Uncategorized

Na crise, Lula toma as rédeas e comando os ministros

O ex-presidente Lula atua em Brasília, há dois dias, como se ainda ocupasse a presidência da República. Ontem, comandou reunião com líderes e presidentes dos partidos aliados, na casa do presidente do Senado, José Sarney, numa espécie de intervenção branca no governo Dilma. Na presença do vice, Michel Temer, Lula pediu que todos apresentassem as queixas contra o governo, prometendo encaminhá-las e convencer Planalto e ministros a receber os parlamentares. Até já repreendeu o chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, de quem cobrou mais atenção à base, justamente num momento em que o governo Dilma enfrenta sua pior crise, com as suspeitas que pesam sobre o aumento do patrimônio do ministro.

Lula exigiu dos aliados ajuda a Palocci, mas ouviu muitas reclamações contra o governo. A intervenção de Lula surtiu efeito imediato: hoje, Dilma almoça com a bancada do PT no Senado e, semana que vem, com líderes dos demais partidos aliados. Palocci também procurou parlamentares para marcar jantares.

Sua próxima missão é se reunir com ministros para cobrar deles mais atenção aos aliados. O que já fez com Palocci, no jantar de anteontem com Dilma no Palácio da Alvorada.

4 Comentários

  1. Chama o chefe. Quem sabe cuidar bem de quadrilha aparece nas horas certas. A Dilma pé na cova deu mostras de quem manda mesmo. Socorro

  2. ANTONINENSE BEM INFORMADO Responder

    O BRASIL JÁ É UMA VERGONHA! IMAGINEMOS O QUE NOS ESPERA COM ESSE INDIVÍDUO CONTINUANDO DANDO AS “CARTAS” NO GOVERNO, ACRESCIDOS DOS VIOLENTOS ATENTADOS DE “MÁ EDUCAÇÃO”, HAJA VISTA, A CARTILHA DO “NÓIS VAI”, QUANDO ESTÃO PROCURANDO NIVELAR “POR BAIXO” A EDUCAÇÃO DO POVO BRASILEIRO. BASTA! TEMOS QUE TIRAR ESSES APROVEITADORES DO DINHEIRO PÚBLICO DO GOVERNO (VIDE ANTONIO PALOCI).

  3. A companheira dá mostras de que não tem capacidade para governar, ela voltou a ser a cria do companheiro. Que pena, perdi a fé nela, porque nele nunca tive. Tony

  4. Bruna Kamilla Freitas da Silva Responder

    Sempre acreditei que existem duas excelentes saídas para o povo brasileiro escapar com louvor dessa crise:
    Guarulhos e Cumbica.

Comente