Uncategorized

Pessuti quer criar secretaria que extinguiu em 2002, diz Rusch

O líder da Oposição, deputado Elio Rusch (DEM), voltou a criticar a proposta de criação da Secretaria da Mulher quando faltam somente 25 dias para o término do governo.

“Nunca vi na história do Parará um governo, tenha ele perdido ou ganhado a eleição, querer mexer na política de governo da futura administração. Não é possível votar esse projeto em caráter de urgência, pois não haverá tempo e recursos para ser implantado pela atual administração”, disse.

Rusch lembrou que em dezembro de 2002, ao final do governo Jaime Lerner, a equipe de transição do governador eleito Roberto Requião pediu para que fosse extinta a Secretaria de Estado da Criança e Assuntos da Família. O motivo da extinção, alegado na época, era o de que as funções da pasta seriam incorporadas pela Secretaria do Trabalho, Emprego e Promoção Social.

“As secretarias foram agrupadas, mas com as prerrogativas menos específicas quanto à política familiar e da mulher. Agora desejam criar uma secretaria que tem as mesmas funções daquela que o PMDB pediu para extinguir anos atrás”, justificou.

O deputado lamentou que o governador Pessuti tenha recusado o pedido do governador eleito, Beto Richa, para que esse projeto não fosse votado neste momento. “O Beto pediu para não votar agora, pois haverá uma alteração no organograma do Estado. Assim como ele fez ao unificar as Secretaria de Obras e Transportes, poderá fazer com outras secretarias. Não é o momento de se criar novas pastas e sim adaptar as já existentes e reduzir custos para o Estado”, afirmou.

O projeto que cria a Secretaria de Estado da Mulher está em regime de urgência. Por isso, a sessão plenária desta segunda-feira foi transformada em Comissão Geral para a votação da constitucionalidade. Com o voto de desempate do presidente em exercício da Assembleia, Antônio Anibelli, o resultado foi 20 parlamentares a favor do projeto e 19 contrários. Rusch avisou que vai tentar postergar ao máximo a votação do mérito da mensagem.

10 Comentários

  1. FALTA 19 DIAS ÚTEIS!!!!
    VAI ACABAR O GOVERNO-TAMPÃO MAIS RIDÍCULO QUE JÁ VIMOS… ESSE CARA NÃO SE TOCA?!
    SÓ DÁ TEMPO PRA LIMPAR AS GAVETAS PESSUTÃO, SE MANDA PRA CANCÚN!

  2. Christiano Fernandes Responder

    ISSO É O QUE O SAUDOSO E QUERIDO VICENTE MATEUS DIZIA. “É UMA VERDADEIRA FACA DE DOIS LEGUMES”. POR ISSO FAÇO UMAZINHA SÓ PERGUNTA: E POR QUE É QUE OS MILITANTES DO “DEM”, FICAM FALANDO NA MIDIA O QUE QUE O LULA OU A DILMA TEM FAZER NO GOVERNO???? AOS AMIGOS TUDO. AOS INIMIGOS, O RIGOR DA LEI…

  3. Pra que ???? Só pra deixar um legado ?

    O que fizeram no governo nestes últimos 8 anos não vai ser possível esquecer logo , pois vai continuar cheirando por um bom tempo ainda , ainda mais se bater sol em cima …..

  4. PARABENS AO ROMANELLI POR TER SAIDO DO PLENARIO NA HORA DA VOTAÇÃO E NÃO TER VOTADO NESTA POUCA VERGONHA…..

  5. Só podemos pedir uma oração pela alma desse deputado infeliz, porque de resto ele ja é vazio, hora vejam, a secretaria para assuntos da mulher é importante sim, e lembrem que metade dos votos dos paranaenses é de mulheres, respeitem quem ajudou a leva-los aos cargos que ocupam, esse senhor tem uma visão distorcida da politica, ve malandragem em tudo, menos nos seus atos duvidosos.

  6. não quer , ele conseguiu. Necessário , com certeza é…. agora ter pessoas para trabalhar lá é outro assunto , Será igual aos hospitais do Requião, existem ,mas não tem profissionais para trabalhar lá …. complicado ….

  7. Cara, este tal Pansuti é o mais jaguara. Nao existe coisa igual. O maior lobo em pele de cordeiro da politica do parana! vergonhaaaaaa!!!!!

Comente