Uncategorized

Justiça proíbe “Marcha da Maconha”

Depois de muita discussão e manifestações de protestos contra e a favor, o juiz da Vara da Central de Inquéritos de Curitiba, Pedro Luis Sanson Corat, expediu uma liminar proibindo a “Marcha da Maconha”, que estava programada para o próximo domingo (22).

O pedido para proibição foi feito pelo deputado estadual Leonaldo Paranhos, através de medida cautelar protocolada nessa hoje. Paranhos já havia se manifestado contra a marcha em pronunciamento realizado ontem, na tribuna da Assembleia. A deputada Mara Lima (PSDB) da bancada evangélica, também protocolou medida cautelar para a proibição, de acordo com sua assessoria de imprensa.

53 Comentários

  1. Realmente uma palhaçada
    Marcha da maconha? Nem bar com musica pode em Curitiba, nem show na Pedreira, só maconheiro mesmo pra achar que ia ter uma manifestação dessas aqui.

  2. Pelo Amor de Deus! Aonde esse mundo foi e vai parar! Tem tantas coisas que precisam de inúmeras marchas: fome, violência, entre outras, os caras vem com uma marcha em apologia a uma droga? Como diz Boris Casoy: isso é uma vergonha! Parabéns ao juiz e ao deputado pelo bom senso!

  3. Acreditem… Quando a maior droga do Brasil era a maconha até concordava em proibir. Mas agora, acho que o ideal é esse povo se preocupar com o crack e derivados e não se preocupar tanto com a maconha. O que leva ao aumento de criminalidade é exatamente o crack (noiados). Maconheiro hoje em dia só quer paz e amor… Chega de damagogia e tratem de colocar gente experta na rua para prender os grandes traficantes de crack. Isso sim é um grande problema.

  4. clemar ferreira Responder

    Graças a Deus.Só faltava essa agora.
    Por outro lado seria bom ver a cara de quantos maconheiros ilustres que iriam se expor nessa passeata do mal.

  5. Caros, lhes apresento a CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA:

    “Art. 5º – IV – é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

    VIII – ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

    IX – é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;

    XVI – todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao público, independentemente de autorização, desde que não frustrem outra reunião anteriormente convocada para o mesmo local, sendo apenas exigido prévio aviso à autoridade competente;

    XVII – é plena a liberdade de associação para fins lícitos, vedada a de caráter paramilitar”

  6. Ninguém lembra que a marcha tem como reivindicação a discussão sobre a discriminalização do uso … eles não querem fazer apologia!

    Por que então, não se discute o assunto e se chega a uma conclusão!? Aí não teriam-se motivos para novas marchas.

    Existem pontos positivos e negativos como em qualquer problema, o que se precisa fazer é discutir!!

  7. Ocorre, que, segundo a grande maioria dos especialistas, a maconha é a mãe de todos os vicios mais pesados.
    Portanto, está corretíssimo o juiz. Que façam marcha pra acabar com a roubalheira na política; pra a falta de policiamento; pra baixar o pedágio e o escambau! O resto, é conversa pra boi dormir.

  8. Que palhaçada, marcha da maconha, quem será que foi o louco que propôs tal coisa? Este nem pra cadeia merece ir, é pro hospício mesmo. Pena que não tenhamos mais hospícios para enjaular tal tipo de louco. tony

  9. PARABÉNS SR PEDRO LUIZ SANSON CORAT……DIGNO JUIZ ..SIM PARA TER Á CORAGEM DE PROIBIR UMA COISA INÓCUA DESTA TEM QUE SER DIGNO……INÓCUA,,CONTRA PRODUCENTE,,CONTRA Á FAMILIA ,,CONTRA OS BOMS COSTUMES,,,,GRAÇAS Á DEUA CURITIBA SUASU AUTORIDADES E SEU POVO É CONTRA ESSA DESFAÇATEZ..DE MEIA DUZIA QUEREM IMPOR NA NOSSA QUERIDA CIDADE……………………………………TEM MARCHAS MAIS IMPORTANTES QUE ESSA;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;OBRIGADO

  10. pois saibe sr. SS, noiado é e senhor que pensa desta forma, voce tem filhos ? Acho que deveria pensar melhor sobre esta droga. Parabens Srs.Juiz e Deputado, o srs sim vivem dentro da realidade.

