Uncategorized

Inflação em Curitiba foi a maior do Brasil no último ano

Entre os itens mais caros, estão roupas e despesas com habitação. Inflação acumulada chegou a 8,48% no ano; só em abril, 1,23%.

Do G1 PR

Uma pesquisa do IBGE aponta Curitiba como a cidade com maiores aumentos nos preços em abril e maior inflação nos últimos 12 meses. Uma das entrevistadas ouvidas pela reportagem diz que no ano passado compro carro, computador, celular e assinou internet – mas que agora tem dificuldade de controlar as despesas.

A inflação acumulada dos últimos 12 meses chegou a 8,48%. Em abril, na comparação com o mês anterior, foi de 1,23%. Entre os itens mais caros, estão roupas, despesas com habitação (como alugueis) e tarifas de água, esgoto e energia elétrica.

Segundo o IBGE, o que mais pesou na conta de quem vive em Curitiba e Região Metropolitana, foi o transporte, por causa do aumento no preço dos combustíveis.

3 Comentários

  1. Vigilante do Portão Responder

    Cantei essa pedra.

    A INFLAÇÃO passa de 10%.

    É um perigo.

    Inflação alta, pressupõe REMARCAÇÃO, rteajustes automáticos de tabelas.

    Vai CORROER SALÁRIOS.
    Sorte que o mercado de trabalho está aquecido.

    Não estamos sabendo lidar com a inflação.

  2. robson souza pereira Responder

    E a nossa senadora Barbie do Paraguai pra ferrar de vez com tudo quer DOAR 6 bilhoes aos hermanos Paraguaios..justificativa ???tecnica e juridica nenhuma !!!
    Ai tem coisa !!!!
    Enquanto isso os pobres otarios brasileiros cada vez mais pagam mais impostos…alguem tem que pagar esta gastança Petista !!!

  3. A inflação divulgada (em torno de 0,5% ao mês) é somente para o rico que ganha igual ou acima de 10 salários mínimos. Para os que ganham menos, ela já passou de 50%! Os alimentos duplicaram ou triplicaram de preço nos últimos 12 meses. E o pobre gasta só para se manter vivo mais da metade do salário. Não existe comida barata para ele, a não ser a de baixa qualidade que vai lhe afetar a saúde. Com o seu baixo salário corroído, ele fica pasmo com esses (falsos) anúncios.

Comente