Uncategorized

Operação Tubarão procura fraudes em restituições do IR


Do G1 Paraná
A Receita Federal, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal iniciaram uma operação nesta terça (26) para apurar fraudes em restituições do Imposto de Renda de contribuintes “laranjas” na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep).

Investigações da Receita apontaram para um esquema que utilizava de contribuintes supostamente “laranjas”, que desconheciam o recebimento de valores expressivos de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF). Essa restituição teria origem em pagamentos feitos pela Alep.

A Receita também apurou que o valor dessas restituições era incrementado com deduções que não existiam. Essas deduções, comprovadas como falsas pela Receita, diziam respeito a “Despesas com Instrução”, “Despesas com Planos de Saúde” e “Contribuições mensais a fundos de Previdência Privada”. A Receita suspeita que dois funcionários da Alep estavam envolvidos no processo de fraudes, aliados com funcionários de uma instituição financeira.

Os valores restituídos foram creditados em contas bancárias mantidas em nome desses contribuintes “laranjas”, sendo que a maioria tinha origem na mesma agência de um banco privado.

2 Comentários

  1. quanta sujeira já comprovada né? e cadê desses caras irem pra cadeia? da nada… ainda elegeram de novo os cabeças da corrupção.

  2. E eu pensei que já tinha visto tudo da Casa do Espanto …
    E saber que quase todo o plantel anterior foi reeleito …
    Tiririca se elejeu dizendo “vote em Tiririca, pior do que está num fica”, mas parece que a Casa do Espanto quer bater esse record …

Comente