Uncategorized

Palocci informa aos assessores que deixará governo

Do Josias de Souza

Antonio Palocci deixará o governo, informa a repórter Vera Magalhães. A demissão ocorrerá ainda nesta terça (7). O ministro já informou aos seus assessores que irá mesmo ao meio-fio. Discute agora com Dilma Rousseff e Cia. a forma do anúncio público.

A novidade chega menos de 24 horas depois de o procurador-geral da República Roberto Gurgel ter mandado ao arquivo quatro representações contra Palocci.

Longe de fortalecer o ministro, a decisão do chefe do Ministério Público Federal fragilizou-o. No Senado, o pedido de CPI avançou duas casas. Assinaram o requerimento os senadores Pedro Taques e Cristovam Buarque, ambos do governista PDT.

Em reunião da bancada do PT, Marta Suplicy sugeriu a divulgação de uma nota de apoio a Palocci. Levada a voto, a sugestão foi refugada. Sem a solidariedade do seu próprio partido, Palocci tornou-se um auxiliar tóxico. Resta a Dilma administrar, com atraso, o prejuízo.

3 Comentários

  1. VLemainski - Cascavel - Reply

    Gostaria muito que essa CPI fosse insalada, mesmo após a renúncia do ministro, o que não a impede. Certamente desnudaria muitas ilegalidades e imoralidades, muito piores do que aumentar o partimônio em 20 vezes.

  2. JULIO CESAR DE SISTI Reply

    A notícia tem seu lado bom. O multiplicador sai do governo. Agora o lado muito ruim da coisa é que isso tem cheiro de ACORDÃO! Não se apura nada – o dignissímo senhor Porcurador Geral da República Roberto Gurgel arquivou a representação contra Palocci – e o ministro pede sua demissão. Minha gente, é bem isso que vai acontecer!!! Infelizmente agora é só uma questão de tempo para tudo ser esquecido. Esse é o nosso Brasil!!!

Comente