Uncategorized

Greve e protesto na Itaipu Binacional

Mais de mil trabalhadores da Usina de Itaipu Binacional, em Foz do Iguaçu, fizeram uma paralisação de duas horas na manhã desta quinta-feira (5). A paralisação foi motivada pela greve de tabalhadores do lado paraguaio da usina, que reivindicam melhores salários. O presidente do Sindicato dos Eletricitários de Foz do Iguaçu (Sinefi), Assis Paulo Sepp, explica que a mobilização foi também um ato de repúdio à diretoria da Itaipu que está permitindo a entrada de empregados do Paraguai pelo lado brasileiro, “em uma tentativa de esvaziar a grave deles”, explicou Seep.

Segundo a Itaipu, as reuniões que estavam programadas para hoje e amanhã com o Comitê de Relações Trabalhistas e sindicatos foram canceladas em decorrência do protesto desta manhã. Apesar da greve e de trabalhar com apenas 50% da mão de obra (lado brasileiro), a Itaipu garante que isso não afeta a geração de energia.

2 Comentários

  1. è isso prova, que tem muita gente que quer trabalhar, apesar de alguns achar que nao está bom o salário

  2. Vc não sabe nem escrever, como vai querer trabalhar lá! Que tal estudar um pouquinho? Eles estão lutando por um direito justo que consta no tratado de itaipu.

Comente