  11. cade a liberdade de expressao?
    direito de ir e vir?
    cuidado com a ditadura pessoal, pois a pior ditadura eh a que se mascara de democracia

  12. CAÇADOR DE PETISTAS Responder

    ESTAMOS PERDIDOS.

    MARCHA DA MACONHA
    MARCHA DOS MENSALEIROS
    MARCHA DOS GAYS

    COMO É QUE VAMOS EXPLICAR AOS NOSSOS FILHOS TAMANHA ABERAÇÕES?

  13. Parabens ao deputado Roberto Aciolli,desde o primeiro dia ele abriu guerra contra a marcha.O Aciolli pois a cara para bater.
    Outros aproveitam a carona e tentam tirar foto depois do Tigre morto.
    Foi a mesma coisa da VC consultoria,depois de um ano denunciando,hole todo mundo é o pai da criança.

  14. Jordano Fernandes Responder

    Não sei não em..
    Até mesmo cidades com grandes problemas com as drogas, como o Rio de Janeiro, não proibiram a Marcha.
    Esse é um evento de conscientização e defesa de um ideal que até mesmo grandes intelectuais como FHC defendem. Devemos antes de qualquer manifestação nos informar.

  15. Boris Casoy, grande referência !!!

    O Alcool realmente tem que ser controlado mesmo, ele é o grande causador de inúmeras mortes, seja no transito, nas relações familiares e etc. Só mesmo nesse país vemos deputados se posicionando contra a uma medicina que é usada a mais de 10.000 anos, mas isso tudo tem explicação, pelo lado medico cientifico vemos que não é do grande interesse usar cannabis como medicamento, vai falir os grandes laboratorios, tem tb a igreja que no inicio do século XX lançou grandes movimentos contra a cannabis relacionada a seu uso nas praticas do candomblé, e a perseguição dos negros. Assim como a grande industria da celulose que estava perdendo espaço pra fibra da cannabis, assim criaram movimento de demonização da substancia. Vejamos que antes de pegar como base Boris casoy, muita gente deveria ler e se informar realmente dos benefícios da substancia.
    Poucos políticos se dizem a favor pois tem rabo preso com essa sociedade demagoga, machista, hipócrita, mas o movimento pró-cannabis estã ganhando muitos adeptos, vejamos o exemplo do movimento gay, que teve grandes conquistas, é assim, esse povinho de mente pequena vai passar.

    Wilson abreu – historiador

  16. é realmente a proibição resolve bem os problemas do brasil,ninguem fuma maconha pq é proibido, ninguem dirige alcolizado pq é proibido!rs…patetico…o bom é essa multidão de usarios dessa erva se arriscando na mão de traficantes e sendo acharcados por policiais que sabem que tambem é proibida a corrupção!rs…comprando drogas de origem e qualidade duvidosa e enchendo o bolso de policiais e politicos…financiando armas..eh brasil…eh povo que tem medo de decidir, pensar…defendo o cultivo caseiro e o endurecimento de leis para o trafico!

  17. Um deputado de um partido corrupto, uma sociedade careta que quer tolir o direito da liberdade e de reunião, que é garantido na Declaração Universal dos Direitos Humanos e na Constituição Federal

    DIREITO DE REUNIÃO (art. 5º, XVI)

    Segundo o Constitucionalista: ALEXANDRE DE MORAES: Direito Constitucional, 17ª edição, Editora ATLAS, São Paulo, 2005. (pág. 67/69).

    “A Constituição Federal garante que todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao público, independentemente de autorização, desde que não frustrem outra reunião anteriormente convocada para o mesmo local, sendo apenas exigido prévio aviso à autoridade competente, tratando-se, pois, de direito individual o coligar-se com outras pessoas, para fim lícito.

