Uncategorized

Oficina de trânsito trabalha para reduzir acidentes com crianças

O Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) de São José dos Pinhais realiza uma oficina nos dias 25 e 26 de abril, das 8h às 17h. Em parceria com a ONG Criança Segura, o evento tem como principal objetivo capacitar professores que possam multiplicar nas escolas as maneiras de prevenir acidentes com crianças.

A oficina faz parte do programa da Prefeitura, “Educação para o Trânsito Compromisso com a Cidadania”, e será realizada na sala do Museu Atílio Rocco. Durante os dois dias de palestras, serão apresentados dados informativos e estatísticos sobre acidentes de trânsito envolvendo crianças até 14 anos. Além disso, explicações sobre as principais causas desses acidentes e também os métodos de prevenção.

Segundo o Ministério da Saúde, todos os anos, mais de cinco mil crianças morrem e cerca de 110 mil são hospitalizadas vítimas de acidentes no trânsito, no Brasil.

O objetivo da Criança Segura é diminuir esses índices. “As crianças são mais suscetíveis a esse tipo de acidente. Então é importante tomarmos os cuidados necessários para reduzirmos esse perigo”, disse a coordenadora de mobilização da ONG Criança Segura, Lia Gosales.

A coordenadora de educação para o trânsito do Demutran, Josiane Inácio Arruda, ressalta a importância de levar o assunto para dentro das escolas. “Com essa capacitação dos nossos professores, em parceria com a Criança Segura, teremos as escolas trabalhando o tema trânsito. Como os educadores são multiplicadores, essa capacitação é de extrema importância”.

Para Eduardo Umbria, diretor do Demutran, “Essa oficina faz parte do programa de educação no trânsito que estamos desenvolvendo em São José dos Pinhais. Em parceria com a Secretaria de Educação, conseguimos entrar com essa orientação nas escolas, o que é de extrema importância para diminuirmos esses acidentes”.

ONG:
A Criança Segura é uma organização não governamental dedicada à promoção da prevenção de acidentes com crianças e adolescentes de até 14 anos. A organização atua no Brasil desde 2001. Para cumprir sua missão, desenvolve ações de Políticas Públicas – incentivo à discussão sobre o tema e participação nos diálogos referentes às mudanças e adaptações de instrumentos legais que visem a segurança, saúde e bem-estar da criança.

1 Comentário

  1. Poxa vida.
    Eu que pensei ter visto dois guardas municipais escondidos nas esquinas do desvio e acesso que levam ao aeroporto Afonso Pena, no cruzamento da Av Rui Barbosa com o posto de combustíveis BR, a espera de um motorista distraído para multar, nesta semana, será que terão tempo para ensinar as crianças como não se envolver em acidentes..
    Tem mais é que promover esses encontros nas escolas no dia a dia das crianças. Essa história de caçar dois dias para promover esses programas de nada adianta.
    O trabalho tem que ser massante.
    Bem, depois que um “expert” mudou o sentido das ruas daquí de São José, fazendo nós motoristas dar enormes voltas para chegar onde queremos, aumentou ainda mais o número de acidentes nas ruas de S.J.
    Mas o que parece é que a administração atual usa os guardas escondidos nos cruzamentos para levantar uma graninha com as multas, afinal, o município precisa de verba e essa de orientação aos motoristas de nada adianta mesmo.
    Dia desses pedi uma informação a um guarda municipal, como faria para chegar em um endereço, devido a mudança nos sentidos das ruas, não estava conseguindo me localizar e ele me disse o seguinte:
    “O SENHOR PODE IR POR ONDE QUISER, DESDE QUE NÃO ANDE NA CONTRA MÃO”
    É mole ou quer que massageie.
    “Não me façam pegar nojo”

Comente