Uncategorized

Barros procura investidores, da China aos EUA

Apesar dos gargalos na economia paranaense e da incapacidade para melhorar o desempenho fiscal, a eficiência da Secretaria de Indústria e Comércio anuncia que mais de 60 empresas estão interessadas em investir no Paraná. Além das empresas que aumentam a cada semana, o secretário Ricardo Barros (Indústria e Comércio) tem se reunido com representantes de governos estrangeiros.

Nos últimos dias Barros recebeu comitivas da China e da cidade norte-americana Orlando; e no início desta semana encontra-se com representantes da Coréia do Sul. “Estamos buscando novos mercados e oportunidades para ampliar e diversificar o comércio exterior paranaense”, reitera Ricardo Barros.

3 Comentários

  1. Parreiras Rodrigues Responder

    Mas é importante que se estimule a interiorização industrial.

    E interiorização não limitada à Região Metropolitana, já inchada e problemática.

    Num organismo, não se deve acirrar o crescimento duma única parte, dum único órgão, sob pena de vê-lo perecer, todo.

  2. Nossa, como o Ricardo Barros virou competente! O que será que aconteceu? Bem que ele poderia trazer o Pateta e o Mickey para trabalhar com ele, daria uma trinca espetacular! Dai que o Governo decolaria e teria recursos para investir!

Comente