Uncategorized

Governo moderniza sistema de compras

O governo estadual está ampliando e acelerando a implantação do sistema de Gestão de Materiais e Serviços (GMS), que dá mais agilidade, segurança e economia às compras feitas pelo poder público. O sistema organiza e gerencia todas as fases da compra de materiais ou da contratação de serviços – desde o momento em que alguma área do Estado constata a necessidade de aquisição dos produtos, até o momento final do pagamento, passando por todas as etapas previstas em lei para a operação.

A catalogação dos itens é a chave do processo. A Secretaria já catalogou 3,2 mil itens de uso comum de todas as secretarias, principalmente os materiais de expediente. A partir de agora, as outras áreas do governo podem acrescentar os suprimentos específicos que costumam usar. A lista poderá chegar a 25 mil itens. “É um sistema com qualidade de informação, que atende à diretriz do governador Beto Richa para modernizar a administração pública”, afirma o secretário da Administração, Luiz Eduardo Sebastiani.

7 Comentários

  1. o bom é que o texto segura o leitor. Precisei chegar até a última linha para descobrir que era da seap. Site novo.

  2. Só falta o Senhor informar, que este sistema começou a ser desenvolvido no Governo passado.

  3. Ótimo, agora precisa mudar o dispendioso e ineficaz sistema de manutençao de veículos da frota SMV.

  4. O Governo do Estado do Paraná está na vangurda do controle do patrimônio público. Como professor na área de Gestão do Patrimônio Público parabenizo o secretário Sebastiani pela condução desse processo.

  5. Beleza, agora vamos esperar q o Sebastiani de um jeito no Deto, afinal de contas o Estado do Paraná ficar obrigado a pagar por serviços ou aquisição de peças, via DETO, um prêço absurdamente mais caro do que as concessionárias oferecem, provoca uma suspeita relevante e digna de abertura de processo adminstrativo para apurar tais fatos. Se isso acontecer eu passo a acreditar nesse governo e do contrário vamos as planilhas que mostram e comparam a realidade dos fatos.

  6. pedro paulo de moraes Responder

    De fato quem esta dando as informações não conhece como funciona o sitema , pois este mesmo sistema já esta sendo utilizado em varios estados da federação e prefeituras municipais do Paraná , que pediram ao Governo do Estado autorização para utilizá-lo.

Comente