Uncategorized

Provocações de Requião

Enquanto isso, o senador eleito Roberto Requião continua a cutucar o governador Orlando Pessuti pelo Twitter. “Recomendo ao Beto (Richa) terminar o Palácio Iguaçu, retirar a vistosa placa do Pessuti e inaugurarpronto e de verdade”, escreveu ontem Requião. “Só um leviano daria licença prêmio a 7.000 professores simultaneamente , sem prever as consequências da ausência. Resultado = caos”, retrucou.

7 Comentários

  1. avatar diz…
    A verdade é que o Guga não tem futuro no PSDB. Se ficar e acreditar nas mentiras do Beto, vai se “ralar todo”. O Beto não tem palavra. Não cumpre acôrdos, haja vista o que fez com o Alvaro Dias. Se eu fosse o Guga não entraria nessa em hipótese alguma. Político tem que disputar eleição de dois em dois anos senão, perde o bonde da história e, o Gustavo está com a bóla da vez em qualquer partido. O Beto não quer sombra e sabe que se ajudar o Gustavo terá um grande adversário no futuro. Portanto o Guga tem que procurar o seu próprio caminho.

  2. Augusto de Irati Responder

    Não acredito em mais ningém. Não adianta. Chega ! O Requião e o Pessuti são ultrapassados, e só cometeram injustiças.
    Agora vem Beto Richa, com um discurso do Novo Paraná,
    mas é uma falácia, e ainda,por detrás dos panos veem sacaneando os seus melhores aliados, pessoas boas para compor a equipe de governo.

  3. Sr Senador quanto a licensa especial o Sr. como Senador e ex governador seria o primeiro a defender o direito legal dos beneficiados de usufruirem dele, alias o premio é exatamente para aqueles que não faltam. Sr Senador espera-se que sua gestão seja pautada na Constituição e na garantia da defesa dos direitos, é bom lembrar que a construção de um Estado de Direito pressupõe a defesa deles. Sr. Senador espero que combata o nepotismo,que alias foi marca no seu governo. As vezes o silêncio é a melhor opção.

  4. E só um LEVIANO COMO REQUIÃO baixa um decreto que deixou de exigir a apresentação de recibos e notas fiscais como comprovante de gastos com comida e hotel, facilitando a servidores praticarem fraudes. Isso porque o único comprovante apresentado era o recibo de saque do banco. Esse é o tal cartão corporativo do Maria Louca.

Comente