Uncategorized

Comandante da PM quer melhorar confiança da população na polícia

Tomou posse na manhã desta quinta-feira o Comandante da Polícia Militar do Paraná, coronel Marcos Teodoro Scheremeta. Ele falou sobre os planos do novo governo para a segurança e prometeu aumentar o efetivo de policiais em locais considerados foco de violência.

Sabendo da árdua tarefa que tem pela frente, o coronel foi enfático:“O que mais me preocupa é que a população não confia na polícia”.

Na coletiva, coronel Scheremeta buscou traçar planos para melhorar a confiança da população em relação aos homens da lei. Uma de suas promessas é aumentar o número de policiais em regiões que preocupam. “Quando você coloca mais policiais, você dá mais segurança a população, precisamos reforçar horários e locais perigosos, tirar policiamento de onde existem situações mais tranquilas e atacar os focos de violência com mais ênfase”, disse ele.

O Comandante também falou a respeito da volta dos módulos policiais nos bairros, que segundo ele, é um compromisso dado pelo Governador Beto Richa. “Os módulos são uma base referencial de segurança pública, eles devem ter na mesma estrutura, Polícia Civil, Policia Militar, e Guarda Municipal. Um exemplo são os postos de saúde referenciais com todas as especialidades médicas disponíveis, e na segurança tem que ser assim. Temos que atender satisfatoriamente a população e esse é um compromisso do governador”. Scheremeta acredita que ainda neste ano, pelo menos 14 destes postos serão colocados em funcionamento.

Falou sobre o serviço de 190 e sua importância no combate à criminalidade. “A população que liga para este serviço tem que ter uma resposta rápida, é difícil você passar uma ocorrência e te mandarem ter calma e paciência. Precisamos de tecnologia para aprimorar o atendimento, mas isso vai demandar tempo e investimento”, finalizou ele.

17 Comentários

  1. “precisamos reforçar horários e locais perigosos, tirar policiamento de onde existem situações mais tranquilas e atacar os focos de violência com mais ênfase”, disse ele.

    VESTIR UM SANTO E TIRAR A ROUPA DE OUTRO E O INTERIOR COM 1 POLICIAL POR CIDADE, NADA MUDA MESMO, E O SALÁRIO ÓÓOÓÓ!!!!!!!!!!!!

  2. Mais retorica e pouca efetividade, nada vai mudar, tem de contratar policiais novos, não tem de onde tirar mais gente

  3. Espero que o novo governo faça um diferencial importante, não adianta fazer projetos mirabolantes, todo policial sabe qual é o maior problema da polícia, a falta de policiais.É inadmissivel que um policial militar cumpra um turno de 24 horas de serviço em cidades com 12,15,20 mil habitantes trabalhando sozinho!!! Isso mesmo, trabalhando sozinho!! O governo anterior comprou viaturas novos, pistolas novas, coletes novos, criou batalhões novos, mas nada de novos policiais. REVOLTANTE!!!!

  4. ola mustafah tem sim donde tirar efetivo ja esta quase terminando o curso dos novos policiais em FOZ do IGUAÇU o nosso governador ja deu entrevista que vai abrir novos concusos publicos para PM e outras corporações
    vamos ser justo o beto comesou o governo agora tenho fé vai mudar pra melhor

  5. Mais um que entra e sequer sabe o que vai fazer !!!!Só palavras vãs ou obviedades !

    O que precisa ser feito todo mundo sabe:

    1 – integração da policia militar e civil;
    2 – dotar as delegacias de infraestrutura e pessoal qualificado;
    3 – aperfeiçoar a polícia científica e inteligente (exemplo seriados de TV), utilizando de mapa de riscos e ocorrências;
    4 – dotar a polícia civil de investigadores qualificados;
    5 – dotar as cidades e especialmente da RM, de aparatos da polícia civil e militar;
    6 – rever o papel das guardas municipais, que em vários municípios pela ausência da polícia estadual (civl e militar), executam serviços de segurança pública (se for o caso municipalizar o policiamento);
    7 – informatizar a polícia civil e militar, de forma que não precisemos nos deslocar para uma única delegacia para fazer BO´s de furtos/roubos de veículos;
    8 – atender todos os roubos/furtos e investigar as ditas ocorrências, não somente os casos que envolvem “celebridades”;
    9 – rever o sistema penitenciário, classificando a massa carcerária e destinando os indivíduos aos serviços de recuperação e pena, de acordo com o crime e grau de periclosidade;
    10 – implementar a integração Poder Judiciário com a segurança pública, de forma a agilizar os processos/julgamentos;
    11 – incrementar a polícia comunitária, com envolvimento da comunidade;
    12 – combater o roubo/furto de veículos, que segundo as empresas de seguros, tem incidência de = ou – 60 veículospor dia, em Curitiba (mapear e divulgar as regiões de maior índice de ocorrências e divulgar à população, como medida preventiva e saneadora;
    13 – combater seriamente o tráfico de drogas; dentre outras ações !

    Então, antes do discurso vago é preciso que se estabeleça um planejamento para a segurança pública do PR , com ações a serem desencadeadas (objetivos, atribuições, metas, quem é quem, R$, datas/prazos, etc) !

  6. Sendo ele eleito Cmt Geral e q é cargo de confiança do Gov ele iria promete ok? Ninguém falou de salário e n é ele q vai falar hoje, o tempo é o senhor da razão.

