Uncategorized

Marcello Richa anuncia novos equipamentos esportivos em Curitiba

O secretário municipal do Esporte, Lazer e Juventude, Marcello Richa, destacou os novos equipamentos esportivos que a Prefeitura vai construir para a comunidade.

“Neste ano, a cidade vai ganhar vários equipamentos que vão melhorar ainda mais as condições para a prática esportiva”, disse Marcello Richa, que nesta terça-feira esteve na praça Eucaliptos para conhecer o espaço em que será construído o Centro da Juventude.

A nova unidade, na Regional Boqueirão, será voltada para o atendimento de jovens de 15 a 18 anos e irá oferecer espaço com piscina, quadra esportiva coberta e auditório para a realização de eventos, bem como promoverá aulas e atividades físicas, esportivas e culturais.

A Vila Audi, na Regional Cajuru, também ganhará um Centro da Juventude. Outros equipamentos previstos são Clubes da Gente CIC, Tatuquara e Boa Vista; Complexo Esportivo no Xaxim; e academias de ginástica ao ar livre em todas as regionais.

Além da praça Eucaliptos, Marcello Richa esteve nas unidades de atendimento da Secretaria na Regional Boqueirão, onde há três Centros de Esporte e Lazer.

Durante as visitas, Marcello Richa conheceu as instalações e conversou com técnicos e profissionais de cada unidade sobre o atendimento, estrutura física, programas e serviços ofertados para a comunidade.

“O diálogo aberto com os profissionais de nossas unidades permite conhecermos melhor a realidade de cada região e direcionar ações que visam aprimorar nossos serviços e programas, atendendo as demandas e incentivando a participação da população”, disse Marcello Richa.

Entidades Sociais – Na praça Eucaliptos, Marcello Richa também visitou a sede da Associação de Moradores dos Núcleos Habitacionais Eucaliptos 1, 3 e 4 (AMONHE), no objetivo de fortalecer o trabalho em parceria com a entidade.

“Com o apoio das entidades sociais, conseguimos ampliar e descentralizar o atendimento na região, facilitando o acesso da população a ações e programas que visam à melhoria da sua qualidade de vida”, disse o secretário do Esporte, Lazer e Juventude.

A presidente da AMONHE, Sofia Taborda Ribas, ressaltou a importância do trabalho em parceria com a Secretaria. “Agradeço muito a visita, pois demonstra que a Prefeitura valoriza o trabalho das entidades sociais e busca a opinião da população para planejar e executar ações que atendam as necessidades de cada comunidade”.

Fundada em 1995, a entidade atua na defesa dos direitos da comunidade do bairro Alto Boqueirão, bem como realiza orientações e encaminhamentos da população para as políticas públicas municipais. Na Casa do Vovô, sede da entidade, promove atividades de lazer e convivência para a terceira idade, como quadra de bocha, sinuca e repasse de orientações relacionadas à saúde.

15 Comentários

  1. quem é o filhinho de papai e mamae??? é formado em que além de ser filho e neto de politicos, o que ele entende de esporte????
    agora é assim além de por irmão em super secretaria , esposa em outra … ainda o filho… que festa e ainda falam mal do requião só rindo ….

  2. O que impressiona é a capacidade das pessoas em falarem daquilo que não sabem. Perspicácia, competência e habilidade é para poucos, quando estão presentes em um cículo familiar, tornam-se maiores e MELHORES. Faz bem pensar antes de criticar.

  3. Fabbio Jardim- Campo Mourão Responder

    È isso ai Marcello. Jà chegou mostrando trabalho. A juventude de Curitiba sò tem a ganhar!

  4. E isso ai ja começou muito bem Marcello , força sempre ! Garra e sangue novo , força jovem em nossa capital !!!

  5. Caro fabio, nada contra o marcelo, mais sabe o que mais me espanta e o numero de parentes nomeados pelo atual governador, veja bem que ate ex-corrupto se e que existe isso, me causa preocupaçao, pois ja vimos que de novo esse governo nao tem nada pois esta aos poucos trazendo a velha guarda da turma do lerner para o governo a parentada e o que mais so o tempo dira

  6. Esse pessoal que perdeu a eleiçao ( Requiao Osmar Pessuti e outros) so sabem falar mal tiveram a sua chance e seu anos de poder e nao fizeram nada e agora torcem para o quanto pior melhor,mais o Parana ja escolheu os seus governantes e a Familia Richa tem uma longa caminhada de trabalho em favor do Parana Parabens e boa sorte que Deus ilumine voçe Marcelo Richa,va em frente e boa sorte.

  7. Marcia Rodrigues Responder

    Tudo isso vai ser feito sim. Mas não por mérito desse rapaz. Ele nem sabe o que está fazendo na Secretaria. Todos esses investimentos serão feitos porque constam do orçamento municipal aprovado pela Câmara de Vereadores em dezembro/2010. Seria interessante se as pessoas fossem honestas em informar ao público. Isso tudo é dinheiro do povo de Curitiba que será investido em seu benefício, seja quem for o secretário.

  8. Se o cara ficasse no gabinete, haveria critica de que vive enclausurado no gabinete e nao sabe das necessidades da populacao, como sai e vai sentir de perto os anseios dos curitibanos, da mesma forma o acusam… dificil assim… Acho que com a escolha do Marcello, a secretaria e a juventude como um todo ganham em envergadura politica e competencia!

  9. Conheci o Marcello em curitiba e depois aqui em Guarapuava, tenho certeza que empenho, audacia e capacidade ele tem para gerir esta secretaria, pois tem as mesmas idéias e ideologias do atual Governador…

    Silvio-Guarapuava
    JPSDB

  10. Vilmar Soares Constantino Responder

    Parabens ao Prefeito Luciano Ducci pela indicação de Marcelo Richa para Secretaria de Esporte e Lazer. Precisamos de jovens com novas ideias e vontade de trabalhar, crescer politicamente e em breve formar mais uma liderança para o Estado e Pais , pois estamos carentes de novas lideranças. Siga em frente e boa sorte para você novo Secretario .

  11. Na avaliação do cientista po­­lítico Ricardo Costa de Oli­­veira, da Universidade Federal do Pa­­raná (UFPR), a prática não condiz com o discurso de modernização da administração adotado por durante a campanha eleitoral. Para Oliveira, o eleitor de Richa que esperava mu­­danças fica decepcionado com o grande número de parentes. “Vemos o nepotismo sendo ampliado, com o irmão em uma supersecretaria e a esposa assumindo uma pasta com um peso muito maior”, aponta ele. “Além disso, há conexão política com a prefeitura, perpetuando uma rede familiar que nega o princípio da impessoalidade no poder público.”

Comente