Uncategorized

Passada a eleição, TSE julga errada decisão que impediu candidatura de Iris Simões

Só depois de passada as eleições o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julgou errada a medida do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) em negar o registro da candidatura a deputado federal de Íris Simões.

Segundo o TSE, Íris Simões e Carlos Simões (não se candidatou este ano) foram proibidos de disputar eleições por três anos pelo uso da Casa do Povo para fins eleitorais em 2006 e estariam proibidos de se candidatar até 2009. Neste caso, o TRE do Paraná errou ao negar o registro da candidatura pois aplicou uma lei de 2010, que para casos semelhantes declara inelegibilidade por 8 anos.

Os irmãos Simões podem voltar a disputar eleições em 2012 ou 2014.

3 Comentários

  1. Nem vou com a cara dos dois irmãos,mas, que foi sacanagem foi,e o Duce o que fez com a TVE??????Quer maior truta do que esta??????Vejam os tratamentos como são diferenciados,só ladrão de galinha é pego pela Lei da Ficha Limpa, e o Duce,ninguém chega no gardenal????? O que “ELE” tem que os outros não tem?????
    Pô os caras do TRE são parentes do Duce,pelo jeito, ou ele arrumou o salário dos caras,tem muita sujeira debaixo deste tapete….
    Será que teria cadeia para todos?????

  2. Isso é brincadeira com o povo. O Iris Simões, era o quinto candidato mais citado nas pesquisas para deputado federal. Também, os grandões da política guardaram os Simões a sete chaves para não correrem risco de perder seus mandatos. O povo vai dar o troco nas urnas em 2012

Comente