Uncategorized

Suspeito de participação na morte de prefeito de Rio Branco do Sul é preso


Policiais cumprem mandados de busca, apreensão e prisão em Rio Branco do Sul e Almirante Tamandaré. O homem detido seria parente da ex-mulher de Adel Rutz, apontada como mandante do crime. Outras duas pessoas são procuradas

Diego Ribeiro e Fernanda Trisotto da Gazeta do Povo

Agentes do Grupo De Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) realizaram uma operação na manhã desta segunda-feira (6), em Rio Branco do Sul e Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba, para cumprir mandados de busca, apreensão e prisão de suspeitos de matar o ex-prefeito de Rio Branco do Sul, Adel Rutz (PP). Até o meio-dia, uma pessoa foi presa. O homem seria parente da ex-mulher de Rutz, Josiane Portes Rutz, que é apontada como mandante do crime. A detenção ocorreu em Almirante Tamandaré.

O Gaeco ainda busca mais duas pessoas acusadas de terem relação com o crime. Elas estão foragidas. Durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão, uma pessoa foi presa por porte ilegal de armas. Os nomes dos presos não foram divulgados. A ação deve ocorrer até o fim do dia.

Crime

Adel Rutz foi assassinado no dia 1º de março, na Rua Domingos Faria, no Centro de Rio Branco do Sul. Uma moto preta com dois homens cercou o prefeito, que foi atingido por cinco tiros. De acordo com a polícia, um carro dava cobertura aos assassinos. Poucos dias depois do crime, a mulher de Rutz, Josiane Portes Rutz, foi presa, acusada de ser a mandante do crime. O casal estava separado há poucas semanas antes de o assassinato ocorrer.

1 Comentário

  1. kATIA JACKELINE SANTOS Responder

    O que a população de Rio Branco do Sul quer é uma resposta pro crime do nosso Prefeito doa a quem doer!

Comente