presidente Dilma Rousseff vá confiar, mas desconfiando.

Ele é presidente do maior partido do país, exerce inequívoca liderança no Congresso e tem personalidade política e pessoal mais forte do que seus antecessores.

Com seis mandatos consecutivos na Câmara desde 1987, Temer será um intermediador dos interesses do PMDB no novo governo. O preenchimento do primeiro escalão passa por ele.

Paulista, 70 anos, Temer entrou na política quase por acaso. Era professor de direito constitucional na PUC-SP quando passou a se reunir com peemedebistas como FHC, José Serra, Mário Covas e Paulo Renato Souza para eleger Franco Montoro governador de São Paulo em 82.

Seu primeiro cargo foi o de procurador-geral do Estado, mas Montoro perdeu dois secretários de Segurança e no final do primeiro ano de governo e chamou Temer. Ele tentou reagir: não entendia nada de direito penal nem da área de segurança: “Nem sei onde fica a secretaria”.

Montoro não aceitou o “não” e o nomeou secretário, com a tarefa de harmonizar as polícias Militar e Civil.

Cinco dias depois, Temer estava “desesperado” e decidido a renunciar, quando viu pela TV uma entrevista do dramaturgo Gianfrancesco Guarnieri ensinando: “A vida é uma representação. Você tem de representar o papel que a vida te entrega”.

Ficou na secretaria (que reassumiria em 1992 para tentar controlar a crise decorrente do massacre do Carandiru), disputou a eleição de 1986 para o Congresso Constituinte e jamais deixou de representar os papeis que lhe couberam. O da Vice- Presidência é o principal deles.

Quando Montoro e seus companheiros criaram o PSDB em 1988, Temer ficou no PMDB: “O PSDB tinha muito cacique. Ouvi o conselho de Montoro: quem ficasse no PMDB iria fazer carreira”. Ele jamais trocou de partido, mas trocou de “turma”.

Como deputado e presidente da Câmara pela primeira vez (1997-2000), foi um dos articuladores do apoio peemedebista aos dois mandatos de FHC (1995-1999 e 1999-2003). Depois, liderou a aliança que deu ao PMDB a vaga de vice do tucano José Serra na eleição de 2002 (que ele perdeu para Lula).

Aos poucos, porém, foi trocando de parceria e se aproximando de Lula, do PT e finalmente de Dilma.

A missão do ministro José Dirceu (Casa Civil) para o PMDB apoiar o primeiro mandato de Lula em troca de dois ministérios fracassou.

Quem conseguiu o feito foi o ministro Tarso Genro, já na campanha da reeleição, em 2006, com Lula fragilizado pela crise do “mensalão”.

A primeira conversa Lula-Temer foi difícil, pois a versão corrente era de que um não gostava do outro. “Vamos furar esse tumor”, propôs Temer, dizendo que tudo era “intriga” e que “admirava a biografia de Lula”.

Saiu da conversa levando três ministérios para o PMDB –que chegaram a seis no final do governo e devem no mínimo se manter sob Dilma.

Mais difícil será negociar as cúpulas do Congresso. O PMDB tem hoje as presidências da Câmara e do Senado, mas o PT elegeu mais deputados. Disputam Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) e Cândido Vaccarezza (PT-SP).

O desempate será o primeiro teste de Temer. Ele, porém, tem como meta “acabar com o preconceito de que o PMDB só pensa em cargo”. E promete atuar sempre nos bastidores: “Serei discretíssimo. Não tenho a menor vocação para carro alegórico”.

9 Comentários

  1. CAÇADOR DE PETISTAS Responder

    Q quadrilha do PT esta solta.
    Todo povo tem o governo que merece. Com meu voto esta desqualificada não se elegeu.

    Sou Paranaense e no Paraná o Pt não se cria.

  2. fiscal de realeza Responder

    JÁ PENSOUSE FOSSE O PIOR VEREADOR DO RIO DE JANEIRO IDIO DA COSTA COMO SERIA QUANDO O FARABUTO DO SERRA TIVESSE QUE SE AUSENTAR DO BRASIL
    IRIA PISAR NOS OVOS E SABERIA O QUE FAZER

    JÁ MICHEL TEMER TEM EXPERIENCIA E TINO DE ADMINISTRADOR AQUELE É BANQUERO ACOSTUMADO A METER A MÂO NO DINHEIRO DO GOVERNO
    AGORA VAI TER QUE LAMBER AS BOTAS DO EX SOGRO LADRÂO DO OPURTUNITI SEU CACHOLA FARABUTO

    RESUMINDO O BRASIL ESTA EM BOAS MÂO E BEM ENDEREÇADO
    E CONTINUE FALANDO MAS VÂO TER QUE ENGOLIR MESMO QUE SEJA NO SECO

    BAI BAI TUCANADA

  3. Voces estão vendo o nascimento de um monstro, a Dilma que se prepare para aguentar esse pessoal do PMDB, insaciaveis

  4. Qdo um País testemunha o propagado Maior Partido do Brasil, que seria o PMDB, atrelar-se à um partido de oportunistas, mensaleiros, e escambaus como o PT e seus correligionários, assiste pensando no que pode ser feito , p que as decepções não deixem os brasileiros mais desacreditados nos que se conclamam Politicos e Salvadores da Pátria, Vamos aguardar o que teremos no futuro, e se possivel, agarrar-se bem aos salva-Vidas.Pq este Barco já vem furado

  5. BEM FEITO P O PMDB, BEM FEITO P O TEMER, ELE ESTARÁ PAGANDO A TRAIÇÃO QUE FEZ AO GRANDE ULISSES GUIMARÃES,
    POIS O PMDB , EXISTIU ATÉ QDO AQUELE HELICÓPTERO CAIU AO MAR E LEVOU JUNTO ULISSES,
    SUCUMBINDO COM ESTE DESAPARECIMENTO O MAIOR ARTICULISTA POLITICO DO BRASIL.
    COM ELE MORREU NESTE DIA TDS OS PMDEBISTAS VELHO DE GUERRA, E RESTOU UM MONTE DE FISIOLOGISTAS E OPORTUNISTAS.
    RESTAM OS POBRES DE ESPIRITO QUE AINDA ACREDITAM NELES.
    .

  6. TO DOIDINHA P SABER QUAL SERÁ O PREMIO DE CONSOLAÇÃO QUE SERÁ OFERTADO AO OSMAR.
    E ASSISTIR DE CAMAROTE UM FALASTRAO COMO O REQUIÃO ENGOLIR A LINGUA SOSSEGAR SE NÃO QUISER LEVAR SOPAPO..
    VÁ ELE SE METER COM ESTA TURMA DE BARBUDOI QUE RODEIA A PRESIDENTA

Comente