Uncategorized

Franklin volta a atacar mídia e diz que falta credibilidade a jornais

Da Folha

Às vésperas de deixar o governo, o ministro Franklin Martins (Comunicação Social) voltou a fazer críticas à mídia brasileira.

Em entrevista ao site “Congresso em Foco”, Franklin acusou a imprensa brasileira de ser “partidária”, de ter “má vontade” com o governo e de fazer “dobradinha” com a oposição.

O ministro fez ataques aos grandes jornais –chamados por ele de “jornalões”– ao afirmar que esses veículos vivem hoje um “seríssimo problema de credibilidade”.

“Um grande número de leitores não acredita mais no que o jornal diz. (…) Muitas vezes os leitores perceberam que havia má vontade com o governo, desproporcional. E havia uma leniência com a oposição”, afirmou.

Franklin disse que os jornais distorceram números favoráveis ao governo e vão terminar a gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva “vendendo menos do que vendiam antes”.

REGULAÇÃO DA MÍDIA

Ao falar sobre o projeto de regulação da mídia que vai encaminhar à presidente eleita, Dilma Rousseff (PT), o ministro disse que a sociedade vai ser a “mais prejudicada” se ele não sair do papel.

“Há certas obrigações que devem ser contempladas. Isso se faz no mundo inteiro e ninguém nunca achou que é censura”, disse Franklin.

A Folha revelou no início do mês uma minuta do projeto de regulação da mídia, elaborada por um grupo coordenado por Franklin, que prevê a criação de uma Agência Nacional de Comunicação.

O órgão teria poderes para multar empresas que veicularem programação considerada ofensiva, preconceituosa ou inadequada ao horário.

Segundo o ministro, o projeto a ser enviado a Dilma vai incluir “pluralismo, equilíbrio e respeito à privacidade das pessoas”.

15 Comentários

  1. Franklin Chaves e mais uma agência cabide de empregos, deveria aprender que o povo tem capacidade de escolher e dicernir sobre o que lê. Afinal um Lula 86% vem da onde?

  2. ESTE CIDADÃO QUE NÃO TEM CREDIBILIDADE NENHUMA É UM ANTIDEMOCRATICO E CHANTACHISTA ELE DEVERIA SE COLOCAR EM SUA INSIGUINIFICANCIA COMO A TV BRASIL QUE NEM …. CONSEGUIE FAZER POR SER UMA PESSIMA TV

  3. Essa figura sisnitra está injuriada …
    Não acolheram seu docinho de coco, seu cajuzinho, seu filhotinho “Franklinstein” de regulação da mídia …
    Esse zero a esquerda vai sair do governo para continuar a ser a nulidade que sempre foi no jornalismo.
    Aí dói, ai dói …

  4. Parreiras Rodrigues Responder

    Daqui do meu escritorim, na garage da minha casa, olho pruma charge do Akio, da Folha de Londrina, mostrando Mário Covas escoltado por anjos entrando num elevador que o levaria aos céus, enquanto São Pedro se desculpava pelo mau estado do equipamento, antigo, cheio de teia de aranha: Faz tempo que não é usado. Esse é o elevador para bons políticos.

    E lembrando Mário Covas, diria prá Franklin Martins que tanto a Imprensa como a Oposição foram de inesperada tibieza e condescendencia a respeito do governo que se despede. Que deveria ser cassado, isso sim, pois por muito menos roubalheira, corrupção e safadagem,. Collor o foi.

    Franklin Martins é sim, um antidemocrata desejoso de ver instalado aqui o Estado Totalitário. Vade Retro!

  5. CAÇADOR DE PETISTAS Responder

    Este pilantra sempre teve sangue soviético em suas veias.
    Rste imbecil, juntamente com o fascista Lula e agora com a desqualificada quadrilheira Dilma, ainda irão transformar o Brasil em uma Venezuela. Querem nos calar, querem impedir os esclarecidos de fazer cirticas a este governo de corruptos. bando de covardes, alimentam o povo pobre em troca de voto.

  6. Franklin deve estar lendo a Gazeta do Povo. Daí tem razão.

    Mas tem outros jornais que tem credibilidade.

    Cabe ao leitor escolher se que um jornal por credibilidade e qualidade ou se quer um “jornal” porque quer uma barraca de praia com mais meia dúzia de brindes!!

    Quando começam essas promoções é sinal que as vendas estão lá embaixo, ou seja como jornal ninguem mais acredita na linha editorial e na qualidade do jornalismo

  7. Vigilante do Portão Responder

    Não sei não,
    Será que ele defenderia o bom e velho “PASQUIM”?
    Lembrando que o jornal, censurado e perseguido, durante a ditadura, DEFENDEU o direito de pessoas como o Sr. Martins de criticar o regime fardado.

    Centenas de jornalistas foram TORTURADOS e PRESOS. Alguns até PERDERAM A VIDA, defendendo pessoas como o Sr. Franklin Martins.
    Esse mesmo, que agora quer “CENSURAR” a imprensa.

  8. O dia quando acabar o pagamento da imprensa (todas) com dinheiro público, então, aí sim, a imprensa vai se voltar para o leitor. A imprensa do interior é uma pouca vergonha. Os jornais, rádios e tvs são todos cooptados (comprados) com verbas publicas de publicidade e quando não, por fora. Só falam o que interessa para os prefeitos e políticos que comandam o jogo.

  9. Precisamos apresentar nosso ex governador a ele. Terá uma ajuda de peso para malhar a imprensa canalha.
    Tem cara que espera sair para operar a metralhadora giratória.
    Quando se dá cargos para quem se acha revolucinário russo de 1917, há grandes chances destas posições. Quem não consegue assimilar os golpes da imprensa, que não se torne homem público.

  10. Gostaria de encontrar-me com esse tal caçador de Petista…

    Mostrar a esse cidadão com quantos paus se faz uma cangaia…

  11. Faço minhas as palavras do Parreiras Rodrigues!
    Acrescento apenas que além de frouxas e condecendentes, a Oposição política e a Imprensa brasileira tornaram-se reféns voluntárias da “república sindicalista”. Não sei se por receio, comprometimento…sei lá…
    Faltam líderes que falem pelos brasileiros indignados!!!

  12. Também sou contra qualquer veículo de comunicação dar prêmios para vender assinatura etc. Porém, isso não quer dizer que o jornal vai mal ou está no vermelho.
    São estratégias de marketing que, a meu ver, popularizou-se no país, mas que não cai bem junto ao leitor consciente e formador de opinião. Quer dar prêmios, presentes etc? Dê livros e outros dentro da área cultural. Aí é aceitável e valoriza o veículo.
    Mas, a Gazeta – queiram ou não – é ainda o melhor veículo de comunicação do Paraná. Os demais ficam devendo e muito!
    A nova fase da Gazeta sob o comando dos herdeiros de Dr. Francisco e Dr. Lemanski estão dando uma guinada respeitável aos seus veículos de comunicação e a Gazeta é um exemplo disso.
    E que assim continue. Tem o apoio dos paranaenses cansados de tantas falcatruas e politicagens.

  13. Desde quando falar a verdade é atacar a velha imprensa?
    A velha imprensa é medíocre mesma, depois de apoiar a ditadura, só apoia os candidatos da direita retrógrada!

  14. SYLVIO SEBASTIANI Responder

    Porque ele não atacou antes das eleições, somente quando garantiu o emprego com a Dilma que ele vem atacar a midia.Ele foi da midia da Globo, motivo que arrumou emprego com o Lula.

Comente