Uncategorized

Gleisi recebe em doações mais que a soma de adversários


Por Taysa Dias, da Gazeta do Povo
Foto: Christian Rizzi

Os principais candidatos ao Senado no Paraná arrecadaram juntos R$ 15 milhões para suas campanhas, segundo informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A senadora eleita Gleisi Hoffmann (PT), sozinha, recebeu mais do que os outros três candidatos juntos. Ela teve R$ 7,9 milhões para suas despesas, enquanto o segundo lugar em arrecadações, o senador eleito Roberto Requião (PMDB), obteve R$ 3 milhões em doações.

A maior doadora identificada da campanha de Gleisi é a em preiteira Camargo Corrêa, que doou R$ 1 milhão. Coin ci dentemente, a empresa é também a maior doadora dos dois principais candidatos ao governo do estado no Paraná neste ano, Beto Richa (PSDB) e Osmar Dias (PDT). A maior fonte de recursos da campanha de Gleisi, porém, é o Diretório Nacional do PT, que contribuiu com R$ 1,9 milhão. Nesse caso, no entanto, não é possível identificar com clareza quais foram as empresas que fizeram as doações encaminhadas ao comitê da candidata.

Roberto Requião, o maior doador foi o candidato a primeiro suplente em sua chapa, o empresário Francisco Simeão. Dono da BS Colway Pneus, o empresário doou R$ 857 mil à campanha. O segundo maior doador da campanha de Requião foi Cixares Libero Vargas, que é administrador e acionista do grupo de controle da Positivo Informática, doando R$ 500 mil.

14 Comentários

  1. Duval Simões Araújo-Londrina Responder

    Segundo Requião e seu sobrinho João Arruda na Bandnews em entrevistas após a eleição, a campanha da moça foi maior do que candidatos ao governo do estado. Tomara que esse dinheiro investido volte em investimentos para o Estado do Paraná, pois ela é amiga da presidência e do PT. O povo votou confiando nisso. Se não trabalhar, e bem, se acaba politicamente.

  2. CAÇADOR DE PETISTAS Responder

    Fala sério galega. E o dinheiro do mensalão do PT não foi usado em sua campanha? Você, é mulher de um só mandato assim como sua chefe Dilmentira.

  3. Mas isto, por acaso, nao seria dinheiro da itaipu né?
    acho que é só fofoca este negócio que ela e o marido enriqueceram absurdo pela itaipu né?
    e isto nao deve ter nada a ver com as lavagens de dinheiro do pt né?
    tadinha! o pessoal é muito maldoso! fica falando estas coisas!

  4. QUERIDOS, COM ESTA SOMA, COM ESTA BIG QUANTIA ATÉ O PROFESSOR PIVA OU O IRINEU FRITZ TINHAM SE ELEITO A SENADOR!
    QUEM MANDA ELES NAO SEREM CASADOS COM O CARA LÁ DO PLANEJAMENTO!

  5. SYLVIO SEBASTIANI Responder

    Esta relação de recebimento de “dinheiro” é Oficial, Tem por fora que ninguem sabe, ninguém viu!

  6. Agora estou compreendendo o porquê de muitos benefícios fiscais que o Estado coloca. Não me parece que tem relação com objetivos sociais, apesar de a justificativa política ser sempre esta. O setor de informática no Paraná, por exemplo, nada de braçada há muito tempo! Esse fato é, no mínimo, muito curioso!

  7. Parreiras Rodrigues Responder

    Sempre disse que a prioridade do PT era a composição de bancadas majoritárias nas duas casas congressuais. (Congressuais é phodha, hein?). Agora aguentemos, não existe Oposição. A que tinha era morna. Deixou inclusive de lascar impeachmente em Lula quando da roubalheira do mensalão. Agora, phodhamo-nos todos…

  8. Com esse dinheiro todo não precisa nem fazer campanha. Pra bom entendedor, meia palavra basta.

  9. DOAÇÃO??? Fala sério? Doaçao nenhuma ja estao atras dela esperando o retorno do empréstimo feito para sua campanha. E esse Tribunal Eleitoral serve para quê? Fora o que tiraram dos nossos impostos e roubaram para eleger Dilma, a Ptzada toda e essa Gleisi que caiu de para-quedas e o povo (Esse povo pelo amor de Deus) foi eleger esse troço! Vai ser tudo devolvido em superfaturamentos, desvio de impostos, perdao de dívidas, renegociaçao de dívidas tirando juros etc… Uai ja tá chegando a CPMF será por quê? Parabens aos eleitores do PTTTT… E pêsames para nós que lutamos e pagamos nossos impostos para sustentar essa farsa desse Governo, o mais corrupto ja visto na História do Brasil.

Comente