Uncategorized

Secretários discutem ações esportivas contra drogas e crimes

O secretário da Segurança Pública, Reinaldo de Almeida César, recebeu nesta quarta-feira (12), a visita do secretário do Esporte, Lazer e Juventude de Curitiba, Marcello Richa, que apresentou planos para as duas secretarias.

Os projetos vão servir para delinear a atuação conjunta das secretarias, especificamente nos programas que se referem ao esporte. “Os projetos são muito bem-vindos e a perspectiva de integração é favorável a Curitiba, criando, através do esporte, um ambiente saudável para que os jovens possam sair do mundo das drogas e da criminalidade”, explicou o secretário da Segurança.

Para Marcello Richa, as ações em estudo tem como objetivo colocar o esporte na vida dos jovens. “O esporte é uma ferramenta que desestimula a entrada de jovens no mundo das drogas e da criminalidade”.

8 Comentários

  1. JAIR CARNEIRO SARANDI Responder

    Vai ser um bom secretário o MARCELLO, conheci ele aqui no interior quando da campanha do seu pai, gente boa.

  2. Como se o trafico de drogas preecisa-se ser combatido pelo esporte,eu acho valido isso de jovens no esporte,mas não é assim que a banda toca.
    Hoje o trafico de drogas na capital tem que ser combatido pela policia com aumento do efetivo,se o secretario pouco fizer e ficar com essa conversinha fiada de esporte que peça o boné.
    Sou mais o Deputado Francischini esse sim entende de segurança e de combate ao narcotrafico.

    Att

    André Sobania

  3. Cleberson - bairro alto Responder

    Qnta bobagem André! Vc entao fala que deve jogar a policia em cima das criancas que vivem a mergem do trafico e do crime ou incentiva-las ao esporte? Todas as praticas sao valiadas e o esporte eh com certeza um grande facilitador. Se trabalhado em conjuntos pode gerar muitos excelentes resultados. Parabens a iniciativa do sec marcelo richa.

  4. O filho do governador querendo uma carona na onda do pai… Grande autoridade no assunto de segurança, assim vai o mundo!

  5. È Andre voce esta muito errado as drogas são sim combatida com o esporte, ou seja criança praticando esporte esta longe das drogas.

  6. Elvio Kertelt Legnani Responder

    Respeito todas as opiniões, mas não concordo com algumas. Em primeiro lugar, o esporte tem sim, um importante papel na formação do cidadão, na moldagem de seu caráter e de seu senso de ética e companheirismo. O que devemos entender aqui, é que o esporte provavelmente não vai recuperar quem já está perdido no mundo das drogas, para estes casos sendo necessárias outras ferramentas. Neste plano, deve-se pensar a longo prazo, mais ou menos como o esporte na prevenção de doenças. É algo para o futuro, para tirar os jovens dos pontos ou situações de risco, que porventura poderiam ocorrer caso o jovem não estivesse estimulado pela prática esportiva. Essa interdisciplinariedade é salutar, e é uma importante ferramenta para impedir o ingresso de milhares de jovens no universo paralelo das drogas e do crime, pois independente da profissionalização no esporte, o jovem torna-se um cidadão com princípios e senso de ética e humanidade, com a prática contínua do esporte.

  7. Sabemos muito bem que existem usuários de drogas ilícitas em TODOS os segmentos sociais… inclusive atletas, políticos e até médicos!
    O esporte contribui para a formação dos jovens, sem dúvida.
    Porém, é fundamental uma política pública SÉRIA, para combater o tráfico e inibir o uso de drogas.
    Sem isso, a sociedade continuará “sustentando” a violência e criminalidade!!!

Comente