Uncategorized

Gastos também em Paranaguá

A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) também lançou licitação (pregão presencial 001/2010) para contratação de “empresa especializada para serviços de gerenciamento de auxílio alimentação e refeição aos empregados da Appa”. O valor dessa licitação é de R$ 10.259.251,00.

9 Comentários

  1. Deve ter uns 5 milhões de gordura aí, sem falar que o TC tem de ficar de olho na empresa que vencer.

  2. O VALE ALIMENTAÇÃO JA ESTÁ SOMADO EM SEPARADO NO CONTRA-CHEQUE DOS PORTUÁRIOS, SERÁ QUE ISTO É MAIS UMA “PANSUTICE”?
    SERÁ QUE “OS PATETAS DO PANSUTI” QUEREM FATURAR UMA COMISSÃO NOS ÚLTIMOS 30 DIAS?

  3. É tem que ver o que o Diretor Administrativo e Financeiro – DIRAFI vai levar nesta,porque é ele o responsável desta área junto com o Chefe do Depto.Administrativo, destas mirabolantes tetas,que tal pintar uma Ação de Improbidade Administrativa ,claro que não devemos esperar NADA do TC ,pois, eles já são omissos em quase todas as áreas em nosso Estado,basta ver a própria casa….
    Novamente deverá haver uma CPI no Porto,mas, claro que não tendo um certo deputado como o ex dep.que presidiu a CPI,se ele reclamar vai ter que explicar qual foi a solução,eu pessoalmente não vi nada,nem MP,nem TC,nem TJ tomou qualquer medida….até seri interessante haver explicações….

  4. Estão seguindo certinho os conselhos do Pessuti,
    vão detonar todo o dinheiro prá ferrar o Beto Richa.

  5. Este valor total equivale ao vale alimentação/refeição mensal de cada servidor, multiplicado por aproximadamente 704 servidores e por um período de 24 meses, acrescida da taxa máxima de administração de 1,20%.
    A licitação será disputada na modalidade de pregão presencial, com grandes perespectivas de redução da taxa de administração a percentual zero ou até negativo, uma vez que as operadoras deste tipo de cartão ganham nas taxas cobradas dos estabelecimentos conveniados (mercados, restaurantes, etc).
    Destaca-se que o vale alimentação está previsto no Acordo Coletivo de Trabalho (com vigência de 2 anos) e hoje é pago em separado, mas em folha de pagamento, que pode suscitar indesejáveis ações trabalhistas, como de costume em Paranaguá.
    Os interessados poderão consultar o edital no site do Governo do Estado (www.comprasparana.pr.gov.br), para entender melhor a questão e escrever menos impropérios a respeito.

Comente