  7. ESSE CORONÉL É MUITO BOM (o Cmt anterior também é).
    O que o Governo precisa, além de contratar mais PM, é cuidar da parte financeira. A PEC 29 ja´foi aprovada, agora é só aplicar. SOMENTE COM A MELHORIA SALARIAL E COM A MELHORIA DA FORMAÇÃO (NÍVEL SUPERIOR) É QUE VAMOS DIMINUIR A CORRUPÇÃO, ESSE CÂNCER TÃO PRESENTE NO SERVIÇO PÚBLICO (NÃO É PRIVILÉGIO DOS BRASILEIROS).

  8. Se não trocar os Comandantes de Batalhões e a maioria dos
    Oficiais em nada vai mudar o Coronel Scheremetta bem sabe disso. Dá-se uma ordem pelo Cmt Geral e os Oficiais principalmente aqui do interior estão acostumados a dizer “aqui nos fazemos do nosse jeito”.

  9. Subtenente PM/RR Responder

    Conheço o Coronel Scheremeta desde quando ele era 2º Tenente, todos nós Policiais Militares sabemos da sua experência policial e competência Operacional e Administrativa. Caro Coronel Scheremeta, temos algumas sugestões para melhorar a segurança da população Paranaense:
    1. Que sejam contratados, Cargo em Comissão, Policiais Militares da RR, com bom comportamento e com qualificação profissional, para realizar as atividades administrativas em todas as Unidades da PM, inclusive PROERD, Escolinha e setor ADM do DER, COPOM e tantas outras. Com esta atitude teremos milhares de Policiais imediatamente nas Ruas e policiais experientes no serviço administrativo da PM. Ganha a sociedade que terá mais Policais nas ruas e ganham os PMs/RR que estarão desempenhando funções qeu já têm grande experiência e não ficarão correndo risco de vida trabalhando de segurança nos mais diversos locais como ocorre hoje, ou ainda o que é pior, muitos por falta de atividade, entregando-se ao vício da bebida.
    2. Tenho um amigo que atua na área de segurança que tem uma excelente idéia que é a viabilização de Unidades móveis, com câmeras de segurança que poderão ser deslocadas cada dia em um bairro, com um efetivo de dez Policais, por exemplo. Essa base fica posicionada em um local extratégico para atendimento à população e equipes com motocicletas e à pé realizam o Policiamento Preventivo Ostensivo. Com apenas uma Unidade e poucos policiais, podem ser atendidos diversos bairros, cada dia um.

    Boa sorte e continuaremos sugerindo.

  10. Paranaense sempre Responder

    Enquanto a população continuar sendo assaltada nos lugares mais movimentados da cidade em plena luz do dia, por usuários de crack , continuarei não acreditando na Policia …..

  11. Módulos policiais nos bairros é polícia mais presente ? engano Engano !!!!!!!

    Sem falar que é um tal de montar módulos policiais e desmontar, que afronta o erário: uma brincadeira com o escasso R$ público !

    O que precisamos é de polícia móvel, ágil e rápida, que atenda a população quando for chamada !

    O 190 por exemplo, no final de semana não funciona ( e a noitte também) !!!!!Quando ligamos aparece gravação do corpo de bombeiros e que está sobrecarregada, não importando o momento que se ligue ! (dá a entender que deixam esta ligação: “todos os nossos atendentes estão ocupados”, fecham as porta e vão pra casa !)

    Ou seja, o que se vê é que precisam mudar questões básicas ! Além disso, há que se ver a proliferação das empresas de segurança privada nos bairros !

    (Será que existe interesse do poder público de que a polícia funcione ?), assim ela concorrerá com a “máfia” das empresas de segurança privada !

    Sugiro que a ALEP abra uma CPI sobre segurança pública:

    prisões injustas e ilegais; defensoria pública, situação das delegacias ou falta delas; ação das firmas de segurança privada nos bairros; furtos/roubos de veículos em Curitiba ( 54 carrospor dia), situação do sistema carcerário, etc !

  12. Se o efetivo da Pm é de 18 mil homens sendo 3 mil de bombeiros, sobram 15 mil na Pm.

    Se o problema é aumentar o efeito, levando-se em conta que um recruta estaria pronto pra ruas em dois anos.

    Questão matemática:

    Pega-se 15 mil homens divide-se por três= 5 mil homens

    Sendo a escala em sistema ternário.

    Ficaria assim 12X36 com 8 de escala extra entre as 36.

    DETALHE PAGANDO-SE AS 8 HORAS EXTRAS JUSTAS COM ADICIONAL NOTURNO EM TUDO QUE TEMOS DIREITO.

    Aumentaria-se o nº de pms nas ruas da noite para o dia em 5 mil homens.

    No fim todos vão querer trabalhar na extra, vai acabar com os bicos, o que é muito mais perigoso para o PM.

  13. Vanderlei, 12X36= 4 grupos, sem falar que trabalhar 20 (12+8)pra descansar 28(36-8), que é a sua proposta, é serviço de escravo, volte pras aulinhas de matemática antes de vir achar que tem a soluçao para a segurança.

  14. A maioria das pessoas que dão palpite, não sabem o que estão falando, vamos dar crédito ao governo atual, que pelo menos está tentando fazer alguma coisa, escolheu Secretários e Comandantes de qualidade, quanto a corrupção que tanto falam ela existe em todo serviço público

Comente