Uncategorized

Primeira baixa

A operação Tubarão da Polícia Federal já começa a mexer na estrutura da Assembleia. A ex-chefe de telefonia, Silvana Bruell, foi suspensa por 30 dias por suspeita de operar um esquema de fraude nas restituições de imposto de renda da Casa. A decisão foi do presidente do Legislativo, deputado Valdir Rossoni.

6 Comentários

  1. Boa essa.
    Como que a telefonista teve tempo e conhecimento para saber quantos e quais eram os fantasmas da casa para então arquitetar os processos de restituição. Quem será que tinha essa lista. Será que essa telefonista não tinha que atender só os telefones? Coitada deram mais trabalho para ela e nem pagaram hora extra.

  2. Só 30 dias de gancho? Demissão sumária seria se fosse na minha empresa. Mas como é naquela casa de “desleis”, tudo se espera e nada mais nos surpreende…

  3. Primeira baixa, e unica esta operação devia se chama…
    (OPERAÇÃO TUBARÃO SÓ ENGOLE BARRIGUDINHO DE VALETA)
    Para quem não sabe que peixe é este, pois ele e muito comum nas valetas da cidade..

  4. essa historia da telefonista, esta muito parecida com a historia…

    da vovo NANA, ferrrou a coitada da empregada………………………..

    bota a gloriosa POLICIA FEDERAL neste caso, assim saberemos

    a verdade; ……………ha………………..ha…………………ha………………

  5. Eu só gostaria de saber como uma chefe de telefonista, foi parar dentro do Departamento de Pessoal e manipular as declarações de rendimentos.

    O historiazinha mal contada esta em?

Comente