  18. REVOLTADO COM POLÍTICO! Responder

    É ISSO AÍ, NADA DE LIBERAR A MACONHA, ASSIM OS LACAIOS DOS TRAFICANTES CONTINUAM LUCRANDO E NÓS OTÁRIOS DOS CONTRIBUINTES CONTINUAMOS A PAGAR O TRATAMENTO DOS VICIADOS. Ô MUNDO CÃO!

  19. Se a “MARCHA DA MACONHA” não é apologia ao crime, eu não sei mais o que possa ser. Aliás, vale lembrar o art. 287 do Código Penal, que define a apologia ao crime:
    Art. 287 – Fazer, publicamente, apologia de fato criminoso ou de autor de crime:
    Pena – detenção, de 3 (três) a 6 (seis) meses, ou multa.

  20. Alvaro Gomes de Mattos Responder

    As pessoas tem direito de sair às ruas para pedirem mudanças em leis, é assim nas democracias, a justificativa de que existem outras coisas pra protestar é anti-democratica, pois cada um protesta pelo que acredita, Boris Casoy é o reporter que nao gosta de Garis? Fique com ele. O juiz proibiu apenas por que ele “nao gosta de maconha”, mais nada, pois nao ha argumento juridico que proiba manifestaçoes de cidadaos, pelo contrario, ha mandamentos constitucionais que garantem ao cidadao o direito de protestar, democracia é tolerancia com idéias diferentes, é dialogo entre os que nao concordam e nao imposiçao da vontade de alguns, ainda que esses sejam maioria.

  21. ricardo crovador Responder

    Um teste simples: perguntem a pessoas de Cascavel o conceito que tem o Paranhos na cidade. E quando à justiça, porque não proibem outra marcha, a marcha lenta dos processos que eles deveriam julgar…

  22. Desculpe-me “SS” mas ontem a noite no SBT uma reportagem do Cabrini, mostrou um garoto, “dono de si” fumando maconha, entrando em escolas e vendendo a droga para menores de idade, ele estava armado com uma faca e desafiava a todos entre uma “puxada” e outra. É a partir desse comportamento que devemos nos pautar. e com trabalho sério enfrentar esse problema que vai da maconha, para ecstasi, cocaína, LSD, crak, e a nova droga,elas levam nossos jovens a uma situação de risco muito grande. Imagine a seguinte cena:
    Uma rapaz, fumando maconha dentro do seu carro, de repente ele “vê” o farol acender, e mudar de cor, ele olha fixamente , e de forma alucinada arranca seu carro…mas o sinal ainda estava fechado…ele atropela uma senhora que estava atravessando a rua, e ainda é atingido por outro veículo que estava com o sinal aberto…sim…isso pode acontecer pois comprovadamente a maconha é alucinógena.
    Droga é um problema social e de segurança, requer muita ação, dinheiro e boa vontade política. Diga Não às Drogas

  23. Muito estranha essa liminar, para mim, o que esta acontecendo, é que um Deputado, se utilizando de sua posição política, que lhe foi conferida pelo povo, esta indo contra a própria legislação brasileira (Artigo 5º, parágrafo IX – é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença;), quando ele responde pela sociedade paranaense, ele sugere que todos os paranaenses são indulgentes às leis, e preconceituosos à pensamentos de renovação social, como ele tem se mostrado. A idéia da marcha não é, nunca foi, e nunca será fazer apologia ao uso de droga alguma, o que é proposto, é um debate que possa nos levar a um consenso sobre a Cannabis, e fugir da atual situação caótica em que nós vivemos, o Juiz Pedro deveria dar uma relida na constituição Brasileira.
    Se existe hoje uma situação desenfreada quando olhamos a sociedade do ponto de vista das drogas, com certeza é pela maneira com que ela vem sendo tratada pelos nossos governantes, a prevenção às drogas sempre foi a repreensão a violência, e a ignorância, quando o que deveria ocorrer é a prevenção através da informação, para mim a questão das drogas não é uma questão de segurança publica e sim de saúde publica, e assim deveria ser tratada.

