Uncategorized

Prejuízo por safra

Quatro mil toneladas de grãos foram desviadas por safra do Porto de Paranaguá.

12 Comentários

  1. E pensar que um irmão foi eleito senador. O outro é do Tribunal de Faz de Contas. Eeeeeeeeeeeeeta paranzão….

  2. Crise no Porto coloca Zé Mendes no ‘aquecimento’
    19 de Janeiro de 2011 – 16:12

    José Carlos Mendes.
    O ex-presidente Conselho da Autoridade Portuária (CAP), José Carlos Mendes, conhecido como Zé Mendes, ex-companheiro da presidenta Dilma Rousseff na guerrilha, foi convocado às pressas nesta quarta-feira (19) para entrar no ‘aquecimento’.
    Com as sucessivas crises que castigam o maior graneleiro do mundo, como essa que resultou em prisões realizadas pela Polícia Federal, voltou hoje à pauta, em Brasília, o projeto de encampação do Porto de Paranaguá.

    Além de Mendes, tem outros nomes que também estão em ‘aquecimento’ desde o final do ano passado. O PT, por exemplo, também pode entrar na briga para indicar o próximo superintendente da autarquia federal. Tem na manga o jornalista parnanguara André Piolli.
    O rapaz tem a simpatia da senadora Gleisi Hoffmann (PT), do ministro do Planejamento Paulo Bernardo e é sobrinho do deputado federal Ângelo Vanhoni (PT).
    Fonte: Blog do Esmael

  3. luigi mastrangi Responder

    Isso significa aproximadamente 100 caminhões bi-trem.
    É mole ou querem mais?
    Dá-lhe vovó Naná and brothers.

  4. Depois que o povo elegeu um senador, a família está alforriada. Tal qual Justus, Curi, Belinati et caterva. Somos um povo governado por……?

  5. Só me faltava essa. Ja não basta Itaipu? Agora usar o porto para fazer caixa de campanha para a bonequinha de porcelana do PT e do seu Bernardão.
    Ora, Ora os ratos irão continuar se alimentando do soja e do farelo so que agora serào os do ratos do PT.

  6. 17:50 hs – Sei não, mas acho que o Zé Mendes vai cansar de
    aquecer, afinal ele era muito chegado do Brizolla e não da …
    Lili Carabina

  7. Pois é, e a familia está bem representada em Brasilia, com o senador e o Dep.Fed.João Matador Arruda; tudo com dinheiro nosso… é, a politica tá podre. Ninguém mais se elege para servir, mas sim para se servir!!!

  8. Até a parte de pedir comissão pra aprovar contrato, a gente entende, claro que explica mas não justifica, mas é quase que lei entre os maravilhosos políticos. Mas desvio de carga, daí já é demais, é bandido mesmo. E o juíz não quis decretar prisão porque? E o mano senador ainda não foi cassado porque?

  9. Provavelmente quem pagou as contas foram as empresas proprietárias e os coitados dos motoristas que levam os produtos agrícolas para o porto, Afinal 1% é a tolerância de perda no transporte de grãos?

  10. Porto é Porto em qualquer parte do mundo, acho que os homens vão para o inferno embarcando em algum Porto.
    Quando o dono da soja carrega o caminhão ele coloca um pouquinho a mais para equacionar as perdas pelas frestas do caminhão, evaporação, etc… Aí o porto contrata alguma empresa para fazer a limpeza do Cilão, que a cada três meses limpa umas mil toneladas de soja que mandaram a mais. O PROVOPAR até recebeu uns troco, mas quem vai reclamar se o dono mandou a mais.
    Pelo jeito acharam pouco e mexeram na balança, aí não tem perdão é passaporte para o inferno.

  11. lLITORAL- JAMAIS PRIVATIZAÇÃO, AFINAL DE CONTAS O REQUIÃO SUBIU NO PALANQUE DA “”””BILY KID ROUSSEF”””, E DEVASSA POR DEVASSA, VAMOS FAZER TAMBÉM NA ITAIPU, NO BANCO DO BRASIL, NAS LOTERIAS, ETC. ETC,

Comente