Uncategorized

Marcha pela Liberdade de Expressão movimenta o centro da capital

Os manifestantes se reuniram na escadaria da Universidade Federal do Paraná

Danielle Peplov da CGN

Proibida pela Justiça, a Marcha da Maconha que seria realizada neste domingo (22) virou Marcha pela Liberdade de Expressão.

A manifestação começou por volta das 15h30. Eles protestavam contra a decisão do juiz Pedro Luis Sanson que alegou que a marcha faria apologia ao uso da droga.

“Qualquer pessoa que tenha uma noção mínima da Constituição, sabe que essa liminar não tem fundamento. Essa censura e muitas outras que a gente sofre aqui no Brasil que não tem base nenhuma na Constituição”.

Os manifestantes saíram da Praça Santos Andrade em marcha até a Praça Osório.

11 Comentários

  1. gente, aonde ja se viu, marcha pela maconha? em pleno seculo XXI, a comunidade cientifica em peso ta ai para falar que faz mau para a saude, todo mundo vê que quem usa essa porcaria se transforma num zumbi ambulante, estamos vivendo uma epidemia de uso de drogas no páis, e vem um bando de pessoas querer fazer passeata pela liberação da maconha, e agora vem falar da liberdade de expressao,vamos ver se a hora que um “noiado” desses matar um filho dessa gente eles tambem vão falar de liberdade de expressão, PARABÉNS AO JUIZ PEDRO LUIS SANSON..

  2. Esse bando de vagabundos que não tem coisa melhor para fazer,
    acham que devem enfiar goela abaixo das poucas famílias de bem que ainda existem nesse país, essa mediocridade de que maconha “faz bem aos jovens”.
    O que falta mesmo é uma dose de semancol nestes safados para aprender a ser gente.
    Vão achar o que fazer, vão estudar para ser alguém a quem a gente talvez pare para ouvir, se tiver por um acaso algo para ser dito.
    Esse nosso país merece mesmo esse tipo de gentinha que tem.
    Me poupem com essa marcha da maconha.
    Esses milos moles pensam que estão aonde, na Colombia!!!!!!!!!

  3. Não é uma quastão de conhecer a constituição.
    É uma questão de ter direito de não ver essa pouca vergonha estampada em nossa cidade como se fosse para salvaguardar
    direitos de alguns.
    Não pedi e acho que as pessoas de bem dessa cidade, não vai admitir que atitudes irresponsáveis, banalizem o uso dessa merda que muitos defendem.
    Vão se aculturar e defender coisas plausíveis e que valham a pena.
    Não me venham com essa de censura, que é conversa prá boi dormir.
    Danielle, vá achar o que fazer do que defender essa furada da maconha.

  4. Autoritarismo total! Como se o encontro das pessoas que iriam participar da marcha fosse para o uso da droga em praça pública! Liberdade de Expressão e de livre manifestação está na Constituição, que mais uma vez não foi respeitada! Não uso a droga, não faço apologia, mas acredito que nossos DIREITOS devem ser respeitados!

  5. Os caras marcam de fazer uma marcha pela MACONHA e é o Juiz que está errado? que saudades do Alborguethi pra dar com o porrete dele nesses filhinhos de papai que só querem é queimar um brown em praça pública.

  6. E o pai dessas crianças? Onde estavam para impedir isso? Por isso que eu digo, a educação em primeiro lugar, senão dá nisso, um monte de adolecentes abobalhados, fumando maconha.

  7. Muito longe de pretender atacar defensores e acusadores da tal de maconha, pois chegando perto dos 70 não uso, não usei e não pretendo usar, faço uma indagação simples. O Brasil por suas autoridades enaltecem a “cachaça”, falam da caipirinha como um símbolo da nação, e abordam o assunto da maconha como se seria possível, ao menos em sonho, impedir o seu plantio e utilização. Me parece uma luta perdida, é melhor usarem outra tática.

  8. Parabéns ao JUIZ que determinou suspensão dessa marcha, por que essas pessoas não vão fazer outro tipo de marcha, como para uma vida melhor. E na nossa Constituição Federal, inciso V, disse pela liberdade de expressão e não para uso da DROGA, que e ilegal.

  9. Senhores participantes deste evento Marcha da Maconha, vocês deveriam se reunir e irem fazer uma visita a uma clinica de reabilitação para dependentes químicos. La estão pessoas na maioria jovens que tiveram como porta de entrada às drogas a maconha.
    Repensem seus conceitos, vale a pena legalizar uma coisa que é comprovado ser mais maléfica a saúde??

Comente