Uncategorized

Brasil quer que próximo chefe do FMI seja de país emergente

Da Reuters

O Brasil acredita que o próximo chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI) deveria vir de um grande país emergente, mas não planeja pressionar ativamente por isso, disse uma autoridade sênior do governo à Reuters nesta terça-feira (17) .

“Nós acreditamos que a Índia e o Brasil seriam boas opções. Mas nós também acreditamos que é provável que a Europa mantenha um profundo controle sobre o cargo e, portanto, nós não estamos planejando insistir muito nesse assunto por enquanto”, disse a autoridade, em condição de anonimato.

Escândalo

As especulações de quem vai assumir o cargo de diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI) começam após Dominique Strauss-Kahn ter sido preso pela polícia de Nova York, no sábado (14). Strauss-Kahn foi acusado de agressão sexual por uma funcionária de um hotel. Ele foi formalmente acusado de agressão sexual e tentativa de estupro e encontra-se preso.

4 Comentários

  1. Do Brasil o único nome é o do Meirelles. E a sociedade internacional pode até aceitar. Agora se indicarem alguém vai ser o Palloci, que certamente será vetado!

  2. VLemainski - Cascavel Responder

    Engraçado. Falavam tão mal do FMI e agora defendem a indicação de um basileiro para a presidência. Essa petezada não tem jeito mesmo…

  3. A proposta é tão descabida que, a tal autoridade não teve coragem de se deixar identificar. Com certeza ficou com vergonha de ser zoada. Tony

  4. Concordo plenamente com o VLemainski ……….o Pt sempre criticou o FMI, mas agora quer tomar conta dele.Porque será?Alguem sabe?????????????

Comente