  24. VLemainski - Cascavel Responder

    O desempenho do Deputado Paranhos, em primeiro mandato, é de surpreender. É trabalhador e coerente com sua proposta de campanha. Ganham os paranaenses.
    Se entorpecente fosse bom não seria chamado de “droga”.

  25. A Biblia Fala e a Tribuna Mostra……..isso já basta…..
    Devemos é fazer uma Marcha Pedindo Perdão a Deus.
    Teme ao Senhor e Aparta-te do Mal.

  26. O curitibano da terra ,ou o addotaddo, não aceita esse tipo de coisas, o povo é conservador, e serio, vão fazer marcha em outro lugar, aqui não.

  27. Osmar, todos tem direito de fazer manifestações, contra a fome, violência, etc. Estamos em um país livre. Agora, pq proibir uma manifestação pacífica dos que querem uma mudança na lei. Cada grupo faz a manifestação que lhe cabe. Vai haver a marcha para Jesus no sábado. Os ateus, judeus, budistas, etc, não se sentirão ofendidos com a tal marcha. Pra mim o que precisamos são poderes lutando contra o crime, contra a corrupção, contra as falcatruas em licitações, não perdendo tempo proibindo e combatendo uma manifestação de direito. Apesar do mundo ter se modernizado, com a tecnologia cada vez mais essencial em nossas vidas, a(os) política(os), os “costumes” e os preconceitos ainda não mudaram. Mas hão de mudar.

  28. Concordo com o Pedro Rocha e assino embaixo!
    Mas aí nós teríamos que marchar o dia inteiro…todos os dias…kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  29. Mãe Aflita, a senhora realmente acha que se este assunto não for debatido seus filhos estarão longe das drogas? É melhor abrir os olhos.

  30. Fico indignada quando vejo pessoas que se dizem do bem chamar certas coisas de aberrações, como os homossexuais ou os doentes mentais… fico indignada com pessoas que se dizem do bem defendendo os extintos manicômios, justo no dia da luta antimanicomial…
    Pessoas… se a concepção de mundo está mudando, sejam inteligentes e tentem entender o pq… pois tudo isso que está sendo mal julgado é da natureza do ser humano…
    É muito perigoso para si próprio contentar-se com o que nos é imposto…
    E deputado!!! O Sr. está violando um artigo constitucional….
    Ah! mas eu esqueci… a constituição fica melhor no papel mesmo né?!
    Abraços!

  31. Esses comentários de fanáticos tão cada vez mais dignos de pena.

    Pedro Rocha cita que a maconha é a “mãe de todas as drogas, segundo especialistas”. Cite-me esses especialistas, pois quem afirma uma coisa dessa não tem capacidade para ser especialista de nada.

    É simplesmente uma hipocrisia venderem qualquer tipo de bebida alcoólica e colocarem a maconha como essa grande vilã. Todos
    esses recalcados que concordam com o juíz, devem criar filhinhos alienados que acham normal serem preconceituosos, ostentam o ego, acham-se melhores do que os outros, e pegam o carrinho do papai depois para encher a cara e arrumar briga, agredir e até matar os outros, seja pela violencia, seja pela imprudencia de dirigir bebados.

    Prefiro 10 vezes um filho que fuma 1 cigarro de maconha no dia do que um que sai encher a cara sexta e sábado e acha normal agir como age quando se está embreagado.

  32. Mãe é o traficante Responder

    Pedro Rocha, não concordo que a maconha seja mãe de outros vícios. Quem é mãe de outros vícios é o traficante, que quando seu filho, filha, parente, sobrinho vai atrás da erva diz: “Não tenho maconha, só crack”.

  33. Blz, agora espero que a Justiça também proiba, a marcha Gay, desfile ou coisa parecida, isso sim é aberração, e tem pais que levam os filhos para verem e acham bonito.

