Uncategorized

MP denuncia filho
de Abib Miguel por homicídio doloso

Foto: Aniele Nascimento / Arquivo Gazeta do Povo

Carro dirigido por Eduardo Abib Miguel estava em alta velocidade e atingiu outro veículo na esquina da Rua Francisco Rocha com a Avenida Batel em dezembro de 2009. Quatro pessoas morreram no acidente

Da Gazeta do Povo

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) apresentou nesta quarta-feira (24) denúncia criminal contra Eduardo Miguel Abib, filho de Abib Miguel, ex-diretor da Assembleia Legislativa do Paraná. Em dezembro do ano passado, ele se envolveu em um acidente que causou a morte de quatro pessoas, no bairro Batel, em Curitiba.

O promotor de Justiça Marcelo Balzer Correia denunciou o acusado por homicídio com dolo eventual, ou seja, quando o motorista assume uma conduta de risco de provocar a morte de outras pessoas. O MP ainda solicita que Eduardo Abib seja julgado pelo Tribunal do Júri.

Alta velocidade

O acidente com o filho de Abib Miguel ocorreu no início da manhã de 7 de dezembro de 2009. Ele dirigia uma caminhonete Pajero e teria furado um sinal vermelho na esquina da Rua Francisco Rocha com a Avenida Batel. O veículo dele bateu em um carro onde estavam cinco pessoas. Apenas uma delas sobreviveu. No dia do acidente, Eduardo Abib chegou a ser preso em flagrante, mas acabou liberado.

O inquérito policial do caso, concluído na semana passada, indica que Eduardo Abib apresentava sinais de embriaguez e dirigia em alta velocidade. Um laudo pericial concluiu que o acusado dirigia com velocidade entre 117 e 121 quilômetros por hora. O limite na via onde ocorreu a colisão é de 60 quilômetros por hora.

Eduardo Abib é filho do ex-diretor geral da Assembleia Legislativa. Abib Miguel, o Bibinho, está preso acusado de desvio de dinheiro público. O caso foi denunciado pela séria Diários Secretos da Gazeta do Povo e da RPCTV.

13 Comentários

  1. Ammarante mello rego Responder

    Se o pai nao cai em desgraça ,ninguem ia se incomodar com o filho,mas quando o cachorro ta morto as varejeiras tomam conta,mas familia sem lei unida vai pra cadeia junto

  2. Isto nos faz lembrar de um outro fato semelhante. Velocidade, embriaguez, filhinho de papai, rico, semi-dono do mundo. Será que a justiça vai funcionar? São 6 vidas ceifadas de maneira absurda e inconsequente. EDUARDO ABIB MIGUEL e FERNANDO CARLI FILHO. Ambos protegidos por pais poderosos e corruptos e envolvidos com políticos partidários também poderosos e corruptos. Como será que conseguem tantos favores?? Vão ficar impunes? Esses assassinos devem ser julgados exemplarmente para que a sociedade não desacretite da justiça brasileira, que já está começando a cair no descrédito nesses casos envolvendo políticos e poderosos.

  3. Meu Deus, espero que a justiça coloque essa pessoa na cadeia pelo resto de vida!!!!!!, quem brinca com a vida de inocentes tem que pagar com sua vida na cadeia!!!!

  4. O “HOMEM” lá de cima não é comprável, por isso assassinos , ladrões, corruptos e outros adjetivos, podem por as barbas de molho , pois o bicho pega.
    Por aqui a justiça comprável livra eles, o deputado que nunca vai ser julgado, o sobrinho do maria loca, vai continuar solto, esse aí também não vai pra cadeia, pois cadeia é só para PPP.

  5. O filho do Bibinho vai pagar por todos os pecados da família. Mas ele é fruto do meio, pensou que ia se dar bem, como o Carli, porém com o escândalo do pai, ele se ferrou. . Agora vai ter que enfrentar a ira do povo. Tá ferrado. ACarlos

  6. O Joao Arruda sobrinho de Requião tambem matou 2 inocentes e ta ai livre leve e solto e agora deputado federal.

  7. E cadê o outro motorista q sobreviveu???
    Pq o inquerito dele fechou tão rápido antes do julgamento do pai???
    Engraçado não…tem zé mané q demora 4 anos para ser julgado, mas quem é filho de gente conhecida tem o inquerito fechado sem provas suficientes…
    Pois é ainda acredito na inocencia das pessoas…e no julgamento erroneo. Estão querendo culpar, quem ainda não provou-se ter culpa.

  8. Se a justiça não condenar esse filho do Abib Miguel, muitos outros casos vão acontecer. Se não houver um exemplo de punição mostrada pela sociedade, isso vai demonstrar que outras pessoas de grande poder aquisitivo podem fazer o mesmo que filho de Bibinho. Tem que acabar com esses acidente de trânsito. A lei brasileira de trânsito NÃO PUNI NINGUÉM! Quantos mais casos a gente vai ver pessoas morrendo por causa de acidente de trânsito? Agora, espero que punição do ex-parlamentar Carlo Filho, seja um exemplo para sociedade. Não pode acontecer de uma pessoas que matou duais sair em lesa.

Comente