Uncategorized

Petrobras tem 43 contratos com marido de ministeriável

Fernanda Odilla na Folha de S. Paulo

A empresa do marido de Maria das Graças Foster, nome forte para o primeiro escalão do governo Dilma Rousseff, multiplicou os contratos com a Petrobras a partir de 2007, ano em que a engenheira ganhou cargo de direção na estatal.
Nos últimos três anos, a C.Foster, de propriedade de Colin Vaughan Foster, assinou 42 contratos, sendo 20 sem licitação, para fornecer componentes eletrônicos para áreas de tecnologia, exploração e produção a diferentes unidades da estatal.
Entre 2005 e 2007, apenas um processo de compra (sem licitação) havia sido feito com a empresa do marido de Graça, segundo a Petrobras.


A C.Foster, que já vendeu R$ 614 mil em equipamentos para a Petrobras, começou na década de 1980 com foco no setor de óleo e gás, área hoje sob a responsabilidade de Graça Foster.
Funcionária de carreira da Petrobras, Graça é cotada para um cargo no primeiro escalão do governo dilmista, como a presidência da Petrobras, a Casa Civil, a Secretaria-Geral da Presidência ou outro posto próximo da presidente eleita, de quem ganhou confiança.
Foi por indicação de Dilma que Graça ganhou, a partir de 2003, posições de destaque no Ministério de Minas e Energia, Petroquisa e BR Distribuidora e, há três anos, assumiu a diretoria de Gás e Energia da Petrobras.
Antes de a C.Foster firmar esses 42 contratos com a Petrobras, a relação de Graça com a empresa do marido, Colin Vaughan Foster, já havia gerado mal-estar.
Em 2004, uma denúncia contra a engenheira, relacionada ao suposto favorecimento à empresa do marido, foi encaminhada à Casa Civil.
O então ministro José Dirceu pediu esclarecimentos ao Ministério de Minas e Energia, sob o comando de Dilma. A fonte da denúncia não é identificada nos documentos obtidos pela Folha.
Na ocasião, foram listados dois contratos da C. Foster com a estatal: um de 1994, e outro, de 2000.
Coube à própria Petrobras elaborar um ofício com explicações sobre duas investigações internas envolvendo Graça no período em que ela era gerente do Cenpes (Centro de Pesquisa e Desenvolvimento da Petrobras).
Sem detalhar as apurações, a Petrobras informou no ofício que durante as entrevistas “surgiram críticas contundentes” a Graça Foster e alguns empregados agregaram “denúncias de irregularidades nos negócios com a C.Foster”.
O documento diz ainda que foram encontradas “evidências de que houve prejuízos à Petrobras”, mas não revela o tamanho nem os responsáveis por ele.
A Petrobras informou no documento que a “comissão não encontrou provas de má-fé ou intuito de auferir vantagens financeiras”.
Em defesa de Graça Foster, a estatal destacou ainda no documento que a engenheira informou ao assumir o cargo que se casou com o dono da C.Foster em 1994, depois de 13 anos de namoro.

TEMPERAMENTO
O ofício diz que “não ficou caracterizada a existência de prática de crime ou improbidade administrativa”, mas enfatizava o temperamento difícil da engenheira.
“Cumpre agregar que nas declarações prestadas, verificou-se que Maria das Graças era objeto de restrições por grande parte do pessoal de seu setor, dado principalmente, como veio externar a comissão, “o modo com que tratava seus subordinados'”, diz o ofício da Petrobras para a Casa Civil.
Assim como a presidente eleita, a diretora da Petrobras carrega a fama de dura, exigente e agressiva.
Se vingar a ideia de Dilma de “desidratar” a Casa Civil, aumentam as chances de Graça ser nomeada ministra. A avaliação da equipe de transição é a de que a diretora da Petrobras não tem jogo de cintura para chefiar um superministério.

14 Comentários

  1. O “Caveirão” da Petro e seus Esqueletos ……
    O Brasil do Mensalão vai entrar na era do Espanto !

  2. chrystian sobania wowk Responder

    Começou bem as futuras indicações do “novo” Governo.

    Tenho a impressão que serão 4 anos de corrupção.

    Att.,

  3. Isso é alarmante e ninguém vai fazer nada? Todos vão mamar para ficarem milionários? Onde está a ética e a moral no Serviço Público? Essa caterva vai esvaziar as reservas do Brasil , rir da nossa cara e na nossa cara.

  4. QUE VERGONHA, TANTA UMPUNIDADE, TANTO TRATO DEVASSO COM O DINHEIRO PÚBLICO DOPOVO BRASILEIRO. AGORA SIM: VERDADEIRAMENTE A RAPOSA PARA CUIDAR DAS GALINHAS!!!. COISA DO PT, ISSO É A MARCA REGISTRADA DELES TODOS SEM EXCEÇÃO. EU TENHO MEDO DO QUE PODREREMOS TER QUE ENCARAR. CORRUPÇÃO EM TUDO, FEITA E LEGALIZADA PELO DITOSO PRESIDENTE QE QUER ERADICAR A MISÉRIA.. PRA DAR P/ OS APADRINHADOS SEUS, PODEROSOS ISSO SIM É ACABAR COM A MISERIA. FÁCIL COM O DINHIERO PÚBLICO. PORQUE NÃO USA DOS SEUS RECURSOS PROPRIOS? MAFIOSOS, PT E SUA TURMA

  5. É assim que caminha o governo PT , não muda,é corrupção atrás de corrupção,mas, com um grande detalhe,conta com o aval nas urnas norte e nordestinas para roubar a vontade,então , o que fazer?????
    Vamos ver muita roubalheira ainda,o Sir Ney ainda nem começou a mamar e mandar,e, DEUS ainda pode dar um reverso em tudo isso,processo atrás de processo.
    Ah! Já ia esquecendo, a cabelereira de Porto Alegre ficou com o cargo na Comissão de Transição da Guerrilheira??????Talvez ela vá dar o tom e ditar a moda da mulherada,ou vai virar ministra cabelereira ,e ditar como serão os cabelos ministeriáveis,sorte do Paulo Bernardo que é meio careca,livrou-se antecipadamente do mico,mas, isto é o PAC 2 do PT…

  6. PT CÍNICOS E CORRUPTOS Responder

    PROMOTORES DE JUSTIÇA, OAB, POLÍCIA FEDERAL E TRIBUNAL ELEITORAL, onde estão vocês que não0 defendem os interesses do cidadão brasileiro?

    Onde estão vocês que não zelam pela coisa pública?

    QUE VERGONHA DE SER BRASILEIRO.

    BRASIL, UM PAIS ONDE O CRIME COMPENSA.

  7. Pela foto da dona Maria “sem-graça”, o maridão deve amá-la muito, especialmente o cargo da esposa e seu futuro com Dilminha.
    Taí mais uma “erenice” da vida…

  8. Ammarante mello rego Responder

    Essa mulher ta do avesso se for pro ministerio vai ser o ministerio circo dos horrores

  9. TEM QUE ROUBAR MESMO. ROUBAR E ACERTAR A VIDA DA PARENTAIDA p tista. NÃO FOI ESSE O (des)GOVERNO QUE VOCE ESCOLHEU. ENTÃO “GUENTE”! E NEM COMEÇOU O (des)GOVERNO DA QUADRILHEIRA…

  10. erenice, maria das graças, a cabelereira- agora é a vez das mulheres aliadas da dilma se espelharem nos ídolos do pt que frequentaram as manchetes por motivos ignóbeis

Comente