  34. Todo mundo tem direito de opinar sobre qualquer assunto. Essa é a base da democracia, assegurada por nossa Constituição. Por isso, a Marcha da Maconha é lícita e NÃO PODE SER PROIBIDA! Quanto à legalização ou descriminalização do porte ou do cultivo da maconha, entendo que proibir não afasta as pessoas das drogas. A educação, cultura e informação protege as pessoas, a proibição não! As drogas sempre foram utilizadas, seja como remédio (aspirina), nos cultos religiosos (vinho) ou recreativamente (cerveja) e sempre serão. Então não adianta proibir pq as pessoas vão continuar usando mesmo assim. Outra questão: qual é o resultado da proibição? Considerando que a proibição não afasta as pessoas das drogas e que só se pode obtê-las por meio do tráfico, diferentemente do cigarro ou do álcool, a conclusão lógica é que a proibição leva ao tráfico de drogas. O tráfico, como não pode contar com a polícia ou com a justiça pra resolver seus conflitos, utiliza a força bruta: a violência, e se protege com corrupção policial. O melhor seria que o Estado regulasse, fiscalizasse e tributasse a produção e venda de maconha, pois só assim, tornaríamos seu consumo menos danoso.

  35. Marchadores do Brasil, pelo direito das Lesbicas, Bichas, Travestidas e Transexuais pode. Pelo direito do Nepotismo dos Políticos pode. Pelo direito da Consultorias de Políticos pode, Pelo direito dos maconheiros, só pode no Rio de Janeiro e até com o ministro do Meio Ambiente encabeçando a turba do fumacê.No Paraná não pode, que diabo de país é esse???????

  36. ESSE PESSOAL QUE SE DIZ INTELECTO EM VEZ DE FAZER ESSA TAL DE MARCHA DO FUMO , PORQUE NÃO CAEM NA REAL E FAÇAM A MARCHA PELA MATA ATLÂNTICA , AMAZÔNICA PELAS BALEIAS PELOS GOLFINHOS PELOS NOSSOS FILHOS QUE ESTÃO A MERCE DA VIOLÊNCIA PELAS NOSSAS MULHERES PELO SALÁRIO DIGNO DOS NOSSOS MESTRES PROFESSORES PELA CIDADE PELA SAÚDE PELO AR MENOS POLUÍDO PELO RIO BELÉM SALVEM O BELÉM PELO DIREITO DE IR E VIR DE BIKE.

    GRATO PELA PROIBIÇÃO.

  37. Sou contra o uso de drogas ilícitas, pelo simples fato de serem ilegais e financiarem redes criminosas de proporções inimagináveis.
    Mas o direito de as pessoas reivindicarem publicamente mudanças na nossa legislação para que certo tipo de substância deixe de ser considerada ilegal (independentemente da sua opinião sobre a matéria discutida) é um direito sagrado.
    Apologia às drogas é, sim, um crime que deve ser coibido e punido pelas autoridades. Mas a liberdade de expressão – para ambas as posições – é um direito fundamental de todos os cidadãos ao qual estas “marchas” estão simplesmente tentando fazer jus.
    NÃO À VIOLÊNCIA DE REPRIMIR A LIBERDADE DE EXPRESSÃO!

  38. Esse povo que fala que deveriam deixar de marchar pela maconha e marchar pela mata, pelas baleias…façam valer seus direitos e cobrem das autoridades, assim como os maconheiros. Não fiquem esperando sentados criticando a luta dos outros! Movam-se!

  39. Quero parabenizar o Deputado Roberto Aciolli que foi o primeiro a falar, dizer e acontecer sobre esta aberração de Marcha do mal, mal, para nossos filhos, mal para a Sociedade, tudo começa com o uso desta erva maldita, depois que não faz mais efeito vai para a cocaina,crack etc.Quando a lei punia o usuário com prisão havia menos exposição a maconha, depois que o usuário foi tratado como “doente” a coisa piorou.
    Entendam não tem usuário não existirá o TRAFICANTE esse cancer da nossa Sociedade.Deputado Aciolli deixa os outros pegarem uma “CARONA” nas suas idéias, continue lutando por nós seu eleitores fiéis e conhecedores do seu caráter.

  40. Guilherme Machado Martins Responder

    Quanta ignorância e falta de informação, a Marcha da Maconha luta por uma mudança na lei o que é garantido pela constituição.

    No dia que se proibiu a maconha e as outras drogas, criou-se dois tipos de criminosos que são os traficantes e os usuários, a partir dai começou uma guerra inútil contra as drogas. Quantos traficantes, usuários e apreensões de drogas que vimos no noticiário todos os dias e o consumo só aumenta, do jeito que está que é o famoso “liberou geral”, como diz a música: “Se você quer comprar é mais fácil que pão”. Legalizar significa acabar com essa guerra, controlar a qualidade, criar locais de venda e dar apoio aos que tiverem problemas a droga.

    A proibição se mostrou falha na Lei Seca nos EUA, onde se tirou o álcool que estava gerando problemas da mão do Estado e o proibiu colocando-o na mão da Máfia com isso gerando problemas muito maiores, tanto que a Lei foi por terra.

    Me responda se alguem aqui realmente acredita em um mundo livre das drogas?

    Novas drogas virão, esse é o mundo que vivemos. O desafio é aprender a lidar de forma que cause o menor mal possível e em alguns casos o melhor possível.

  41. Guilherme Machado Martins Responder

    Vou deixar aqui umas dicas para quem quiser se informar mais do assunto.

    “A missão da LEAP é reduzir os inúmeros e danosos efeitos colaterais resultantes da guerra às drogas e diminuir a incidência
    de mortes, doenças, crimes e dependência, pondo fim à proibição das drogas.”
    http://www.leapbrasil.com.br/

    “O filme Cortina de Fumaça coloca em discussão a política de drogas vigente no mundo, dando atenção às suas conseqüências político-sociais em países como o Brasil e em particular na cidade do Rio de Janeiro.”
    http://www.youtube.com/watch?v=RAnFiyqcMb0&feature=player_embedded

    PS: Não sei se o seu site aceita links, se não aceitar desconsidere.
    Grato.

  42. Liberdade de Expressão.....kkk Responder

    AOS DEFENSORES E ADEPTOS …………..A liberdade de expressão vai até a hora que esta DROGA, incício de tantas outras consequencias chegar à porta de suas casas.

    Quando forem seus filhos vítmias de tamanha barbaridade que geram outros malefícios e tristes desfechos,serão os primeiros a pedir socorro.

    Esta vai ser a hora de pedir socorro e ajuda aos traficantes…………….kkkkkkkkkkkkkkkkk……..aí quero ver a resposta deles………….um tiro no peito de cada um deles!!!!!!!!!!

    Quem sabe possamos pensar em passeatas a favor do roubo,do sequestro,do homicídio, do sequestro, do estelionato,………………….crimes também………que lindo seria!!!!!! É só o que está faltando neste país de MUITOS DIREITOS e POUCOS DEVERES.

  43. A Marcha da Maconha tem como um de seus principais pilares o pedido de legalização maconha e do PLANTIO CASEIRO. A marcha não é a favor do tráfico, muito pelo contrário, ninguém gosta de se meter em boca de fumo ou qualquer coisa do tipo.
    A maconha deve ser utilizada como saída das outras drogas, método ja utilizado em países desenvolvidos, nos quais a cannabis é utilizada até de forma medicinal.
    O cultivo da maconha traria renda de impostos (assim como o tabaco e as bebidas alcoólicas) ao governo que devem ser revestidos em melhorias na saúde e na educação, para que as pessoas sejam mais conscientes de seus direitos e façam valer o seu voto.

  44. Se nao me falha a memoria esse mesmo juiz soltou o empresario que matou 4 pessoas atropeladas dirigindo embriagado…
    Mas a marcha vem sendo guardada na gaveta desde os tempos da maria louca.
    Quem é contra a legalizãção é a favor do tráfico#fato

  45. Guilherme Machado Martins Responder

    “Liberdade de Expressão…..kkk”
    “A liberdade de expressão vai até a hora que esta DROGA, incício de tantas outras consequencias chegar à porta de suas casas.”
    ________________________________

    Na minha casa ela já chegou a muito tempo, eu uso e estudo trabalho e cumpro meus compromissos, meu irmão usa trabalha e honra seus compromissos.
    Ai por causa de fumar uma flor de uma planta eu vou ser preso?

Comente